Rumor: novo modelo do Switch suportará 4K com deep learning; CPU, memória e GPU receberão upgrades

A agência de notícias Bloomberg divulgou as informações sobre a nova iteração do Switch por meio de uma fonte anônima; confira.


No início deste mês, a agência de notícias Bloomberg, especializada no mercado financeiro, publicou um rumor indicando que a Nintendo revelará nova versão do Switch com tela OLED e suporte para 4K. Em uma segunda publicação divulgada hoje, 23, o portal trouxe algumas informações adicionais. Entre elas estão a especulação de que o novo Switch contará com deep learning para a geração de gráficos 4K e novos upgrades de memória, CPU e GPU.

De acordo com a agência de notícias do mercado financeiro, o novo modelo do Nintendo Switch contará com um upgrade da GPU (a unidade de processamento gráfico), mas ela se manterá sendo fabricada pela Nvidia. A nova unidade contará com melhor performance e gráficos, segundo o analista responsável pelas informações.

Além disso, a unidade de processamento central, chamada de CPU, será também melhorada em conjunto com a memória. Tais melhorias serão, principalmente, para fornecer suporte à tecnologia da Nvidia DLSS (Deep Learning Super Sampling), a qual permite a geração de gráficos 4K de alta fidelidade com processamento via inteligência artificial.

Para obter todas as vantagens da tecnologia, porém, os desenvolvedores terão que implementar o código correspondente. Por isso, os jogos com lançamento futuro aproveitarão muito mais dessa novidade se comparados aos já lançados, que não possuem tais funcionalidades.

Outros analistas, não relacionados com a informação potencialmente confidencial divulgada por este rumor, comentaram a revelação, principalmente no que trata da mudança de estratégia da Nintendo em relação à concorrência. Veja:

"A novidade deve gerar mais suporte de desenvolvedores de software externos, o que gerará um grande avanço nas vendas de hardware e software. A Nintendo está aprendendo bem com seus erros do passado, quando o Wii perdeu seu fôlego ao não ser mais compatível com gráficos em alta definição".

Além disso, um outro analista da própria Bloomberg especulou sobre o preço da nova iteração do console híbrido. Segundo ele, "350 dólares irão incrementar a proposta de valor do console, mas ainda acredito que a Nintendo terá grande demanda com o valor de 399 dólares".

Apesar de ainda tomadas como especulações, as informações podem vir a se tornar verídicas, visto que a Bloomberg anda reforçando tais rumores em múltiplos artigos. E você, leitor, o que acha dos rumores, cada vez mais claros sobre a nova plataforma?

Fonte: Nintendo Everything, Bloomberg


Fã de games desde o primeiro salto dado em Super Mario World, divide seu tempo entre experimentar algum indie ou rejogar um velho Pokémon. Mesmo sendo das engenharias, joga, escreve e é diretor de redação do Nintendo Blast nas horas vagas. Está sempre no Twitter como @niccomch.


Disqus
Facebook
Google