Another Code: Recollection, coletânea com Trace Memory e sua sequência, será lançado no Switch em 2024

Jogo de aventura será lançado em 19 de janeiro de 2024.

A Nintendo anunciou o lançamento de Another Code: Recollection durante o Direct de 14 de setembro. Trata-se de uma coletânea que inclui Another Code (DS), jogo também conhecido como Trace Memory na América do Norte, e sua sequência de Wii, Another Code: R – A Journey into Lost Memories, lançada apenas no Japão e na Europa. O pacote chega ao Switch mundialmente em 19 de janeiro de 2024.

Another Code: Recollection terá legendas em inglês, espanhol, italiano, francês, alemão, coreano, chinês (simplificado e tradicional) e japonês. O jogo já está em pré-venda na eShop brasileira por R$ 299,00 e é descrito da seguinte forma:

Descubra seu caminho para a verdade em duas aventuras de mistério totalmente aprimoradas com Another Code: Recollection

Viaje para a remota Blood Edward Island como Ashley, uma jovem de 13 anos que está em busca de seu pai em Another Code: Two Memories. Ashley recebe uma carta de seu pai, que ela acreditava estar morto, desencadeando uma cadeia de mistérios e visões do passado. Investigue os arredores e locais enquanto resolve quebra-cabeças para revelar a verdade nesta versão atualizada do jogo Trace Memory original para o console Nintendo DS.

Experimente a história completa de Ashley, incluindo os eventos da sequência do primeiro jogo Another Code: R – Journey into Lost Memories. Anteriormente inédito na América do Norte, este segundo capítulo completa a intrigante história de Ashley enquanto ela viaja para o lago Juliet dois anos após os eventos do primeiro jogo para descobrir um segredo revelador sobre sua mãe.

Esta coleção inclui versões totalmente aprimoradas de ambos os jogos originais, com visuais reformulados, ambientes totalmente exploráveis, novas dublagens, quebra-cabeças, música e muito mais. Sistemas opcionais de dicas e navegação foram adicionados para ajudar os jogadores novatos em jogos de aventura.


é formado em Comunicação Social pela UFMG e costumava trabalhar numa equipe de desenvolvimento de jogos. Obcecado por jogos japoneses, é raro que ele não tenha em mãos um videogame portátil, sua principal paixão desde a infância.


Disqus
Facebook
Google