The Legend of Zelda: Skyward Sword HD (Switch) já é o jogo mais vendido na Amazon

Super Mario 3D World + Bowser’s Fury está em segundo lugar.




Anunciado recentemente no último Nintendo Direct, The Legend of Zelda: Skyward Sword HD chegará ao Nintendo Switch em 16 de julho e já está em primeiro lugar no catálogo de vendas da Amazon.


A próxima remasterização de The Legend of Zelda que chegará às lojas em julho foi alvo de polêmicas recentes na internet, devido à sua comercialização oficial por US$ 60,00 — sendo mais caro que o preço do título original no Wii: US$ 50,00.

Contudo, não surpreende que esse título esteja com um alto número de vendas há cinco meses de ser lançado. Entre outras razões, por grande parte do público consumidor da série no Switch, que cresceu muito nesse console, sequer ter experimentado o jogo original no Wii ou no Wii U.

Convém lembrar que, em sua época, The Legend of  Zelda: Skyward Sword (Wii), de 2011, foi o título em 3D menos vendido da série por, entre outros fatores, requerer o uso do Wii Motion Plus no Nintendo Wii e pela base instalada do Wii U ser bastante limitada. Ainda assim, segundo dados do CESA Games White Papers, o título do Wii vendeu 3.67 milhões de unidades.

Até ontem, como verificou o portal Nintendo Smash, logo abaixo de The Legend of Zelda: Skyward Sword HD estava Super Mario 3D World + Bowser’s Fury (Switch) em segundo lugar na lista de mais vendidos da Amazon e, em seguida, o Controle DualSense de PS5. A depender de quando estiver lendo esta notícia, a lista pode ter sido mudada, mas Skyward Sword HD, ao menos no ranking de vendas dos produtos do Nintendo Switch, tem se mantido estável em primeiro lugar.

O lançamento de The Legend of  Zelda: Skyward Sword HD, dia 16 de julho, exclusivamente para Nintendo Switch, será acompanhado por um belo par temático de Joy-Con vendido separadamente.

A pré-venda digital dessa aguardada remasterização já está disponível no site oficial da Nintendo com mais detalhes sobre o produto.


Doutorando em Filosofia e um amante de música, literatura e videogames. Interessa-se principalmente por produções de forte apelo artístico e/ou narrativo e mecânicas de puzzle, stealth, estratégia e RPG. Suas principais reflexões sobre o mundo dos jogos podem ser encontradas em thegamelogicist.medium.com (PT/EN); e suas sinapses ainda quentes, no Twitter.


Disqus
Facebook
Google