Dicas e Truques

Fate/Samurai Remnant (Switch): Guia para conseguir dinheiro mais facilmente

O recurso é de suma importância para fortalecer Iori, e seus aliados e a solução para obter mais dinheiro é vender esculturas em madeira.


Como todo bom RPG que se preze, Fate/Samurai Remnant requer que o jogador dedique parte de seu tempo à revitalização da Oficina (Workshop), a fim de obter diversos benefícios úteis para a aventura que se passa no Japão feudal. No entanto, além dos itens adquiridos ao derrotar monstros e aqueles encontrados nas cidades, é necessário desembolsar uma quantia generosa de dinheiro para obter essas melhorias.


Andar com uns trocados no bolso também é de suma importância para manter Iori com um estoque razoável de itens restaurativos, como os bolinhos de arroz (rice balls) comprados nos quiosques espalhados por Edo, e que podem fazer diferença durante uma batalha difícil. Embora existam comissões, Digressions (missões paralelas) e pequenas tarefas nas cidades, que nos recompensam com um pouco de dinheiro e alguns itens, essas tarefas acabam se pautando mais no grinding e na exploração das cidades, algo que pode não agradar a todos os jogadores. 

Mas nada tema, jovem ronin: preparamos um pequeno guia para conseguir dinheiro mais facilmente. Vamos lá?

O Chefe da Babilônia em madeira, tão majestoso quanto um rei

A partir de dado momento no capítulo 2, Iori ganha a habilidade de esculpir estatuetas de deuses relacionados às posturas do Niten Ichiryu que o protagonista domina. A princípio, essa atividade só pode ser feita com madeira de tília (linden) e serve para desbloquear habilidades específicas em cada skill tree de Iori, bem como conferir ao rapaz e Saber um pouco de experiência com base na qualidade da figura esculpida — esta varia de acordo com a destreza do jogador em apertar os botões certos dentro de um tempo limitado.

Porém, dedicar-se à atividade com frequência desbloqueia uma Digression de Boss, o dono da recém-inaugurada loja de têxteis Babyloni-ya. Ao completar essa história paralela, Iori poderá começar a vender as esculturas produzidas para o excêntrico personagem, rendendo uns trocados extras: uma estatueta bem-feita rende aproximadamente 2.500 moedas.

A Digression também adiciona mais uma estatueta ao catálogo de Iori: o próprio Boss. No entanto, o dono da Babyloni-ya não quer o mínimo: sua escultura tem que ser feita em madeira de pinho (pine), a mais nobre de todas.


Acontece que o material só fica disponível a partir do capítulo 3 da aventura, não é barato e só pode ser obtido em quantidade limitada — por capítulo, vale ressaltar — na própria loja de Boss. Cada peça de madeira de pinho custa 2.500 moedas, totalizando 12.500 se o jogador comprar as cinco unidades; com sorte, quem preferir sair explorando os locais de Edo pode achar pinho perdido nas cidades.

Por mais que a ideia possa parecer coisa de maluco, as estatuetas de Boss rendem uma boa graninha: quando esculpidas com perfeição, o comerciante estrangeiro paga 10.000 moedas pelo artesanato. Isso significa que, levando em consideração apenas as peças de pinho compradas na Babyloni-ya, Iori consegue 50.000 pelas cinco estatuetas, gerando um lucro de 37.500 moedas por capítulo.

No entanto, tenha em mente que as outras peças esculpidas por Iori também podem ser vendidas na Babyloni-ya, mesmo as que não saírem dentro do esperado. E como madeira de tília é bem mais fácil de encontrar que a de pinho… Já entendeu a matemática, né?

Dicas para encher (ainda mais) o bolso

Antes de fazer as vezes de “vendedor de arte na praia”, é interessante notar que a própria oficina na residência de Iori possui melhorias que reduzem o preço de compra de produtos nas lojas e quiosques em Edo, bem como outras que aumentam o valor dos itens vendidos. Essas últimas, chamadas de Silver Tongue, são especialmente úteis na hora de aumentar o lucro obtido com as estatuetas.

Por exemplo, Silver Tongue I habilita a venda das Great Hero Statues esculpidas para Boss por incríveis 12.360 moedas, elevando o lucro do jovem ronin para 49.300 por capítulo, já descontando o valor de compra das peças de pinho. É importante ressaltar que Silver Tongue também afeta os demais itens que o protagonista vende para os comerciantes em Edo, então é uma boa ideia priorizá-la no início da campanha, se possível.

A prática leva à perfeição

Agora que você já sabe como conseguir dinheiro mais facilmente em Fate/Samurai Remnant, reúna os materiais necessários, arregace as mangas e pratique a arte de esculpir em madeira. Se você tiver outras dicas que não foram apresentadas em nosso guia, não deixe de compartilhá-las nos comentários!


Revisão: Davi Sousa

Também conhecida como Lilac, é fã de jogos de plataforma no geral, especialmente os da era 16-bits, com gosto adquirido por RPGs e visual novels ao longo dos anos. Fora os games, não dispensa livros e quadrinhos. Prefere ser chamada por Ju e não consegue viver sem música. Sempre de olho nas redes sociais, mas raramente postando nelas. Icon por 0range0ceans
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google