Katana Kami: A Way of the Samurai Story (Switch) será lançado no Ocidente em 20 de fevereiro

RPG de ação será lançado no Ocidente no mesmo dia da versão japonesa.

A publicadora Spike Chunsoft anunciou o lançamento ocidental de Katana Kami: A Way of the Samurai Story. O spin-off da série The Way of the Samurai já estará disponível em inglês a partir do dia 20 de fevereiro, com versões para Switch, PC e PS4. A data coincide com o lançamento japonês da obra, mas a empresa apenas revelou que o RPG de ação chegaria ao Ocidente agora.


Perto do pinheiro Ipponmatsu em uma área montanhosa, um ferreiro e sua filha viviam de forma tranquila. No entanto, o homem não conseguia controlar o seu dinheiro e começou a acumular dívidas em cima de dívidas. Para pagá-las, ele precisaria até mesmo vender sua filha. Quando a jovem foi levada e o desespero começou a tomar conta dessa família, um samurai apareceu e prometeu ajudá-lo, apesar de sua motivação não ser clara.

Na pele desse samurai, o jogador precisará agora explorar várias áreas em busca de tesouros e uma forma de salvar a jovem garota de seu cruel destino. De dia, é necessário ganhar dinheiro como ferreiro para pagar a dívida. É possível até mesmo estimular o conflito na região para fazer com que as facções rivais procurem por ferreiros. De noite, calabouços de outro mundo aparecem, ricos em materiais e lâminas. Com mais de 100 tipos de armas e 9 posturas de combate (cada uma com ataques próprios), o jogador poderá alternar entre elas, aprender novas habilidades e montar o seu próprio estilo. Defletir ataques e se esquivar também podem ser estratégias importantes e tem efeitos variados de acordo com a postura selecionada.

Vale destacar também que durante a semana do lançamento, o jogo terá um desconto de 10% na eShop e será possível adquirir gratuitamente dois DLCs. O primeiro deles é um conjunto com as espadas lendárias Dojigiri Yasutsuna, Nagasone Kotetsu, Heshikiri, Bizen Osafune Nagamitsu, Fudo Masamune. O segundo inclui os equipamentos de aventureiro Wanderer Outfit, Wanderer Hat, Wanderer Cape, Wanderer Itachi, Kabra's Blade e Kabra Reborn

é formado em Comunicação Social pela UFMG e costumava trabalhar numa equipe de desenvolvimento de jogos. Obcecado por jogos japoneses, é raro que ele não tenha em mãos um videogame portátil, sua principal paixão desde a infância.

Comentários

Google
Disqus
Facebook