The Legend of Zelda: Link’s Awakening (Switch) — guia de sobrevivência para o Hero’s Mode

Separamos algumas dicas para você se dar bem no modo difícil deste remake

The Legend of Zelda: Link’s Awakening está entre nós há quase um mês e é, sem dúvidas, um sucesso entre os fãs da série. É uma pena que esse não seja um Breath of the Wild e forneça “infinitas” horas de jogo para admirar Koholint Island. Ainda assim, há muitos segredos, colecionáveis e upgrades que podem estender a jogatina por um bom tempo. Para quem ainda não está contente, por que não experimentar o jogo em seu modo difícil?


Assim como em muitos outros títulos da franquia Zelda, Link’s Awakening conta com o Hero’s Mode, um modo de jogo feito apenas para os que gostam de um desafio — e também de um pouco de estresse. Com menor disponibilidade de corações e mais dano recebido pelos monstros, a tela de Game Over se tornará sua amiga próxima. Antes de conferir nossas dicas, conheça um pouco sobre esse modo desafiador!

Atenção! Antes de prosseguir, saiba que o texto pode conter spoilers de algumas mecânicas presentes em The Legend of Zelda: Link’s Awakening.

Digno de um herói

Modo do Herói, Modo Difícil, Hero’s Mode... Você pode chamar como quiser, mas deve conhecer bem seus inimigos para que possa pressionar o Start nessa aventura. Diferente de outros jogos da franquia, aqui não é necessário finalizar o jogo para ter acesso ao aumento da dificuldade, já sendo possível escolher entre as duas opções na primeira criação de aventura.

Em comparação ao modo normal, são duas grandes diferenças que tornarão a aventura muito mais desafiadora. A primeira é que o dano tomado por Link é dobrado, incluindo as quedas em buracos e espinhos — se antes você perdia um coração, aqui serão consumidos dois. A segunda diferença é que não serão fornecidos corações ao derrotar monstros ou cortar capim, sendo exigido do jogador planejamento quanto às suas ações.

Para alguns, essas diferenças podem parecer insignificantes. Para outros, podem tornar a dificuldade muito elevada. Tudo depende de sua experiência e adaptação com os jogos da franquia no estilo top-down, pois Link’s Awakening não foge do estilo de jogabilidade de qualquer outro lançamento do gênero.

Dessa forma, o Hero’s Mode pode ser ótimo para aqueles que consideram os lançamentos recentes fáceis, como A Link Between Worlds (3DS). O aumento da dificuldade exigirá maior nível de estratégia e tomará, sim, mais tempo dos jogadores. Porém, não torna a experiência frustrante e acaba aumentando a diversão para aqueles que gostam de viver com um coração só. Saiba que, mesmo não sendo experiente, você poderá se sair muito bem seguindo as nossas dicas simples.

Guia de sobrevivência

A aparência miniaturizada de Link’s Awakening dá a impressão de ser um jogo fácil, pois se assemelha a um jogo voltado ao público mais infantil. Todos já sabemos que essa não é a verdade e o título é voltado para todos os públicos, mas ele realmente apresenta desafios bem mais tranquilos se comparados, por exemplo, a The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Switch), que é mais maduro em sua apresentação e traz um Hero’s Mode digno de frustração.

Por outro lado, o Hero’s Mode deste título não é tão simples quanto sair dando espadadas para todos os lados e abaixar a guarda. Por isso, nós do Blast reunimos algumas dicas valiosas para que você se dê bem nessa aventura, tendo cautela a cada passo dado e focando em itens que forneçam a quantidade de vida necessária para os bosses mais complicados.
  • Não negligencia os Heart Pieces
Em uma jogatina comum, jogadores como eu querem aproveitar a experiência, deixando que cada segredo se revele pela própria intuição. Assim, o uso de guias não quebra a atenção voltada para a jogatina e os elementos que o jogo tem a fornecer. Já no Hero’s Mode, as coisas precisam ser um pouco diferentes. O ideal é levar consigo um guia de localização dos Heart Pieces ou tirar momentos para a exploração. A cada quatro Heart Pieces obtidos, Link ganha um novo espaço para corações, suportando mais dano e ficando menos sujeito às mortes frequentes

Logo no começo do jogo, antes da primeira dungeon, já é possível coletar quatro desses pedaços e ganhar um novo coraçãozinho. Pode parecer pouco, mas faz muita diferença no primeiro boss.
  • Tenha fadas em seus potes
Assim como em qualquer jogo da franquia, os Bottles podem ser obtidos ao longo da jornada e sua maior utilidade é armazenar as pequenas fadas, capazes de recuperar a vida do jogador, em seu interior. Como não há o surgimento de corações ao derrotar monstros, alguns danos tomados podem te levar à sala do boss com apenas um coração — esse será o momento certo para utilizar a fada. Porém, vale lembrar que a cura não é automática em Link’s Awakening: as fadas aprisionadas não irão te salvar se você morrer.

Ao todo, são três Bottles disponibilizados ao jogador:
  • Logo no início, é possível obter o primeiro deles no minigame de pesca em Mabe Village. É uma tarefa que exigirá um pouco de habilidade, mas não custará mais do que algumas rupees e poucos minutos;
  • Após a quarta dungeon do jogo, Link começará a ser perseguido por um fantasma que deseja voltar para casa. Depois de levá-lo ao lugar desejado e retornar ao seu túmulo, você receberá o segundo Bottle;
  • Por fim, o último deles estará em um dos desafios propostos por Dampé em sua cabana.
O quanto antes você obtiver todos eles, mais fadas poderá armazenar e garantir um bocado de vida extra. Quando passar por apuros, não se esqueça: para recarregar os potes basta encontrar uma Fairy Fountain e capturá-las (exceto na primeira fonte, na floresta).
  • Escudo, proteja-me!
Se há um item que recebe pouca atenção por parte dos jogadores, é o escudo. Como Link’s Awakening é uma experiência de baixa dificuldade, o comportamento de quem joga é partir para a agressão e garantir que os inimigos não ataquem. Mas esse não será você no Hero’s Mode

A dica para se dar bem é evitar atacar quando você não tem certeza que irá desferir o dano, mantendo o escudo alto sempre. Dessa forma, as chances de receber um golpe são bem menores. Essa estratégia é válida principalmente nas lutas contra os bosses, que apresentam pontos fracos móveis mas causam dano no contato físico.
  • Secret Medicine
Apesar de as fadas não serem usadas automaticamente quando o herói morre, em Link’s Awakening o item Secret Medicine faz esse papel. Ele pode ser obtido no Crazy Tracy’s Health Spa por até 44 rupees, porém só é possível armazenar um deles por vez. Por isso, não esqueça de recarregar seu estoque sempre.

Além disso, nas dungeons finais do jogo há sempre Secret Medicine num baú, dando a Link mais uma chance além daquela que já comprou com Tracy.
  • Link azul?
A última dica que deixará o Hero’s Mode mais tranquilo é a escolha da nova roupa de Link. Após vencer a terceira dungeon, o herói é capaz de ler as instruções no livro escondido no topo da prateleira na biblioteca, sendo guiado para uma outra dungeon, escondida no cemitério. Trata-se da Color Dungeon, um local com desafios relacionados às cores e que dará ao jogador um prêmio à escolha: a roupa vermelha, capaz de causar o dobro de dano, ou a roupa azul, capaz de reduzir o dano recebido pela metade.

Se no modo normal você escolheu a vermelha, saiba que a nossa orientação aqui é que escolha a azul. Isso porque você estará sempre na defensiva — graças à dica número 3 — e se sofrer dano, irá recebê-lo pela metade. Pode parecer pouco, mas a túnica azul elimina por completo uma das maiores dificuldades do Hero’s Mode, aproximando a experiência da original.

Caso você queira enfrentar o desafio completo até o fim, eu recomendaria não escolher nenhuma das roupas, para que seja exigido o uso máximo de suas habilidades ao longo de toda a aventura, inclusive nas masmorras mais complicadas. 

The Legend of Zelda: Link’s Awakening mostrou-se mais uma vez uma experiência para todos os tipos de público, seja para as crianças ou para os que não se deixam abalar por morrer muitas vezes. Porém, mesmo no seu modo difícil, essas dicas tornarão sua experiência similar à do modo normal após a quarta dungeon. Por isso, vale a pena se desafiar neste remake que tanto agradou a todos nós.

Revisão: Davi Sousa

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook