Dementium: The Ward será lançado para Nintendo Switch em outubro

Jogo de terror foi lançado originalmente em 2007 para Nintendo DS.

Arte de Dementium: The Ward

A desenvolvedora Atooi revelou, nesta quinta-feira (28), que o jogo de terror Dementium: The Ward ganhará uma versão para o Nintendo Switch. O relançamento está marcado para o dia 12 de outubro.


O game foi disponibilizado originalmente para Nintendo DS em 2007 e ganhou uma versão remasterizada para Nintendo 3DS oito anos depois, em 2015. Nele, jogadores controlam William Redmoor, um homem sem memórias que deve fugir de um hospital infestado de monstros.

O título ganhou notoriedade no portátil de duas telas devido aos seus gráficos e sua perspectiva de horror em primeira pessoa. Confira a descrição:
O shooter em primeira pessoa de terror retrô atmosférico retorna. Tenha medo.

A premiada experiência de terror de sobrevivência retorna dos mortos. Construído do zero para Nintendo Switch, Dementium: The Ward combina uma jogabilidade suave de tiro em primeira pessoa com uma história demente de mistério e terror.

Você acorda em um hospital abandonado sem nada. Sem memória. Sem pistas. Não há saída. O que diabos está acontecendo?

Você entra na escuridão. Você não está sozinho. Criaturas estranhas vagam pelos corredores.

Quebra-cabeças malucos levam você por um labirinto distorcido de portas trancadas. Você encontra uma lanterna, armas, pílulas e munições - tudo convenientemente colocado ao longo do seu caminho.

Quem está orquestrando esse pesadelo? Você descobrirá a verdade? Você vai escapar? Você sobreviverá?

Baseado na remasterização de 3DS, essa edição terá aspectos retrô, mas incluirá recursos modernos, como reformulação na interface de usuário, resolução 16:9 e taxa de 60 quadros por segundo.

O título já conta com listagem na Nintendo eShop, custando R$ 98,00.

Fonte: Nintendo Life


Jornalista, analista de mídias, PcD e entusiasta de games desde que jogou Pokémon Azul no Game Boy Color nos anos 90. De lá para cá, tenta aproveitar ao máximo todos os consoles no pouco tempo que a vida adulta permite. Se não está escrevendo para o Blast ou demorando anos para zerar um jogo, está no Twitter (@DanielMorbi) e no Instagram (@danielmorbi_)


Disqus
Facebook
Google