Top 10

Dez mitos falsos que assombraram jogos lançados para consoles da Nintendo

Confira 10 mentiras cruéis que assombraram o tempo dos jogadores



Vários jogadores costumam absorver ao máximo a experiência com seu game favorito. Em épocas que a internet ainda engatinhava e sistemas de conquistas não davam spoilers do que era necessário fazer para aproveitar o jogo como o desenvolvedor queria, notícias falsas contando como desbloquear um personagem ou assistir a um final diferente estavam em todo o lugar, inclusive nas revistas especializadas em jogos digitais - de maneira proposital (1º de abril) ou por ingenuidade mesmo.

Para a mentira não ter perna curta, vários desses segredos eram quase impossíveis de se encontrar, além de possuírem imagens e até vídeos modificados por programas de edição ou mods. Abaixo, você verá uma lista com os mitos mais difíceis de tentar realizar em games que já apareceram em um console da Nintendo.


10.Pokémon Red & Blue (GB): Mew embaixo do caminhão



Mew não deveria estar em Pokémon Red & Blue, mas como tinha sobrado espaço no cartucho, alguns desenvolvedores colocaram o monstrinho lá, só para deixá-lo escondido mesmo. Isso foi feito sem avisar o chefe da equipe. Então, após um bug mostrar Mew para alguns jogadores, começaram as especulações sobre como capturá-lo. Achar o ser mítico debaixo de um caminhão está em décimo lugar porque, de fato, dá para conseguir liberar a criaturinha lendária através de glitch ou Gameshark.

Posteriormente, após o rumor ganhar fama, começou a circular a história de como capturá-lo, método que não chegava a ser tão cruel. O jogador deveria chegar em um caminhão perto do navio S.S. Anne e usar algum Pokémon com a técnica Strength e pronto, o Mew estaria debaixo do veículo e pronto para uma batalha.

Infelizmente, não existe nenhum Pokémon debaixo do caminhão. A crueldade aqui é você não conseguir empurrar o veículo enquanto alguns amiguinhos mais danadinhos estão com o Pokémon lendário em sua equipe, conquista realizada de maneira não convencional.

9. The Legend of Zelda: Ocarina of Time (N64/3DS): derrotar o corredor




Em Ocarina of Time, quando adulto, você pode apostar corrida com um rapaz conhecido apenas como Running Man. A disputa começa em Gerudo Valley e vai até Lost Woods. Porém, a derrota do herói para esse velocista está programada no jogo e é impossível vencer a prova. Querendo fugir da fama de Barrichello, jogadores foram em fóruns descobrir se há uma forma de sair vitorioso dessa disputa.

Não demorou muito para aparecer um "vencedor" com uma forma milagrosa. Para levar a medalha de ouro, os jogadores precisam: aceitar a corrida, ir até o Templo do Tempo, voltar a ser criança, ir para Lost Woods, caminhar até a linha de chegada e esperar 17 anos passar no jogo, o equivalente a uma semana na vida real. Após o tempo de espera, o jovem Link se transforma em adulto e o corredor aparece, finalmente derrotado.

O feito foi gravado e postado no YouTube. No entanto, Shigeru Miyamoto já confirmou que não como vencer o corredor. A crueldade aqui é você esperar sete dias como Nintendo 64 ligado só para ganhar aquele castigo quando chegar a conta de luz.



8. 007 Golden Eye (N64): jogar com todos os Bonds



Lançado para o Nintendo 64, 007: Golden Eye é um ótimo jogo. Então, nada melhor do que uma revista no mês de abril inventar mais motivos para o fã revisitar o game. Jogar com todos os atores que interpretaram o agente secreto nos cinemas seria bem legal, pena não ser possível. Segundo o mito para conseguir a façanha, era necessário desativar todos os cheats, ir para a fase Aztec e nas opções de inimigo ativar o seguinte:

-Saúde do inimigo -200%
-Dano do inimigo -100%
-Precisão do inimigo -100%

Após essas modificações, aí sim você poderia jogar a fase, mas teria que terminá-la em menos de nove minutos. Após completar isso tudo, o modo "All Bonds" poderia ser ativado na tela de cheats. Imagina o rapazinho chamando os amigos e todo o grupo brigando para decidir quem vai ser o Sean Connery, até que descobre que tudo é mentira.

7. Donkey Kong Country (SNES): o desafio de Cranky Kong



Após terminar Donkey Kong Country para Super Nintendo, depois dos créditos, Cranky Kong tentar dar uma de "gamer raiz" e diz que finalizou o jogo com apenas uma vida e em menos de uma hora. É lógico que muitos imaginaram que ganhariam uma estrelinha na tela de load se conseguissem cumprir o desafio. Claro, que não tinha nada para se ganhar, apenas muita raiva das fases da água e dos trilhos de trem.

6. Super Mario 64 (N64): jogue com Luigi



Em Super Mario 64, para o Nintendo 64, uma das ausências mais sentidas foi de um dos melhores personagens da franquia. Luigi. Assim, a saudade fizeram os jogadores verem o irmão do bigodudo em vários lugares, inclusive seu nome em uma textura aleatória, esticada e borrada. Achando que na placa estava escrito "L is real 2401", pessoas espalharam o boato e foram caçar todas as moedas do jogo. Não seria tão cruel, se não fosse uma moeda colocada em um local inalcançável. Para diminuir um pouco a tristeza dos fãs, Luigi se tornou jogável no remake do jogo, lançado para o Nintendo DS, em que Wario e Yoshi também são jogáveis.

5. Assoprar o cartucho



Isso nem libera um segredo incrível de jogo nenhum. Mas é muito cruel, pois estraga a fita. Quem inventou isso? O simples ato de retirar e colocar o cartucho, é o que ajuda a fazer o jogo funcionar.

4. Street Fighter II (SNES): Enfrente Sheng Long


Lançado com dezenas de versões para o Super Nintendo, Street Fighter II é um dos jogos que mostram o problema de tradução da Capcom com a frase que Ryu diz quando ganha uma luta: "Você deve derrotar Sheng Long para ter uma chance." Confundir um soco do dragão por alguém chamado Sheng Long deixaram os fãs confusos com quem poderia ser esse rapaz que serve de escada para derrotar o lutador japonês.

Então que surge a EGM e, no mês abril, publica a possibilidade de enfrentar Sheng Long, mestre de Ryu e Ken. Para conseguir tal feito, o jogador precisaria derrotar todos os oponentes sem levar nenhum dano até o chefe final, quando você tem que esperar o tempo acabar sem, novamente, levar nenhum dano. Então, Sheng Long aparece para a batalha. Imagine você tentando enfrentar Sheng Long e com sucesso e sofrimento chegar até o Sagat só para levar um Tiger Robocop na cara. Continue?

3. Yoshi Story (N64): salvar Yoshi roxo e dourado




Em todos os jogos que Yoshi estve presente, sem exceção, o de cor roxa era garantido, menos em Yoshi Story para Nintendo 64. Como era possível salvar Yoshi preto e também o branco para serem selecionados, as especulações começaram e um rumor de como liberar a criaturinha ficou famoso e se encontra em vários sites especializados em códigos e segredos para jogos, junto com uma forma de liberar um Yoshi dourado.

Para salvar o Yoshi roxo, seria necessário pegar todas as moedas de todas as fases. Já para o dinossauro dourado, a missão era liberar todas as fases no Trial Mode e conseguir a maior pontuação nesses estágios. Depois disso, finalizar o modo história salvando o Yoshis preto e branco. Apesar de Yoshi Story ser um dos jogos mais fáceis e mais curtos no Nintendo 64, para liberar todas as fases no Trial Mode seria necessário terminar o jogo pelo menos quatro vezes, além de existirem moedas impossíveis de serem coletadas. Tá certo que dá pra fazer isso em dois ou três dias, mesmo assim, era melhor ter alugado Killer Instinct para o final de semana.


 2. Smash Bros. Melee (GC): jogar com Sonic e Tails



Parece que essas brincadeiras de primeiro de abril marcam o inicio das lamentáveis "fake news". Todo grande lançamento revistas de jogos inventava uma brincadeira leve. Para liberar Soni e Tails no  Smash Bros. do Game Cube era necessário conseguir pontuação máxima de 20 Ko's no modo Cruel Melee - o próprio nome já diz que não é nada simples. Após os 20 nocautes com qualquer personagem, a dupla Sonic e Tails desafia o jogador, e ao serem derrotados, eles estariam no modo de seleção. Claro que o modo cruel de um jogo estaria nesta lista, ainda mais com um mito no meio.

1. The Legend of Zelda: Ocarina of Time (N64/3DS): pegue a Triforce



Sim, de novo o jogo aparece na lista. Não bastam os segredos verdadeiros que o game tem, o que não falta são desiluções. Em vídeos promocionais, a Triforce aparece saindo de um baú e Link a coletando. Como nos jogos anteriores, acreditava-se que o objeto de desejo poderia aparecer no inventário do Herói do Tempo. Várias formas de conseguir apareceram na internet. Então, uma sapeca, postou em fóruns que conseguiu e disse como adquirir o artefato.

Primeiro era preciso terminar o jogo, conseguir as 100 skulltulas douradas e então explodir todas as Sheikah Stones, com exceção das quatro que estão fora do Templo do Tempo. Então, vá para a casa do Link, toque a Song of Time. Como criança, vá para o Rancho Lon Lon e toque a Song of Time novamente ne frente de Malon. em seguida, vá para a vila Kakariko e toque a Song of time dentro do moinho de vento. Depois, volte para casa de Link para encontrar Dark Link sentado na mesa.

Sem opção de diálogo, toque a Saria's song para que a versão maligna do herói ensine a música Overture of Sages. Então toque-a no altar do tempo para ser levado para um local sagrado, que possui uma ponte que te leva para uma sala vazia com um baú. Ao se aproximar, Ganon aparece para uma batalha e após derrotar o vilão, Link pode pegar a Triforce do baú. Dá-lhe crueldade nesse mito. já foi bastante cansativo digitar esse método resumido, imagine fazer e não ganhar nada. pelo menos o jogador pode parar de tentar quando chegar na casa do Link e não achar nada. Aliás, aqui no Nintendo Blast contamos a história completa desse mito.

Bem, o que achou dessa lista? Conehce algum outro jogo com mitos legais que sejam dificeis ou chatos? Lembre-se de não tentar fazer em casa nenhum desses procedimentos presentes na lista. Você só terá decepção.

Revisão: Vinícius Veloso

João Victor escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook