Pokémon Blast

Pokémon X/Y (3DS): O líder de ginásio mais forte de Kalos

Um novo conjunto de líderes que chegou para causar impacto dentre as demais regiões, juntamente com um novo tipo que promete ser dominante.

em 28/03/2020
Em tempos de Pokémon Sword/Shield, o que a região de Kalos está fazendo aqui? Simples: para podermos apresentar para vocês o líder mais forte de Galar, antes precisamos falar sobre a sexta geração dos monstrinhos de bolso.

Afinal, quem é o líder mais forte de Kalos?

Critérios

A fim de mantermos uma disputa justa entre os oito líderes de Kalos, levamos em consideração os seguintes requisitos:
  • As Abilities consideradas serão as que os Pokémon possuem durante o Black Writ;
  • Mega Evoluções serão consideradas, afinal, é a geração delas, e há uma líder que utiliza esse recurso;
  • Os stats de cada Pokémon serão calculados com 31 pontos de IV e no nível 50, sem acréscimos de Effort Points e com a Nature neutra;
  • O moveset de cada Pokémon será o mesmo do utilizado pelos líderes no Battle Chateau, logo, não teremos todas as opções do movepool.

Apresentando os desafiantes líderes

A região de Kalos é bem equilibrada, pois seus tipos são bem diversos e não possuem muitas vantagens entre si. Entretanto, não é aquela região que causa impacto quando o assunto é dano bruto, talvez pela baixa quantidade de Pokémon presentes nas equipes.

Logo de cara, temos duas líderes que se destacam: Korrina e Valerie, enquanto que Viola, Ramos e e Olympia correm muito por fora. A seguir, vejam as equipes de cada um, com seus pontos fortes e suas fraquezas.

Viola

Equipe: Masquerain, Vivillon

O tipo BUG não é dos mais fortes, tanto que as regiões que possuem esse tipo como base para ginásios não figuram entre os mais fortes. Outro fator que conta muito para esse fraco desempenho é a quantidade de fraquezas, pois ao considerarmos o tipo FLYING de ambos, são quatro fraquezas em FIRE, ELECTRIC, ICE e ROCK, todos presentes nos demais líderes. Porém, há uma certa “força” na equipe de Viola: um dos melhores golpes de boost do jogo, Quiver Dance, está presente em seus comandados e podem ser armas extremamente perigosas. O problema é: quando serão utilizados com todas essas fraquezas?

Grant

Equipe: Aurorus, Tyrantrum

O tipo ROCK é sinônimo de defesas altas. Só que nesse caso específico, a defesa não é o foco, mas sim, o ataque. A equipe de Grant consegue aplicar toneladas de dano, pois seus Pokémon possuem habilidades incríveis e golpes que acompanham esse potencial ofensivo. 

O problema é justamente o momento em que eles causarão o dano. Ambos são  muito lentos e não são modelos defensivos. Ainda, com diversas fraquezas para os principais tipos ofensivos da atualidade, dificilmente Grant e sua dupla conseguirão um bom desempenho  em uma competição contra os demais líderes.

Korrina

Equipe: Hawlucha, Lucario

Desafiante direta ao posto de mais forte, temos aqui o exemplo de força, versatilidade e objetividade que o tipo FIGHTING proporciona. A dupla lutadora de Korrina é excepcional, pois golpes fortíssimos, como Sky Attack e Close Combat, são amostras de poder bruto, e o melhor, o dano é muito rápido, em virtude da Speed acima da média dos demais líderes. 

Mesmo em desvantagem, há uma chance de vencer. Isso sem falar no Mega Lucario, considerado por muitos como um dos mais fortes. Com certeza é uma das mais populares e esse potencial todo é muito bem correspondido.

Ramos

Equipe: Victreebel, Gogoat

Ofensivamente, o tipo GRASS não é dos melhores. Na defesa, não precisamos nem falar: cinco fraquezas rendem um dos piores desempenhos dentre os 18 tipos presentes. Só que com o time Ramos, há uma certa força a ser considerada. O Victreebel é extremamente versátil, podendo causar dano físico e de longa distância. 

O problema é que ele possui apenas golpes do tipo GRASS e, com isso, a cobertura vai para o espaço. A luz no fim do túnel é o Gogoat, que possui um moveset legal e cobertura neutra, capaz de causar dano dobrado na maioria de suas fraquezas. Contudo, sua habilidade não ajuda muito, afinal, o único Pokémon que poderia ativá-la possui um segundo tipo, que irá devastar a cabra de grama.

Clemont

Equipe: Magnezone, Heliolisk

Mais um líder de ginásio que sofre com a falta de cobertura. Todos sabemos do potencial ofensivo do tipo ELECTRIC, ainda mais considerando outro tipo na mistura. Embora o Magnezone seja uma potência contra os principais tipos do jogo, a falta de uma segunda ferramenta de dano expressiva faz falta para o ímã. Como pode um Pokémon do tipo STEEL com um Special Attack alto desses ter GYRO BALL no moveset? Por que não Flash Cannon? 

O mesmo vale para o Heliolisk: dois golpes elétricos no mesmo moveset e sem Hyper Voice. Temos Quick Attack ao invés disso, e, se considerarmos a baixíssima base de Attack dele, não compensa usar nem quando o adversário está com 1 ponto de HP.

Valerie

Equipe: Mawile, Sylveon

Criado para conter o avanço dos temidos dragões, o tipo FAIRY é de longe um dos mais fortes atualmente, e quando o consideramos em uma região que não possui resistências a ele, certamente será um dos finalistas. Para incrementar esse potencial, bases altas em atributos chave são uma combinação fatal para os demais líderes. 

Enquanto Mawile destrói oponentes no lado físico, Sylveon causa danos consistentes à longa distância e ainda é capaz de “roubar” acúmulos de seus adversários com o golpe Psych Up.

Olympia

Equipe: Slowking, Meowstic

Antes tido com um dos tipos mais fortes de todos, os Pokémon psíquicos em Kalos recuperaram parte da sua força. Isso porque o tipo PSYCHIC não possui grandes resistências na região, e os golpes de cobertura cuidam muito bem desta deficiência. 

Ainda sendo potente, aquele “algo a mais” está ausente, pois tanto o Meowstic como o Slowking não são exemplos de Pokémon ofensivos e, ainda que haja STAB e golpes de cobertura para suas fraquezas, estão longe do esperado para um tipo como esse.

Wulfric

Equipe: Abomasnow, Avalugg

Estatisticamente, o tipo ICE é um dos melhores ofensivamente, rivalizando com tipos conhecidos, como WATER, FIGHTING e DRAGON. Só que quando seus dois Pokémon são lentos, frágeis e, pasmem, um deles sem um golpe com STAB, não se pode esperar muito de uma dupla como essa. 

Por mais que o combo Snow Warning + Blizzard seja extremamente potente, a falta de cobertura do Abomasnow não lhe rende muitas oportunidades. Chega a ser vergonhoso um Pokémon como o Avalugg não ter um STAB ICE. É tipo um avião sem asa.

O Veredito

Precisa mesmo? Vamos lá então. Rápido, igual a história dos jogos. Os demais líderes não têm a menor chance contra  Korrina. O fator Mega Lucario é simplesmente demais para a região de Kalos. Só a Valerie pode conter toda essa força. Inclusive, o tipo FAIRY também é demais para essa região, que não consegue lidar com a combinação Mawile e Sylveon. Nem mesmo o chacal de Sinnoh, pois não possui um golpe STEEL em seu moveset, logo, fica a mercê de um poderoso Moonblast. 

Ainda, qualquer um que tentar aumentar seus stats irão beneficiar também o Sylveon, pois serão copiados por Psych Up e, levando em consideração os golpes existentes dentre os líderes, é um verdadeiro presente para a fadinha.

Dessa forma, a líder de ginásio mais forte em Kalos é Valerie! O que acharam do resultado? Será que outro líder, com as devidas condições podem desafiar Valerie de igual para igual? Concordam com o resultado? Deixem nos comentários a opinião de vocês para debatermos sobre o tema. Semana que vem, chegaremos em Galar, afinal, em Alola não temos ginásios.
Revisão: Felipe Fina Franco

Fã de carteirinha da franquia Pokémon desde os oito anos de idade, teve seu primeiro contato com os monstrinhos de bolso no Game Boy Color e de lá para cá, são mais de 25 anos de alegria. Fanático por vídeo-games, gostaria de poder jogar mais tempo do que trabalha.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.