Deputados aprovam projeto que reduzirá impostos de games no Brasil

É possível que algo que os jogadores brasileiros sempre esperaram aconteça em breve. Nesta quarta-feira (30), a Comissão de Ciência e Tecn... (por Unknown em 01/12/2011, via Nintendo Blast)

É possível que algo que os jogadores brasileiros sempre esperaram aconteça em breve. Nesta quarta-feira (30), a Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados aprovou uma proposta que fará com que os benefícios fiscais dos produtos de informática sejam englobados no setor de jogos eletrônicos, o que possivelmente reduzirá os tributos de jogos no Brasil.

Essa proposta fará com que os jogos de computador e de consoles em geral tenham o IPI reduzido, equiparado a outros produtos de informática, fora que os games importados terão alíquota zero de PIS e Cofins, o que ajudará ainda mais a diminuir os preços finais dos produtos fabricados fora do país.

Por enquanto, a medida que diminui a carga tributária ainda está em caráter conclusivo, então o procedimento para que ela entre em vigor será mais simples que o comum, precisando passar apenas por algumas comissões de deputados para ser definitivamente colocada em prática.


Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook


  1. De olho nos bilhões gerados pelo mercado de games, finalmente sairemos ganhando de fato!

    Ótima notícia.

    ResponderExcluir
  2. Aleluia!!!!Aprovem rapido isso pra eu não ser obrigado a destravar meu Wii...

    ResponderExcluir
  3. O site bugou?o Gustavo tinha postado o mesmo depois de ti @Flavio depois disso tanto eu teu post quanto o dele não tavam entrando só agora eu consegui entrar,pq isso?

    ResponderExcluir
  4. O que encarece os jogos NÃO é o imposto. SE o preço abaixar 30 reais, vou achar muito.

    ResponderExcluir
  5. De acordo com o Twitter do Jogo Justo só entra em vigor ano que vem (http://migre.me/6hPAi), mesmo assim é um excelente presente de fim de ano para todos os gamers do Brasil.

    Só temos que parabenizar e agradecer aos idealizadores do Jogo Justo, à AciGames, e a todos os que apóiam a iniciativa, pois, se não fosse por eles nada disso teria acontecido.

    ResponderExcluir
  6. Essa medida é a mesma que fez os PC baixarem de 2500 pra 900 reais.

    ResponderExcluir
  7. @Leandro Fernandes: é claro, afinal SÓ 70/75% do valor final é de imposto não encarece em absolutamente nada os games...

    ResponderExcluir
  8. Tudo o que eu desejo agora é que o povo que falou que o Brasil é uma merda, se engasgue com a saliva enquanto dorme. O Brasil é Phoda. E fico ainda melhor com jogos mais baratos.

    ResponderExcluir
  9. Acho muito caro pagar 149,00 num jogo de portatil e 199,00 num jogo para console de mesa.. espero preços justos de verdade... veremos ....

    ResponderExcluir
  10. Pra quem não sabe, os impostos hoje aplicados aos games os encarecem em quase 300% do que eles realmente valem.

    ResponderExcluir
  11. @Ivan Aires

    Até o momento as fontes oficiais sequer citaram o Jogo Justo no meio dessa história toda. É preciso cautela, existe a possibilidade de que eles só estão "pegando carona" para se auto promover.

    ResponderExcluir
  12. Putzz até gritei quando vi o título da notícia auhauha!
    Ja estava passando dahora disto acontecer XD

    ResponderExcluir
  13. finalmente!!!!!!!!! meus bolsos agradecem!

    ResponderExcluir
  14. espero que seja antes do lançamento do Resident Evil Revelations!!!!

    ResponderExcluir
  15. @Ivan Ares
    Aposto que as lojas sabem dar um jeitinho pra driblar isso. O problema é que a maioria delas quer uma taxa de lucro de quase 100%.

    ResponderExcluir
  16. Espero que essa medida seja aprovada, e que haja uma redução significativa nos preços dos games. É um absuro o gamer brasileiro ter que ser rico ou ter que usar descaminho e pirataria pra comprar video-games.

    ResponderExcluir
  17. Antes de tudo, parabenizar a galera do Jogo Justo pela iniciativa. Sem eles, tenho certeza, não estariamos comemorando essa notícia.

    ResponderExcluir
  18. @Gustavo Assumpção: não creio eles estejam só "pegando carona para se auto promover", ainda mais depois de todo o trabalho que eles têm tido com o projeto, isso sem contar que até aonde eu sei eles foram os únicos a apresentar esse tipo de projeto recentemente, e de qualquer forma as fontes oficiais provavelmente só divulgaram/divulgarão os nomes dos deputados envolvidos.

    @Morello: provavelmente tentarão driblar, mas temos que torcer pelo melhor.

    ResponderExcluir
  19. sera que vai dar pra gente comprar jogos do nintendo 3ds mais baratos ¿

    ResponderExcluir
  20. Tipo, eu tenho uns amigos que possuem uma loja de games. Na época que Dante's Inferno era novo, eles conseguiram uma edição especial lá por R$80. Sabe por quando vendiam? R$180.

    A maioria quer cobrar demais mesmo.

    ResponderExcluir
  21. AciGames ? JogoJusto ?

    Quem acredita nisso tem que ser MUITO inocente, o plano do senhor Moacyr era simples, fazer popularidade, usar nossa boa vontade e abrir uma EMPRESA. Ele conseguiu, semanalmente aparece uma GRANDE querendo fazer parceria com A EMPRESA DELE.

    Duvido que tenha sido algum Moacyr da vida que mudou algo.

    ResponderExcluir
  22. Imitei o meme do Freddie Mercury quando vi a noticia!

    ResponderExcluir
  23. AciGames e JogoJusto eu agradeço por, no máximo, difundir uma ideia mentirosa de que os impostos são a maior parte do valor dos jogos. Comparem os preços e vocês vão ver. Por exemplo: dois jogos, um custando 50 dólares e o outro 40, na Amazon. Aqui no Brasil o de 40 custa 190 reais e o de 50, 160. Matemática torta, né? Simplesmente pq o valor dos jogos é algo por ganância das distribuidoras e lojas, e não por causa de imposto.
    Quem acredita nessa história de 300% é muito inocente.

    ResponderExcluir
  24. Ano q vem sem impostos nos jogos e consoles

    ResponderExcluir
  25. @Leandro Fernandes Pelo visto você nunca importou nada, meu caro. Porque qualquer produto industrializado que exceda o valor de USD 50,00 é taxado na alfandega e tem um imposto de 60% em cima do valor real. Como a maioria desses produtos é sim, importada, só 60% do valor vai pro governo. Um varejista vende, sim, para lucrar. Digamos que o lucro bruto tenha uma variação entre 50-70% sobre o valor do produto, logo o governo lucra aproximadamente um terço sobre a venda do produto.

    Vamos agora aplicar a redução desses 1/3 no preço de um jogo. Super Mario 3D Land, que custa em média R$ 149,99, passaria então a custar R$ 99,99, isso só por retirar o II, sem contar as outras centenas de cargas tributárias que esse tipo de produto recebe.

    ResponderExcluir
  26. @Pedro Martins: já importei dois albuns (de música), dois jogos, e pretendo continuar. Nunca fui taxado, e se fosse, não seria um valor exorbitante (cerca de 20 reais). A Receita Federal faz a conferência por amostragem, então a maior parte das importações passa sem taxa. O valor da taxação é de, NO MÁXIMO, 60%.
    Os governos cobrados pelo Brasil são abusivos? Sim. Mas não são eles os responsáveis pelo preço absurdo dos jogos.

    ResponderExcluir
  27. Não entendo as pessoas que comentam nesse blog, a anos lutamos por preços menos abusivos e sim os impostos emcarecem e muito os games, não são apenas as empresas que querem e tem que lucrar afinal isso gera o capitalismo que vivemos mas os impostos são abusivos. E sim uma redução de 30 reais que seja já é um puta progresso nesse pais de corruptos e revoltados leite com pera que só sabem reclamar no twitter e nada fazem

    ResponderExcluir
  28. Muita gente falando besteira, uasuhashu.

    Claro q vai diminuir e claro q é pelo imposto abusivo o alto preço dos games.

    O cara fala que compra isso e aquilo e não paga quase nada, CLARO né bonito? Você não importa centenas de jogos, vc importa apenas um pra vc. ¬¬"

    E o que vai melhorar é que as REVENDEDORAS OFICIAIS vão ter que baixar mesmo. Uma vez q o cliente vai ter conhecimento de tal queda.

    Se os jogos de 3DS caírem de 150 pra 120 já é um grande avanço.
    Veremos,em todo o caso ainda vai demorar bastante.

    A boa notícia é que até lá o Wii U chega e teremos jogos com preços mais acessíveis dele.

    ResponderExcluir
  29. E tipo, já melhorou do que era antes,não sei se por parte de quem, mas tipo, antes eu pagava 200 por um original do Wii, 180 pelos do DS.

    Quando o 3DS chegou e os jogos anunciados a 150 eu me espantei, pq levando em conta o preço dos de DS eu achei q os de 3DS seriam muito mais caros.

    Hoje os jogos de Wii estão 170 em média e os selects a 70.
    Então tem um movimento por parte das próprias empresas de baixar mesmo.

    ResponderExcluir
  30. Então sobre isso ai... ainda é cedo pra dizer oque realmente muda ... quanto vai mudar mais como o camarada Régis disse todo progresso eh bem-vindo, eu sinceramente espero hardware que abaixem ao menos 30% e jogos 50% seria fantastico...Agora eu devo esperar pra comprar meu 3ds????

    ResponderExcluir
  31. Grande notícia! sinceramente eu não acreditava que esse progresso já estava tão a caminho. Ano que vem então vou poder comprar meu Wii U e os jogos dele a um preço mais justo.

    ResponderExcluir
  32. Finalmente tinha uma luz no fim do tunel e a luz eram deputados GAMERS!!!!!

    ResponderExcluir
  33. Morre idiota. Essa merda de país continua na miséria por conta de roubos sem fim. Só o dinheiro desviado ano passado acabaria com a miséria brasileira. E você vem me falar que o Brasil é "phoda". Foda mesmo, que não ensina nem um merda como você a escrever.

    ResponderExcluir
  34. A propósito, o dito acima é para Guuh Winchester .

    ResponderExcluir
  35. até que enfin,vou poder comprar jogos mais baratos ainda ben hein!
    não acham?

    ResponderExcluir
  36. Não vão nem citar o #JOGOJUSTO não? Que coisa feia hem Flavio Ferreira... Que coisa feia... Sei que a fonte não citou, mas dois errados não faz um certo...

    ResponderExcluir
  37. Pros alienados querendo duvidar de que são os impostos que encarecem os games, eu tenho pena de vocês. É óbvio que o imposto não aumenta o preço em 300% e é óbvio que as lojas têm que ganhar algo em cima do produto. Mas não pense que comprar um joguinho e passar pela alfândega é o mesmo que ter uma loja de games e comprar em maior quantidade. Além disso, quando tu (pessoa física) importas um jogo apenas, as taxas cobradas (se cobradas) são IPI e ICMS. Para as lojas ainda tem o PIS, o Cofins e claro, a margem de lucro. Também não vejo porque as lojas iriam querer cobrar absurdos em cima por conta própria. Muita gente deixa de comprar jogos originais porque são caros e 30-40 reais podem fazer MUITA diferença, muitas vezes fazer o consumidor levar até mais jogos. Sobre o apoio do Jogo Justo, talvez eles não tenham tido um papel fundamental nessa decisão final, mas com certeza ajudaram a divulgar a ideia de que era necessário um cuidado mais justo na hora de tributar os games.

    ResponderExcluir
  38. Só pra jogar um último balde de água fria, uma lei parecida foi aprovada em 2007 e caiu por água no início desse ano, sem nunca ter sido de fato sancionada. Não fiquem tão esperançosos.

    ResponderExcluir
  39. Markky, para quem acompanhou, o #JogoJusto fez dezenas de visitas a brasília para ajudar a elaborar toda a defesa da propostas, juntou dados essenciais para a indústria nacional, trouxe dados de fora do país, fez a divulgação, reuniu os players do mercado para fazer pressão, retirou todas as dúvidas dos deputados, enfim, fez com que ela fosse uma proposta irrecusável. Sacou, sem eles, nós poderíamos até ter uma lei.... totalmente fora da realidade, como sempre.

    ResponderExcluir
  40. Pega porraaaaaaaa!!! É do BRASIIIIIIIIIIIL!!! HUAHUAHUAHUAHAUAH

    ResponderExcluir
  41. o brasil continua sendo uma bosta, pelo menos esse aspecto vai melhorar, em breve... talvez...

    ResponderExcluir
  42. Não vou ficar tão esperançoso, porque pode ser uma diminuição inútil ou alguma enrolação, mas se isso realmente acontecer... ALELUIA \o/

    Gente, por favor né, os impostos fazem muita diferença nos preços dos jogos. A porcentagem (se é 300%, como o pessoal tá falando) eu não sei, mas que aumenta o preço, isso é óbvio. Também acho que as lojas aumentam o preço, mas só com os impostos menores a coisa já vai ficar bem melhor.

    Torcendo pra que isso realmente aconteça!

    ResponderExcluir
  43. daqui a 10 anos essa lei é aprovada...

    ResponderExcluir
  44. Bom, vamos torcer para que isso se torne realidade, já seria um grande passo.

    ResponderExcluir
  45. Deixem de se iludir - o tal do Jogo Justo NÃO TEM NADA A VER COM ISSO. A medida tem a ver com o projeto de três DEPUTADOS e nada do Jogo Justo. Os caras estão pegando carona no negócio todo.

    Charlatanismos à parte, a notícia é animadora e é um grande passo rumo a um mercado mais interessante para nós.

    ResponderExcluir
  46. Já está na hora de termos preços justos para jogos aqui no Brasil pois o mercado é grande e cresce a cada dia. Sem falar que ajudaria na diminuição da pirataria. Se reduzisse, digamos, pela metade e, Mario kart que hoje custa 150 fosse vendido por 75 reais, seria muito justo pois é praticamente o preço de lançamento nos E.U.A.

    ResponderExcluir
  47. Aderbal, se não está feliz com o Brasil, sinta-se a vontade para se mudar. Nosso país não precisa de pessoas como você. Obrigado!

    ResponderExcluir
  48. Ah é, esqueci de comentar outra coisa: você estão contando esses valores de "impostos" (que com certeza não batem 300% lol) em cima do preço de loja dos EUA. Com certeza eles pegam mais barato.

    ResponderExcluir
  49. Mas quanto tempo sera que teremos que esperar para isso acontecer ?

    ResponderExcluir
  50. Se a Nintendo, Microsoft e Sony adotassem o Steam ou algo igualmente espetacular, aí sim teríamos preços justos sem preocupações com "canetadas marotas" revogando leis benéficas para com os combalidos bolsos tupiniquins.

    ResponderExcluir
  51. Aff. Chega uma notícia maravilhosa como essa que todos esperavam, e tem gente brigando, fazendo guerrinha. Cresçam por favor.
    Vem outros e ficam xingando o país como se isso fosse resolver alguma coisa, contribuam e não fiquem de mimimi.
    No mais que notícia orgásmica... Espero que mude tmn a forma como o produto é taxado. E que agora a Big N veja mais motivos pra fabricar aqui e baratear ainda mais os preços.

    ResponderExcluir
  52. Só para constar para aqueles que ainda acham que são os varejistas que encarecem games e afins. Sou vendedor da Ricardo Eletro e ontem vendi um Xbox e o game RockSmith, a margem de lucro desses produtos é de 1,68%. Acham que é muito?

    ResponderExcluir