Hands-on

Testamos toda a beleza e a brutalidade de Monster Hunter 4 Ultimate (3DS)

Fomos ao estande da Capcom na E3 2014 e conferimos o mais novo game de caçar monstros para o Nintendo 3DS, que promete agradar aos fãs da franquia.

Embora não tenhamos recebido Monster Hunter 4 (3DS) no Ocidente, a Capcom trouxe nessa E3 a demonstração de Monster Hunter 4 Ultimate para 3DS, versão ocidental de Monster Hunter 4G, anunciado inicialmente para o Japão. O estande da Capcom tinha um destaque muito grande para a nova versão do jogo de caça, e nós não pudemos deixar de nos unir aos demais jogadores para embarcar nessa aventura. Confira a nossa primeira impressão de Monster Hunter 4 Ultimate (3DS).

Um ambiente para a caça

Para embelezar o ambiente e fazer os jogadores entrarem no clima da caça, a Capcom fez uma grande decoração do seu estande. Havia uma réplica de uma das áreas do novo Monster Hunter com uma reprodução de uma das armas do jogo e de um dos monstros. Bastava apenas esperar alguns minutos na fila para empunhar a arma e tirar uma foto no ambiente do game. E tudo isso para nos deixar no clima da franquia de caça da Capcom, que estava jogável no estande da Nintendo.

Quero ver essa coragem toda quando estiver jogando de verdade.

Quatro guerreiros e um monstro

A demonstração disponibilizada pela Capcom funcionava em modo multiplayer. Quatro 3DS XL estavam disponíveis ao redor de uma mesinha quadrada. Sentados em cada lado da mesa, os jogadores embarcavam juntos numa partida do game. E a escolha foi muito positiva, pois a jogatina em grupo é o grande foco da franquia. É claro que uma partida pra valer não é o mais interessante para jornalistas que nunca tiveram um contato com a série, mas, no meu caso, foi tão familiar quanto Monster Hunter 3 Ultimate (3DS). O objetivo, na minha partida, era degolar um Gore Magala, um dos monstros que estreou na primeira versão de Monster Hunter 4. 

Antes da partida, podíamos escolher uma arma para jogar, e havia muitas opções. Como as armas são praticamente as classes de Monster Hunter, é preciso escolher com cuidado. Para não marcar bobeira e prejudicar a missão junto a meus três companheiros de caça, optei pela lança e seu grande escudo — arma que normalmente uso na série. 

Não só a arma me foi familiar, mas também todo o aspecto do game. Inicie a missão, pegue suprimentos, procure pelo monstro no mapa dividido em áreas... tudo como sempre fizemos, inclusive reciclando toda a arte dos menus e ícones. Ainda não deu para testar as novas mecânicas da geração 4 de Monster Hunter, mas, a priori, quem vem acompanhando a franquia não encontrará novidades grandiosas.

Vamos à caça!

Mesmo sem a inovação que os trailers de Monster Hunter 4 e 4G esbanjavam e esbanjam, Monster Hunter 4 Ultimate tem uma incrível mecânica de exploração, caça e combate que funciona muito bem no 3DS. Os muito bem-vindos atalhos e facilidades da touchscreen que Monster Hunter 3 Ultimate trouxe estão de volta, diga-se de passagem. Infelizmente, a ausência de um segundo analógico nativo ainda atrapalha, e os 3DS disponibilizados pela Capcom não traziam o Circle Pad Pro.


A beleza dos gráficos de Monster Hunter 3 Ultimate está de volta nesse novo jogo. Na verdade, Monster Hunter 4 está ainda mais belo, com animações melhor polidas, texturas mais bonitas e um efeito 3D ainda mais envolvente. E é preciso lembrar o quão rápido os loadings estão: nada daquela lentidão do 3DS e PSP. Embora a mecânica não mude, os visuais bem produzidos dão luz a ambientes novos e criaturas inéditas. A área em que pudemos jogar foi a Ancestral Steppe, que já se diferencia da básica área inicial campestre.


Obviamente, a partida que experimentamos foi bem divertida. Mesmo sem conhecer direito meus companheiros de caça, trabalhamos juntos para derrotar o Gore Magala. Tá bom que não conseguimos liquidar a criatura, mas deu para experimentar um pouco do clima do jogo. E preciso dizer que está incrível. Caçar monstros gigantes com a sólida jogabilidade da franquia está mais interessante e fluido do que nunca. Quem ficou com um pé atrás com Monster Hunter Ultimate 3 e preferiu não comprar deve ficar atento a Monster Hunter 4 Ultimate, porque o que pudemos jogar impressionou — e a versão final terá o aguardado multiplayer online.

Mesmo tendo ficado de fora dos anúncios da própria Nintendo, a Capcom levou merecidamente Monster Hunter 4 Ultimate à E3 2014.
Não deixe de conferir também nosso gameplay em vídeo:


Revisão: Alberto Canen
Capa: Douglas Fernandes

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google