Nova taxa de retenção de funcionários da Nintendo no Japão é de 98.8%

O numéro é bem mais significativo do que a média de outras empresas da nação nipônica.


De acordo com novos dados revelados em uma publicação do Biz Journal, portal japonês focado em empresas e no mundo dos negócios, a Nintendo possui uma taxa de retenção de funcionários quase perfeita, 98.8%.


Disponível em uma tradução recente do podcast Tokyo Game Life, as novas informações sobre o estado atual da cultura corporativa da Nintendo revelam que a empresa não possui nenhum problema na hora de manter a sua equipe de funcionários. Em comparação, a média japonesa da taxa de retenção é de apenas 70%.

A taxa de retenção de funcionários, também conhecida como Turnover, serve para calcular a rotatividade de uma empresa em um determinado período de tempo. Ela é uma métrica geralmente obtida divindo o número atual de colaboradores pelo quantidade de funcionários do início do período, multiplicado por 100. 

A publicação coloca a força da marca em si, a pequena quantidade de novas contratações e um bom programa de previdência social para os funcionários como razões para a taxa especificamente alta da Nintendo. Outra tradução da GoNintendo ainda cita como ponto positivo a posição da Nintendo sobre diversidade e relacionamentos do mesmo sexo, e que a cada 100 funcionários contratados, apenas um decide sair da empresa. 


Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google