Jogamos

Análise: Pokémon Platinum (DS)

em 18/05/2009

Muita gente sempre disse que a febre Pokémon uma hora ou outra acabaria. Os monstrinhos eram tratados como uma moda passageira e sem muito f... (por Gustavo Assumpção em 18/05/2009, via Nintendo Blast)

pokemon-platinum-v2Muita gente sempre disse que a febre Pokémon uma hora ou outra acabaria. Os monstrinhos eram tratados como uma moda passageira e sem muito futuro. Mas eis que mais de uma década se passou e eles continuam ditando a indústria. O mais recente game da série, Pokémon Platinum, é líder de vendas nos Estados Unidos depois de ser o segundo game mais vendido do ano passado no Japão.

O que é bom

O lançamento de Pearl & Diamond foi um momento  importante para o sucesso do DS. Desde a metade de 2006, o portátil nunca mais perdeu a liderança nos mercados americano e europeu. P&D podem ser considerados os games mais completos da franquia: a quantidade de monstros é gigantesca, há muita coisa para se fazer e o treinamento parece menos forçado do que em outras oportunidades.

Tecnicamente, as críticas com relação a escolha de um visual mais simples foram bastante grandes. Os gráficos não eram ruins, mas também estavam abaixo do que outros games do portátil estavam conseguindo.

Ficou ainda melhor

Em Platinum, a Nintendo fez algumas pequenas alterações no sistema de jogo. Como é comum, alguns Pokémogiratina-originns tiveram alterados o nível em que aprende determinado golpe ou até mesmo as animações desse golpe. Também foram balanceados alguns esquemas, como o uso do surf fora das batalhas que agora é consideravelmente mais rápido.

Essas pequenas mudanças são ampliadas pela recriação visual de algumas localidades. Você vai se surpreender ao passar por ginásios diferentes, cidades mais bonitas e com mais movimentos e outros locais que não existiam em P&D.

O mais importante deles é o lar do protagonista do game – Giratina. O Distortion World é grande, muito bem feito e vai te deixar perdido. Outra adição interessante é a possibilidade de se gravar as batalhas, adicionando um elemento bastante interessante para os treinadores que gostam de avaliar seu desempenho.

É claro que as adições não são lá uma grande coisa. Mas pra quem não jogou D&P, Platinum é imperdível. Se você jogou as versões anteriores ele só será realmente necessário se você for muito fã da série.

Seguindo a mesma fórmula, evoluindo pequenos conceitos e continuando gigantesco e cheio de coisas pra se fazer, Platinum é um game  muito bem acabado. Mais uma vez Pokémon mostra que é forte até mesmo quando não é um game tão imperdível assim.

167317 169369 169370 169372 169373 169379167311 167312

Pokémon Platinum – Nintendo DS – Nota Final: 8.0

Gráficos: 7.0 Som: 7.0 Jogabilidade: 8.5 Diversão: 9.0


Estudante de Jornalismo, apreciador de rock britânico, pouco cuidadoso com as palavras, rico de espírito, triste com as relações nesse mundo e esperançoso com o futuro.