Ubisoft explica porque Rayman Legends não é mais um título exclusivo do Wii U

A história se repete mais uma vez: outro título até então exclusivo para um console da Nintendo é ... (por Alex Sandro de Mattos em 07/02/13, via Nintendo Blast)

Rayman sem braços e a Nintendo sem exclusividade...
A história se repete mais uma vez: outro título até então exclusivo para um console da Nintendo é anunciado para os concorrentes. Foi assim com Resident Evil: Revelations, Castlevania: Lords of Shadow - Mirror of Fate (ambos do 3DS) poderá trilhar por esse caminho e, agora, com Rayman Legends. Em entrevista ao IGN, o diretor do estúdio francês Xavier Poix explicou que essa decisão foi em prol dos fãs, porém, a versão para Wii U continua "exclusiva" pela jogabilidade variada. Confira a seguir a declaração:

"Quando vi todos os comentários, ao anunciarmos que o jogo seria focado no Wii U, todas as pessoas que possuem PlayStation 3 e Xbox 360 ficaram realmente decepcionadas. Então, pensei que faria mais sentido levar o jogo de onde ele era originalmente. Isto é, PlayStation 3 e Xbox 360. Então, decidimos que seria um lançamento multiplataforma simultâneo."
"É um tipo diferente de experiência se você tem um Wii U. Obviamente, haverá cooperação no PS3 e X360, mas no Wii U ainda há essa magia de ter um jogador que pode jogar em uma sistema com uma nova experiência e outro com a jogabilidade habitual. Isto o torna um exclusivo do Wii U, por definição."
"Se eles adoraram a experiência de Origins, Legends está próximo desse mesmo sentimento, mas com um nível de imersão e novas configurações que nunca foram vistas antes. Há outras características que eu não posso revelar agora, mas é realmente um jogo novo. Mesmo em termos de visual, nós construímos um novo motor gráfico em termos de iluminação e elementos 3D, para que você possa ter dragões voando na sua cara e ao fundo. É um tipo único de experiência de plataforma 2D".
"É realmente para os fãs. Em ter um universo muito interessante, uma mistura de loucura e poesia, tudo junto. Estamos muito felizes em trazer isso para muitos, muitos fãs do Rayman e quanto mais puder, melhor."
Precisamos ser realistas: um título ser exclusivo de determinado console, sendo de propriedade de uma third-party é, praticamente, impossível, no máximo temporário. Talvez, para os fãs da Nintendo, o que mais impactou em ser até então um jogo exclusivo para o Wii U (alguns donos do console podem se sentir lesados por serem "enganados" dessa "exclusividade") é que, mais uma vez, o título já adiado foi adiado novamente. E está mais do que óbvio que, além dos fãs, trata-se de uma questão lógica e financeira: manter Rayman Legends exclusivo para Wii U enquanto o console não atinge as expectativas de vendas da própria Nintendo, com pouco mais de três milhões de unidades vendidas, e ignorar uma base de dezenas de milhões de PlayStation 3 e Xbox 360 seria absurdo.

Ao menos os donos de Wii U terão uma experiência única com Legends. O jeito é aguardar até setembro e não se surpreender com novas "exclusividades não tão exclusivas assim".
Alex Sandro de Mattos é formado em Gestão de TI. Entre se aventurar por Hyrule e se perder em Silent Hill, gosta de publicar fatos interessantes e bobagens no Nintendo Blast. Pode ser encontrado jogando games 2D e também no Facebook.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais