Yggdra Union: We'll Never Fight Alone será lançado para Switch no Japão no dia 5 de março

RPG estratégico originalmente lançado no GBA poderá ser jogado no console híbrido da Nintendo em japonês a partir do mês que vem.


A desenvolvedora Sting anunciou o lançamento japonês de Yggdra Union: We'll Never Fight Alone no Switch. O RPG estratégico foi lançado originalmente no GBA e posteriormente portado para PSP e dispositivos móveis (versão exclusiva do Japão, lançada no ano passado). A nova versão deve ser lançada na eshop japonesa no dia 5 de março.


Yggdra Union faz parte da série Dept. Heaven, junto com obras como Riviera: The Promised Land (GBA/PSP), Knights in the Nightmare (DS/PSP) e Gungnir (PSP). O jogo conta a história da jovem princesa Yggdra Yuril Artwaltz, que após a queda do reino de Paltina, assume a posse da espada sagrada Gran Centurio. Em seus esforços para encontrar novas tropas e liberar o reino dos seus invasores, a garota encontra o rei dos bandidos Milanor, que logo se tornará um importante aliado na guerra.

A nova versão conta com novidades e inclui também as melhorias que já estavam presentes na versão de celular. São elas:
  • A capacidade de refazer uma ação;
  • Auto-saves;
  • Log de diálogos;
  • Modo "fácil";
  • Mudanças nas condições de desbloqueio do conteúdo Extra;
  • Possibilidade de ajustar a velocidade das batalhas;
  • Controle de toque;
  • Flunky como personagem desbloqueável;
  • Novas funções "cheat" para modificar o funcionamento do jogo através de códigos especiais, incluindo:
    • Mudar a classe de Milanor para hunter;
    • Desabilitar golpes críticos de inimigos e aliados;
    • Maximizar a Skill Gauge no início da batalha;
    • Reverter as formações de exércitos masculinos e femininos.
Fonte: Gematsu (anúncio, trailer)

é formado em Comunicação Social pela UFMG e costumava trabalhar numa equipe de desenvolvimento de jogos. Obcecado por jogos japoneses, é raro que ele não tenha em mãos um videogame portátil, sua principal paixão desde a infância.

Comentários

Google
Disqus
Facebook