Crunchyroll, serviço de streaming de animes, tem aplicativo lançado na eShop de Nintendo Switch

App se junta a outros serviços de transmissão de vídeo disponíveis no Switch, como YouTube e Pokémon TV.

Crunchyroll

O serviço de streaming Crunchyroll anunciou, nesta quinta-feira (17), que chegou ao Nintendo Switch. Um aplicativo que dá acesso ao seu catálogo já está disponível para ser baixado gratuitamente na eShop do console.


Usuários com uma conta no serviço podem assistir a uma seleção limitada de animes e doramas sem custos. Já assinantes da mensalidade Crunchyroll Premium possuem acesso irrestrito a toda a biblioteca de séries, além de outros benefícios como remover anúncios, acompanhar os lançamentos logo após a exibição no Japão e baixar episódios para assistir offline (somente para assinantes do plano Mega Fan).

O Switch é compatível com essa opção de exibição sem rede de internet, mas, devido ao tamanho dos arquivos de vídeo, é recomendável o uso de um cartão microSD.

Confira a descrição oficial e imagens do serviço:
Um mundo inteiro de anime com a Crunchyroll!

Assista a centenas de títulos legendados na sua língua! Incluindo novos sucessos como Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba, JUJUTSU KAISEN, My Hero Academia e Tokyo Revengers, mas também clássicos como One Piece, Naruto Shippuden, Hunter x Hunter, JoJo's Bizarre Adventure e muito mais! Não deixe de conferir também os aclamados Crunchyroll Originals.

Quer uma experiência ainda melhor? Ganhe agora mesmo 14 dias GRATUITOS de Crunchyroll Premium!

Desfrute de vantagens como:
  • Animes sem anúncios
  • Novos episódios uma hora após a exibição no Japão
  • Offline viewing
O uso do offline viewing requer bastante espaço em disco, e o uso de um cartão microSD™ é recomendado para uma melhor experiência com o software.
Crunchyroll

Crunchyroll


Até o momento, no Brasil, o Switch também possui três outros serviços de streaming de vídeos: YouTube, Pokémon TV e Funimation.

A Crunchyroll também está disponível em outras plataformas, como o PlayStation 4, Xbox One e até mesmo o Wii U.

Fontes: Crunchyroll/Nintendo


Jornalista, analista de mídias, PcD e entusiasta de games desde que jogou Pokémon Azul no Game Boy Color nos anos 90. De lá para cá, tenta aproveitar ao máximo todos os consoles no pouco tempo que a vida adulta permite. Se não está escrevendo para o Blast ou demorando anos para zerar um jogo, está no Twitter (@DanielMorbi) e no Instagram (@danielmorbi_)


Disqus
Facebook
Google