Animal Crossing (GC) é capaz de emular muito mais títulos de NES do que o imaginado

Após vasculhar pelos códigos do jogo, fã da série descobre uma funcionalidade fantástica não aproveitada plenamente pela Nintendo.

Nesta semana, um curioso recurso não aproveitado para o Animal Crossing de GameCube foi descoberto por um fã. O recurso em questão proporcionava ao jogador a possibilidade de emular diversos jogos de NES que estivessem salvos no memory card, e não somente a lista pré-selecionada inclusa na versão final do título.




Para quem nunca pôs as mãos no game, é possível decorar a casa do protagonista com diversos itens, sendo um deles um pequeno NES capaz de emular uma seleção de clássicos do console como Donkey Kong, Ballon Fight, etc. Em uma época onde serviços online como o Virtual Console da Nintendo sequer estavam nos planos da empresa, este recurso foi muito bem visto como uma ótima possibilidade para os jogadores revisitarem títulos clássicos em um console atual.

Porém, 17 anos após o lançamento original de Animal Crossing, um pesquisador de segurança da informação chamado James Chambers, ao pesquisar no código do jogo, descobriu que o emulador presente no título é capaz de emular praticamente qualquer game de NES que você desejar, além daqueles previamente disponíveis originalmente. Isso porque a Nintendo talvez planejasse eventualmente lançar ROMs que usufruíssem desse recurso.

Como a Nintendo nunca se pronunciou sobre o assunto, apenas especula-se como essa funcionalidade seria aproveitada. Atualmente sabe-se que o título é capaz de vasculhar por ROMs compatíveis armazenadas nos memory cards que estivessem plugados ao GameCube. Mas, como a Big N faria para compartilhar novas ROMs com os jogadores continua um grande mistério. Talvez, de maneira semelhante a como o acessório e-Reader para Game Boy Advance era capaz de transferir recursos adicionais para diversos jogos do portátil.

Chambers afirmou que através de pequenas modificações é possível jogar títulos como Mega Man e Battletoads, entre muitos outros da imensa biblioteca do NES, através do emulador presente em Animal Crossing.

Em entrevista ao site Kotaku, Chambers também comentou que considera muito interessante como o memory card de GameCube pode ser usado para modificar o jogo e adicionar novos conteúdos criados por entusiastas da série.
"Meu objetivo pessoal em aproveitar uma descoberta dessas era poder criar modificações para o jogo, como adicionar novas datas comemorativas ou minigames, e poder jogá-los no GameCube", mencionou Chambers em um artigo.
Fonte: Kotaku
Leonardo Castro escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook