Game Freak adota sistema em que funcionários podem tirar um dia extra de licença por semana

Nova política é dedicada a profissionais que cuidam de filhos pequenos ou de outros familiares.

Game Freak

A Game Freak, desenvolvedora dos jogos da linha principal de Pokémon, anunciou, nesta terça-feira (26), que implementou um "sistema seletivo semanal de três dias" opcional na empresa. Na prática, isso significa que os funcionários do estúdio podem escolher, semanalmente, um dia de licença a mais além do sábado e do domingo.


Essa política entrou em vigor já nesse mês de abril e é voltada a trabalhadores que precisam cuidar de crianças em idade escolar ou outros familiares que necessitam de cuidados de enfermagem. Mensalmente, colaboradores podem escolher um terceiro dia da semana para não comparecer ao serviço.  Assim, eles poderão estar mais em casa em momentos como as férias dos filhos ou situações de cuidados temporários.

Desenvolvedores que optarem por esse sistema trabalharão 32 horas por semana (oito horas por dia X quatro dias da semana). Em contrapartida, o pagamento do mês em que a política for utilizada será 80% do salário normal do trabalhador.

No momento, a Game Freak também implementa sistemas de home office, licenças remuneradas e trabalho escalonado.

Os próximos lançamentos da desenvolvedora no universo Pokémon serão Pokémon Scarlet/Violet, que chegarão ao Switch no final de 2022.

Fonte: PR TIMES

Jornalista, analista de mídias, PcD e entusiasta de games desde que jogou Pokémon Azul no Game Boy Color nos anos 90. De lá para cá, tenta aproveitar ao máximo todos os consoles no pouco tempo que a vida adulta permite. Se não está escrevendo para o Blast ou demorando anos para zerar um jogo, está no Twitter (@DanielMorbi) e no Instagram (@danielmorbi_)


Disqus
Facebook
Google