Glitch em Pokémon Sword/Shield (Switch) pode corromper dados armazenados no cartão SD

Apesar do problema, causado por um defeito no sistema de salvamento automático do jogo, os arquivos de save continuam seguros.

De acordo com relatos espalhados por Twitter, Reddit e outras redes sociais, tornou-se viral a alegação de que um defeito no sistema de save de Pokémon Sword/Shield (Switch) é responsável por congelar o console e deletar todos os dados existentes nele, inutilizando o aparelho. Apesar de o glitch realmente existir, suas consequências são bem menos danosas do que as reportadas: ele apenas corrompe os arquivos presentes no Micro SD. O erro acontece porque o modelo específico de formatação exFAT acaba entrando em conflito com alguma diretriz do game.


O conflito exato, contudo, ainda não foi esclarecido. O dataminer @SciresM, responsável por identificar o problema, explica: "podem ser padrões de acessos do game ruins, podem haver concorrência de acessos para a leitura dos dados do jogo, ou ainda um punhado de outros motivos". Em seu tweet, ele ainda declara que "não há muita evidência que aponte para a causa".


Ressalta-se que os dados de salvamento dos jogos de Switch costumam ser armazenados dentro do aparelho, enquanto o cartão de memória pode ser responsável pelos arquivos de jogos instalados, capturas de tela e vídeos. No momento, o bug parece afetar apenas as versões compradas digitalmente na Loja Nintendo.

Há ainda algumas alegações conflitantes a respeito do glitch, como crashes que ocorrem em momentos em que o jogo não está salvando automaticamente, bem como aqueles que alegam que se o jogo estiver instalado no próprio console, ele irá corromper toda a memória interna e, efetivamente, inutilizando o aparelho. Também existem relatos de que o problema também ocorre em versões físicas.

Leva-se em consideração, contudo, que a maioria desses outros relatos não têm veracidade confirmada. Eles podem fazer parte das alegações do bolo de defeitos provocados pelos próprios fãs como uma forma de boicote ao game para fazê-lo parecer pior do que realmente é, bem como podem ter acontecido, de fato, por outros motivos que não dizem respeito ao bug aqui noticiado.

Até o momento, a Nintendo e a The Pokémon Company ainda não se pronunciaram sobre esse ocorrido.

A recomendação do Nintendo Blast é que, enquanto o bug não for solucionado, que os jogadores desativem o recurso de autosave para evitar quaisquer eventuais problemas.

Fonte: Polygon

É jornalista formado pelo Mackenzie e pós-graduado em teoria da comunicação (como se isso significasse alguma coisa) pela Cásper Líbero. Gosta de usar conceitos acadêmicos para discutir sobre videogame. Se você gosta das groselhas que escreve, pode ler mais um pouco das suas asneiras em seu blog particular (http://www.hornypony.wordpress.com).

Comentários

Google
Disqus
Facebook