Fire Emblem Fates (3DS): permanece dúvida sobre quantidade de versões

Nota de imprensa cita duas versões, mas site oficial da E3 dá a entender apenas uma.

Um grande ponto de interrogação ficou na cabeça dos jogadores após a revelação do nome oficial e localização de Fire Emblem: Fates (3DS) no Nintendo Digital Event de ontem. Originalmente o jogo foi lançado em duas versões no Japão (com uma terceira para o futuro), Reino da Luz e Reino da Escuridão, uma versão para cada um dos reinos em guerra, Hoshido e Nohr. Durante a conferência, não foi demonstrado nada que sugerisse a existência dessa duas versões, tanto que houve apenas um nome, Fates, no plural, inclusive.


Todavia, a nota de imprensa liberada pela Nintendo na feira diz que o jogo, realmente, sairá em duas versões:
Duas versões do novo lançamento da série possibilitarão ao jogador uma escolha sem precedentes; juntar-se a uma força opositora, ou juntar-se ao outro lado e tentar fazer a mudança ocorrer por dentro. Pela primeira vez na série, os jogadores assumirão o controle do protagonista para comandar um exército, enquanto sofrerá para decidir qual caminho a seguir: ajudar os parentes de sangue ou a família por quem foi criado(a). 
A nota foi reproduzida por importantes portais como Siliconera e Kotaku. No entanto, o site oficial da Nintendo para a E3 possui uma página especial sobre o jogo, e nela há o seguinte texto:
Durante o jogo, o jogador deverá escolher entre Hoshido e Nohr. Cada caminho oferecerá uma experiência de jogo completamente diferente com diferentes personagens para serem recrutados. O caminho de Hoshido será mais tradicional, com você trabalhando junto aos seus aliados para repelir a invasão de Nohr. O caminho de Nohr forcará você a revolucionar um reino desgovernado de dentro dele - este caminho oferecerá um enredo mais complexo e será mais desafiador. 
A nota de imprensa fala em versão (version) e o site da E3 fala em caminho (path), e há informações dispostas para apenas um jogo. A Nintendo ainda não se posicionou oficialmente sobre isso. Vale lembrar que apesar de pensarmos em Pokémon, seriam dois jogos completamente distintos, mais próximos da experiência em Oracle of Ages e Oracle of Seasons (GBC), por exemplo. Particularmente, acredito que está dando a entender que no ocidente será apenas uma versão, mas é inconclusivo ainda. E vocês, o que estão achando?

Fonte: Nintendo
Lucas Palma Mistrello é historiador, mestre pela Universidade Federal de São Paulo. Redator nos Blasts desde 2012, começou com os games com o Atari 2600 e é eclético em gênero e temas: vai de COD e Medal of Honor a Pokémon e Zelda com a mesma vontade. Sempre está de olho nos comentários das postagens.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais