Dicas e Truques

Splatoon 3 (Switch): dicas para dominar o modo Salmon Run Next Wave

Use esses truques na preparação para a guerra, pois os salmonídeos estão mais perigosos do que nunca!

Com formatos de jogatina diversificados, que vão desde a campanha single player até batalhas anárquicas entre oito jogadores, Splatoon 3 tornou-se uma das grandes estrelas do momento ao trazer melhorias para a sua franquia no Switch. Um dos setores que mais recebeu incrementos foi o seu modo de sobrevivência Salmon Run Next Wave, que consiste em batalhas contra hordas de inimigos marinhos para coletar os desejados Golden Eggs. 


Tendo em vista que o formato de disputa está ainda mais complexo, preparamos um guia com dicas para você se dar bem nas batalhas contra os salmonídeos. Portanto, leia esses truques antes de preparar a sua arma de tinta e entrar no campo de batalha, pois o modo está intensamente desafiador!

Teste as armas disponíveis antes de iniciar a jogatina

Juntamente ao anúncio da troca dos mapas disponíveis, o modo Salmon Run Next Wave, que agora pode ser disputado a qualquer momento, também rotaciona os modelos de armas que são emprestadas pela Grizzco Industries. Durante cada período de jogatina, quatro tipos distintos de armamentos são ofertados por round de maneira aleatória, o que pode tornar as conjunturas mais imprevisíveis se você não tiver familiaridade com as diferentes classes do título.

Porém, fique sabendo que os jogadores podem verificar quais weapons estão disponíveis momentaneamente ao acessar o baú que fica posicionado no lobby ao lado dos balões de tiro ao alvo. Desse modo, podemos treinar e nos preparar antes de entrar nas batalhas, que é quando a ação definitivamente ocorre. Ou seja, este é um jeito de tentar lidar com a imprevisibilidade da rotação de armamento em cada rodada.

Use os segundos iniciais para colorir os ambientes

Antes das hordas de oponentes começarem a surgir, o modo Salmon Run nos concede alguns segundos preciosos sem qualquer tipo de ação. Portanto, use-os para duas tarefas úteis: o reconhecimento das ambiências, buscando identificar principalmente onde o cesto dos Golden Eggs será posicionado em cada rodada; e para colorir o chão e as paredes.



Afinal, ainda que não se trate de uma batalha Turf War, garantir que as superfícies estejam cobertas de tinta fará com que nossa mobilidade melhore consideravelmente, tudo graças aos ágeis poderes de nossa forma cefalópode. Então, siga o lema da franquia e espalhe tinta para todos os lados, e com o tempo você ficará familiarizado com as melhores táticas para os três mapas atualmente disponíveis: Sockeye Station, Gone Fission Hydroplant e Spawning Grounds.

União e boa comunicação acima de tudo!

O Salmon Run Next Wave é um modo cooperativo que une quatro jogadores em torno de um mesmo objetivo. Diante disso, as coisas podem se tornar um pouco mais complexas se forem encaradas de maneira individual ou desarmoniosa. A dica aqui, portanto, passa pela união entre os atiradores na hora de derrotar os salmonídeos e seus chefes.

No melhor estilo “unidos venceremos”, permaneça perto de seus colegas para barrar o progresso dos oponentes com maior efetividade. Além do mais, se você notar uma movimentação inimiga em um ponto do mapa onde os seus companheiros não estão, vá até lá e use os botões do direcional para se comunicar. Isso facilitará a localização e a circulação dentro dos estágios, que apesar de parecerem simples, podem abrigar muitos perigos em suas bordas. 

Atenção para a condição de seus companheiros

Ainda dentro desse contexto cooperativo e comunicacional, lembre-se de ficar em alerta para o estado de saúde de seus colegas de partida. Afinal, em caso de alguma baixa na equipe, cabe a nós e aos companheiros restantes a tarefa de ressuscitação através de jatos de tinta. É justamente por esse motivo que é importante ficar com os olhos atentos ao canto esquerdo superior da tela, no qual há placas que, quando escuras, indicam que determinado player está morto. 


Ainda por cima, se todos os jogadores estiverem incapacitados, a batalha será encerrada com um frustrante game over, é sempre crucial prestar os primeiros socorros da forma mais rápida o possível. Nesse sentido, fazer o uso dos direcionais para pedir ajuda também é uma boa ideia a ser aplicada. 

Guarde os especiais para as armas mais complicadas

Convenhamos, mesmo que você siga à risca o primeiro tópico de indicação dessa matéria, uma coisa é certa: há certos estilos de arma que não são o nosso ponto forte. Com classes que podem variar entre ataques físicos e tiros de sniper até rolos de pintura e pincéis gigantes, temos um repertório de armamento bastante complexo para ser dominado de maneira integral.


Logo, um bom truque para contornar esse problema consiste em “guardar” os seus ataques especiais para as rodadas em que estiver com as armas particularmente mais chatas de lidar. Como recebemos, usualmente, duas cargas desses tipos de movimento a cada partida, basta regular o seu uso de acordo com a rotação bélica, o que poderá melhorar o seu desempenho até mesmo em momentos ruins.

Conheça bem os 11 chefões e outros eventos

Para atingir o objetivo de coleta dos Golden Eggs, é preciso derrotar os diversos bosses que surgem durante as hordas. Divididos em 11 espécies ao todo, cada uma delas conta com um funcionamento distinto, principalmente em termos de forças e fraquezas. Portanto, torna-se fundamental conhecer a lista desses inimigos especiais, composta pelos seguintes integrantes: Steelhead, Steel Eel, Scrapper, Stinger, Maws, Drizzler, Flyfish, Fish Stick, Flipper-Flopper, Slammin' Lid e Big Shot.

Um bom modo de se inteirar sobre esse assunto passa por ler o Salmonid Field Guide, disponível no lobby físico do prédio Grizzco. Este catálogo exibe imagens e uma breve introdução de cada uma das espécies, o que é suficiente para ficar por dentro dos detalhes comportamentais de cada chefão. 

Além do mais, é também através do Salmonid Field Guide que podemos ficar sabendo de outros eventos que acontecem dentro dos estágios. Na aba Known Occurences, temos descrições curtas de aleatoriedades situacionais das partidas, como a mudança na maré, o surgimento de tornados e a aparição dos irritantes Goldies. Nesse sentido, o catálogo disponibilizado torna-se um bom aliado para entender a imprevisibilidade caótica das caçadas dos Salmonids, especialmente para aqueles atiradores que estão iniciando no ofício.

Certifique-se de arremessar os Golden Eggs

Por incrível que pareça, um dos melhores incrementos aplicados ao Salmon Run Next Wave de Splatoon 3 veio através da adição de um singelo movimento: a capacidade de atirar os Golden Eggs. Com isso, não temos que nos locomover completamente até os cestos de depósito, pois basta pressionar o botão A para que nosso personagem atire o elemento para a frente.



Além de ser divertidíssima, essa singela novidade também ajudou a tornar o modo mais intenso e dinâmico. Por isso, a recomendação é sempre arremessar o ovo dourado com a habilidade para que possamos prontamente retornar aos confrontos. Fique atento, porém, ao fato de que o movimento consome uma certa quantidade de tinta, algo similar ao uso das granadas. Então, capriche na mira quando for usufruir do recurso para acertar o cesto, ou pelo menos para deixar o Golden Egg próximo do destino desejado.

Torça para encontrar o Cohozuna e lute com cuidado!

Outra adição divertida no renovado modo de Splatoon 3 está na chegada do King Salmonid, o Cohozuna. Trata-se de um “chefão dos chefões” que pode aparecer no final da partida, prolongando o embate com muita ação e possivelmente concedendo recompensas ainda mais valiosas, como pontos de experiência e Fish Scales, que podem ser trocadas por equipamentos estilosos. 



Apesar deste final boss ser recrutado de maneira aleatória, temos mais chance de isso acontecer quando o nosso Salmometer, uma barra disponibilizada no canto direito superior da tela, está mais próximo de sua completude, que se dá no número 99. Quanto mais alta ela estiver, mais chance temos desse encontro ocorrer. 

Na hora de combater o King Salmonid, tome cuidado para manter uma certa distância, pois Cohozuna costuma sacolejar bastante, saltar por diferentes locais e recrutar outras espécies dos 11 chefes das hordas. Durante a batalha, busque causar dano no chefe não só com os armamentos clássicos, mas também com o arremesso de Goldens Eggs, que podem aparecer pelo cenário ao derrotarmos outros inimigos. 



Acontece que o uso desse elemento dourado causa um dano mais significativo do que nossas armas, por isso, é interessante atacar o King Salmonid com eles. Consequentemente, também é uma boa ideia derrotar os outros chefões que surgem no estágio, justamente para que mais Golden Eggs possam aparecer. Com essas dicas, você terá mais chances de sucesso e poderá adquirir novos itens cosméticos com as recompensas do Mr. Grizz.

É chegada a hora de derrotar os Salmonids

Em Splatoon 3, o Salmon Run Next Wave nos trouxe, além de novos inimigos, armamentos, estágios e situações, novas oportunidades de diversão através de um dos melhores modos de jogatina da série. Portanto, depois de ler essas dicas, corra para as indústrias Grizzcos, pois o ursão da série está precisando de nossa ajuda para exterminar os malignos Salmonids.

Revisão: Cristiane Amarante

Jornalista, colaborador no Nintendo Blast e doutorando em Comunicação Social.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google