Blast from the Past

Teenage Mutant Ninja Turtles IV: Turtles in Time (SNES) é uma cômica — e louca — viagem no tempo

Serão Leonardo, Michelangelo, Raphael e Donatello capazes de voltar para o presente até a hora do jantar?

turtles in time snes header donatello dinossauro

Se tem uma coisa que me lembro de fazer quando era mais nova é sentar em frente à televisão para ver desenhos animados. Em meio à vasta gama de opções, fazia parte da programação da extinta TV Globinho uma animação baseada nas Tartarugas Ninja.

Eu não sou fã de super-heróis desde criança, mas achava o máximo existirem combatentes do mal que não eram humanos. Não bastasse serem ninjas, Leonardo, Michelangelo, Raphael e Donatello também adoravam pizza! Tem coisa mais legal ver super-heróis derrotando os vilões e voltando para casa para a hora do jantar?

Porém, a história das Tartarugas Ninja é bem mais antiga que meus quase 30 anos: os quatro defensores da justiça nada convencionais surgiram em 1984, nas revistas em quadrinhos, e, além de aparecerem na telinha da TV, também ganharam espaço nos videogames. Como recordar é viver, é hora de relembrar Teenage Mutant Ninja Turtles IV: Turtles in Time, do SNES, e uma das primeiras aventuras desses quatro nova-iorquinos loucos por pizza.

Salvando o mundo antes da hora do jantar

A versão para SNES de Turtles in Time é um port do título de arcade de 1989 e acabou se tornando o quarto título da franquia nos jogos. Como de costume na época, é (mais) um beat ‘em up para até dois jogadores em que há total liberdade para escolher com qual Tartaruga jogar.

Roteiro nunca foi o forte do gênero beat ‘em up, mas quando se trata das Tartarugas Ninja, tudo pode ficar mais maluco ainda. Certa noite, enquanto assistem ao noticiário apresentado por April O’Neil, os quatro irmãos testemunham o sequestro da Estátua da Liberdade por um Krang gigante. Logo em seguida, Shredder aparece na pequena tela e as Tartarugas não tardam em ir atrás do vilão.

selecao personagens turtles in time
Donatello é o mais legal, me convença do contrário
Após derrotarem os ninjas do Clã do Pé, os irmãos finalmente chegam ao Tecnodromo e se veem diante de seu arqui-inimigo. Porém, derrotar Shredder foi só o começo: o vilão envia Raph, Leo, Don e Mikey em uma viagem no tempo e cabe aos quatro achar o caminho de volta para casa e resgatar a Estátua da Liberdade — tudo isso antes da hora do jantar.

Cowabunga!

As Tartarugas Ninja eram uma febre mundial, até mesmo no Brasil, e a adaptação de um título arcade para um console de 16-bit não deixou a desejar. A transição para o console da Nintendo não somente foi muito fiel, como também melhorou diversos aspectos do original ao mesmo tempo em que trouxe novas mecânicas.

Com um estilo bastante cartunesco remetendo à animação que passava na TV, os irmãos estão mais distinguíveis entre si e cada um tem seu próprio estilo de combate. Meu favorito, Donatello, é o que tem maior alcance graças ao seu bastão (chamado de bou), mas causa menos dano por golpe; Raphael, por outro lado, tem maior dano com seu par de sai, porém menor alcance.

turtles in time snes power up donatello
Saindo uma pizza explosiva!
A jogabilidade é bastante rápida e simples até mesmo para os padrões da atualidade. Com apenas um botão para ataque e um para pulo, é possível fazer sequências de golpes bastante complexas, emendando ataques variados e agarrões.

Cada uma das Tartarugas possui uma animação própria condizente com seu estilo de luta, deixando tudo ainda mais divertido e variado de jogar — e assistir. Talvez o segredo de Turtles in Time seja a combinação entre simplicidade e fluidez, que permite que até crianças pequenas possam se divertir com este “jogo de antigamente”.

O ponto forte da versão de SNES de Turtles in Time é provavelmente a parte gráfica. Muito coloridas e fazendo jus ao universo das Tartarugas, as animações são bem-feitas e conferem bastante personalidade aos personagens, ainda mais considerando as limitações da época. Existe uma sensação de profundidade quando Foot Soldiers são arremessados na tela na direção do jogador e os efeitos sonoros, sobretudo as vozes, dão aquele quê a mais que é difícil de colocar em palavras.

turtles in time snes starbase
Bom humor é o ingrediente principal desta receita maluca

Enquanto não é possível recuperar vida com itens como em outros beat ‘em ups da época, o jogador pode acumular pontos coletando as diversas pizzas espalhadas pelas fases. Algumas delas, inclusive, habilitam uma técnica especial temporariamente, como o ataque giratório de Donatello.

O jogo também é bastante generoso no quesito dificuldade. O modo Easy, por exemplo, como requer menos esforço, garante menos vidas iniciais e continues, enquanto o Hard permite que o jogador tenha mais possibilidade de tentativa e erro — e como em todo jogo de ação, ao atingir determinada pontuação, vidas extras são conferidas. Turtles in Time também possui uma campanha curta de aproximadamente 40 minutos, permitindo que diferentes estilos de jogo sejam experimentados sem deixá-lo repetitivo.

It’s pizza time!

Teenage Mutant Ninja Turtles IV: Turtles in Time é sem dúvidas um ótimo jogo que continua atual, especialmente devido à sua jogabilidade ao mesmo tempo simples e única, além de muito colorida e capaz de reproduzir o estilo do desenho animado. A aventura também é bastante rápida, ideal para dar aquela descontraída antes da hora do jantar.

Graças aos estilos de luta diferenciados de cada uma das Tartarugas Ninja, cabe ao jogador decidir qual é o mais ideal para si. Já escolheu o sabor da pizza para celebrar a vitória?

Revisão: João Pedro Boaventura


Também conhecida como Lilac, não consegue viver sem música. Livros e quadrinhos fazem parte de sua biblioteca. Adora filmes, jogos, animações e experiências culinárias, sobretudo doces. Prefere ser chamada por Ju.


Disqus
Facebook
Google