Mortal Kombat 11: executivos da Warner temiam que o jogo não tivesse audiência no Switch

A informação foi divulgada em um painel ministrado por Scott Hawkings, gerente de relações com desenvolvedores da Big N.


Durante o evento BIG Digital 2020, o gerente de relações com desenvolvedores da Nintendo of America, Scott Hawkings, apresentou uma palestra voltada aos estúdios interessados em trazer seus jogos para o Switch. Enquanto dava alguns exemplos, revelou uma informação curiosa a respeito dos executivos da Warner Bros. sobre a vinda de Mortal Kombat 11 para o console híbrido. Segundo Hawkings, a empresa tinha uma preocupação sobre o jogo de luta não estar de acordo com a audiência da Nintendo por ser muito maduro. A informação, é claro, foi dada como um contraexemplo de que o Switch é para todos os públicos, já que o lançamento foi um sucesso.

Confira o comentário completo de Scott Hawkings:

"Quando a Warner Bros. recebeu a primeira build jogável de Mortal Kombat 11 no Nintendo Switch, eu viajei e me encontrei com o time na Califórnia. Um dos executivos de lá estava me recebendo e mostrando o jogo, e estávamos jogando, e ele olha para mim e fala: 'Scott, você tem certeza de que a Nintendo quer esse jogo no Nintendo Switch'? Eu disse que 'sim, absolutamente queremos esse jogo'.

Ele estava preocupado que o título, avaliado para maiores de 18 anos, não seria amigável para o padrão de jogadores da Nintendo. Mas, claramente, após ver o primeiro mês de vendas como o jogo número um da plataforma, mostramos que sim, há audiência para esse tipo de jogo. Há audiência para uma grande variedade de conteúdo na plataforma, e esse foi um grande sucesso".

Fonte: Nintendo Everything


Fã de games desde o primeiro salto dado em Super Mario World, divide seu tempo entre experimentar algum indie ou rejogar um velho Pokémon. Mesmo sendo das engenharias, joga, escreve e é diretor de redação do Nintendo Blast nas horas vagas.


Disqus
Facebook
Google