Dicas e Truques

The Witcher 3 - Complete Edition (Switch): melhor build para dominar na Death March

Ser um Witcher não é mole não, ainda mais na maior dificuldade: confira nossas dicas para se dar bem!


Por mais que The Witcher 3 possa ser jogado num ritmo menos agitado, com um enfoque na história e na exploração, caso você queira se aprofundar consideravelmente no complexo e interessante sistema de combate, é muito recomendado jogar numa dificuldade mais avançada, principalmente a máxima: Death March. Caso contrário, se um jogador tirar bom proveito dos itens e habilidades numa dificuldade menor, rapidamente ficará entediado por matar todos os inimigos rapidamente.


Estando longe da Death March, você pode essencialmente fazer a build que quiser sem o menor problema, inclusive uma focada totalmente em magias, porém, em um playthrough na Death March, terás que priorizar algumas coisas nos seus talentos.

Híbrido e poderoso

A maioria das coisas que fazem sucesso em The Witcher 3 certamente vão envolver algum nível de hibridez, com um enfoque em skills de combate e alquimia. Aqui seguimos essa base, mas explicarei as escolhas de uma forma que suavize a progressão pelo começo e meio do jogo. A seguir apresentarei, mais ou menos em ordem de aquisição, as skills mais obrigatórias e depois falarei sobre umas opcionais:

  1. Cat School Techniques (1/1)
  2. Exploding Shield (3/3)
  3. Delusion (3/3)
  4. Muscle Memory (5/5)
  5. Poisoned Blades (5/5)
  6. Resolve (3/5)
  7. Precise Blows (5/5)
  8. Frenzy/Acquired Tolerance (3/3)
  9. Strenght Training (5/5)
  10. Crushing Blows (2/5)
  11. Rend/Whirl (5/5)
  12. Synergy (5/5)

O foco da build está em aplicar vários DoTs (damage over time), mas contém uma excelente base em ataques leves e outras utilidades na skill tree da alquimia. Essa escolha se deve principalmente ao fato de que as lutas mais difíceis (e frequentes) serão contra inimigos que podem ser countereados com um Oil e, sabendo disso, várias skills tornam essa mecânica mais forte.

Relembrando: a lista enumerada é uma recomendação geral de ordem para aquisição de cada skill, mas na imagem temos a disposição mais eficaz para adquirir os bônus de sinergia. Muitos pontos de habilidade são necessários para avançar e completar essa build, logo, é muito importante seguir essa recomendação de ordem e, principalmente, ir em busca dos Places of Power, que dão 1 ponto a mais, sem precisar passar de nível! Se você não gosta da ideia de explorar todo canto do mapa, sinceramente, veja um guia aí na internet pois isso vale muito, muito, muito a pena.

Começo do jogo


Na primeira área do jogo, White Orchard, além de sermos apresentados a um ótimo tutorial expandido do jogo, temos 6 Places of Power que são extremamente importantes. As três primeiras habilidades devem ser, sem exceções: Cat School Techniques (pois dá o melhor bônus, considerando que você use armadura leve), Exploding Shield (pois essa é a magia mais útil para combate durante todo o jogo, literalmente) e Delusion (tanto pelas opções de diálogo quanto pela facilidade em derrotar inimigos mais chatos com um belo stun).

Sem sombra de dúvidas, é uma das partes mais difíceis/chatas do jogo, então há uma dependência bem grande no seu equipamento. Felizmente, existem várias opções úteis mesmo em White Orchard. Continuando, seguindo o ritmo de avanço do seu conhecimento (e itens) em alquimia, pegar Muscle Memory e Poisoned Blades fará com que Geralt fique significativamente mais poderoso em batalhas "comuns" e em caçadas também.

Meio/fim do jogo


Por volta do nível 13-15, você verá um power spike gigantesco, é claro, se estiver se equipando bem com armaduras boas e consumíveis de alquimia. Aqui há uma certa maleabilidade para escolher as próximas skills, mas o único objetivo claro é o de se chegar no "golpe especial" Rend ou Whirl. Como as situações mais difíceis em The Witcher 3 envolvem lutas contra vários inimigos, Whirl é a escolha mais poderosa, porém, alguns argumentam que ela tira o desafio por criar uma lógica cheia de spam e sem escolhas táticas.

De qualquer jeito, dependendo da quantidade de Places of Power e níveis que você pegou ao longo do caminho, talvez compense ir direto para Synergy, uma habilidade absurdamente forte que, no nível máximo, aumenta em 50% o bônus de sinergia oferecido pelos mutagens. Uma hora ou outra você a pegará, mas se você estiver confiante nas suas habilidades de esquiva, pode tentar pegar antes.

New Game +, DLCs e outras opções


Evitando spoilers, a DLC Blood and Wine adiciona uma outra progressão ao jogo, porém, todas as opções lá são extremamente fortes e podem variar da preferência de cada jogador. Dito isso, é meio óbvio quais funcionam bem com essa build (dica: elas são de alquimia). Iniciar um New Game + com essa build pode ser extremamente interessante, pois terá esse feeling de ser um Witcher de verdade, planejando os seus combates, usando os itens corretos, etc., desde o início. Além do fato de que terá tantos pontos de skill que poderá tentar várias outras coisas.

Por fim, eu realmente recomendo ir com ataques e armaduras leves, mas você pode alterar isso. É bem visível quais são as skills centrais dessa build, mas, se você não gosta das mecânicas de alquimia, pode tentar algo ainda mais focado no combate com algum apoio de magias.

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook