Pokémon Blast

Teorias sobre a origem dos Pokémon Iniciais do tipo Água

Confira teorias e possíveis origens sobre como são criados os Pokémon iniciais do tipo água.

Chegou a vez do terceiro tipo de Pokémon iniciais receber atenção. Ao longo dos anos, o tipo WATER recebeu muita atenção e isso refletiu também nas características dos seus bichinhos iniciais , que, para esse que vos escreve, são o melhor tipo para um Pokémon inicial.

O ápice foi com o Greninja, eleito o Pokémon do ano em 2020; inclusive, a votação daquele ano terminou com seis gerações tendo ao menos um Pokémon inicial no top 5, com exceção de Unova e Galar. Isso só mostra o quão importante é o design e a ideia de um Pokémon inicial.

Até Ken Sugimori, artista responsável por criar os desenhos dos Pokemon, disse que os iniciais do tipo WATER são aqueles que mais demoram para ser criados, e que tentam pensar em novos Pokémon sem que haja uma grande semelhança entre os já existentes.

Tem curiosidade para saber como são feitos os Pokémon iniciais do tipo WATER? Então ensine Surf a um de seus Pokémon e boa leitura!

Armas históricas

Começando por Kanto, temos Blastoise, que combina as palavras “blast” (explosão em inglês) e ”tortoise” (variação de Tartaruga em inglês). Os canhões em seus ombros meio que mostram em qual arma ele é baseado: nos canhões antigos, à base de pólvora e balas de chumbo.

Em Johto, o inicial da vez é o Feraligatr, que exibe de forma sutil uma arma branca muito poderosa: o famoso soco-inglês. Esta arma era usada por gangues na Inglaterra nos anos 70 e 80, e se repararmos no “cabelo” do crocodilo aquático, lembra bastante um penteado moicano associado aos punks da época. Inclusive, seu nome foi cortado em virtude da limitação de caracteres do nome (o correto seria Feraligator).

Partindo para Hoenn, temos o Swampert e sua cauda em forma de leque, ou Tessen para os mais chegados. Esta arma é usada na prática do Kung-Fu e diversos personagens da cultura pop, como Kitana (Mortal Kombat), Mai (The King of Fighters) e Temari (Naruto) utilizam o leque como arma.


Na melhor região de todas, Sinnoh, temos uma divindade. Isso mesmo, o Empoleon simboliza o deus grego Poseidon, que representa os mares e oceanos, carregando consigo seu tridente de ouro.

A região de Unova é bem parecida com a região de Kanto, com similaridade até em seus Pokémon iniciais. Se na primeira o canhão é visível, que tal uma Katana nas patas do Samurott? Inclusive, seu nome é literalmente “lontra samurai”.

Vamos à região de Kalos, sexta geração. A migração para o mundo tridimensional chegou ao 3DS em 2013 e, com ela, um trio de iniciais completamente inovador: ambos os tipos de um são fortes contra o outro ou pouco ineficazes. O Greninja, que pelo nome já temos uma noção do que virá, representa os ninjas e uma de suas armas de arremesso mais famosas, as Shurikens.


A sétima geração trouxe a região de Alola para nossas vidas, com sua trilha sonora cativante e clima tropical. O Pokémon inicial da vez, Primarina, possui diversas teorias sobre sua origem: uns dizem que são as bombas; para outros outros, uma clava por conta dos espinhos em sua cauda; ainda, por conta da temática sonora deste inicial, acredita-se também que armas sônicas podem ter sido a base para sua criação.

Por fim, temos Inteleon da região de Galar. Se você não sabia, a oitava geração é baseada na Inglaterra, e com ela, temos o maior espião de todos os tempos, conhecido como 007. A abertura e o tema musical dos filmes do personagem são clássicos e consigo, James Bond sempre carrega uma pistola. Reparem no sinal que a mão do Inteleon faz quando ele usa seu golpe de assinatura, Snipe Shot. Para complementar, sua forma Gigantamax carrega um rifle de longo alcance, o Sniper Rifle, conhecida como a arma usada por franco-atiradores.

Semi-aquático

Esse detalhe não chega a ser muito uma teoria e sim uma necessidade. De fato, todos os iniciais do tipo WATER são semi-aquáticos; ou seja, são criaturas que podem viver tanto na água como em terra firme. Por que isso não é uma teoria? Por razões óbvias: imagine-se escolhendo um Lumineon como Pokémon inicial, que é um peixe. Peixes vivem na água. Assim que lançamos o Lumineon em batalha, ele não poderá fazer nada, pois não há água.

Agora, o mesmo não acontece com os oito iniciais acima, uma vez que todos podem viver ou batalhar em terra firme. Em janeiro de 2011, foi publicada uma entrevista na Nintendo Dream sobre as versões Black/White e na ocasião, Ken Sugimori e Takao Unno (que viria a se tornar o diretor de Black/White 2) explicaram um pouco sobre o processo de criação, especialmente dos iniciais do tipo WATER. Confira:

Sugimori: “A maneira como criamos os três Pokémon iniciais é geralmente muito semelhante. Eles são sempre do tipo Grama, Fogo e Água. O mais importante é que os designs não se assemelham a nenhum Pokémon pré-existente e que os motivos se encaixem nos tipos elementares – que é o que sempre leva mais tempo.”

Unno: “No começo decidimos pelo design de Tepig, logo depois criamos Snivy, então Oshawott foi o último design.”

Sugimori: “Nós sempre lutamos muito com o tipo Água.”

Unno: “Nós temos todos os tipos de ideias, mas se o motivo não for adequado para um tipo de água, é fácil para a criatura acabar parecendo estranha. Também pode acontecer com o inicial de Grama – por exemplo, é estranho se acabarmos com um Pokémon que é apenas um cachorro com folhas crescendo nele.”

Será que veremos algo parecido com Quaxly, inicial do tipo WATER das versões Scarlet/Violet? Por ser semelhante a um pato, podemos dizer que ao menos semi-aquático ele será. Agora, tendo em mente a teoria das armas históricas, qual você acha que será a base para sua criação? Eu chuto uma arma de pólvora usada por piratas. 

Teorias sobre a origem dos Pokémon Iniciais

Revisão: Davi Sousa


Fã de carteirinha da franquia Pokémon desde os oito anos de idade, teve seu primeiro contato com os monstrinhos de bolso no Game Boy Color e de lá para cá, são mais de 25 anos de alegria. Fanático por vídeo-games, gostaria de poder jogar mais tempo do que trabalha.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google