Crash Bandicoot e suas aparições na cultura pop

Veja você mesmo algumas homenagens que o marsupial lunático ganhou na cultura pop ao longo dos anos.


Não é de hoje que os jogos marcam presença na cultura popular, tanto em filmes e quadrinhos quanto em descobertas paleontológicas. Em 1996, dois amigos, Andy Gavin e Jason Rubin, dão a luz ao que viria se tornar um dos maiores ícones do mundo dos games, Crash Bandicoot. Daí para frente foi só sucesso, jogos e mais jogos do marsupial laranja foram saindo e, em sua grande maioria, fazendo sucesso por todo o mundo.


Como é de se esperar, todo grande sucesso é mencionado e relembrado em outras mídias, às vezes por trazer um sentimento bom de nostalgia ou simplesmente para chamar a atenção do público — e não foi diferente com Crash. Tendo isto em vista, decidimos fazer um especial mostrando as melhores aparições do nosso marsupial favorito pela cultura popular, desde sua maluca referência em um episódio de Os Simpsons até o uso do nome Crash Bandicoot em uma descoberta paleontológica; então prepare-se para algumas surpresas e vamos lá!

Crash Bandicoot, ou melhor, “Dash Dingo” em Os Simpsons

Os Simpsons é um desenho americano que é famoso por referenciar algumas obras da cultura pop, como Rick and Morty, Sexta-Feira 13 e Super Mario Bros. No episódio “Lard of the Dance”, Lisa fica doente e sua mãe, Marge, orienta a filha a descansar e jogar um dos jogos de seu irmão. Ao ligar o videogame, a menina se depara com o personagem “Dash Dingo”, um animal bípede que usa roupas humanas e vai atrás de tesouros — uma clara referência a Crash.

Veja você mesmo a maluca homenagem:

Nathan Drake já jogou Crash na série Uncharted

Para quem não sabe, Uncharted é uma série de videogames que narra a história de Nathan Drake, um ladrão de tumbas que passa por situações desagradáveis enquanto busca por fortuna e fama. O jogo é exclusivo de PlayStation e é desenvolvido pela Naughty Dog (a mesma empresa que concebeu o marsupial lunático em 1996).

Em Uncharted 4, no começo da história, assistimos uma cena na qual Nathan e sua esposa competem para ver quem é melhor em um certo título de PlayStation 1, Crash Bandicoot. Se não bastasse só a referência, o jogador ainda precisa completar uma das fases do clássico para continuar a história de Drake.

No final de Uncharted, temos a possibilidade de re-jogar a fase de Crash, mas não podemos comentar muito sobre essa parte, se não iríamos dar um baita de um spoiler.

Veja a primeira aparição do marsupial na série do ladrão de tumbas:

Uma nova espécie de marsupiais foi nomeada de Crash Bandicoot

Em 2014, o Doutor Kenny Travouillon, junto de sua equipe de paleontológicos, encontrou um fóssil de um bilby — animal que pertence à família dos marsupiais — com 15 milhões de anos. A descoberta aconteceu na Austrália e serviu para ajudar na teoria da evolução do animal no continente. Depois de estudos em cima do fóssil, foi descoberto que na verdade se tratava de uma nova espécie derivada dos bilby e marsupiais.

Esta nova linhagem levou o nome de Crash Bandicoot, em homenagem ao mascote da Sony — visto que o personagem fictício é um marsupial. Para quem tiver um inglês mais afiado, basta ler este artigo acadêmico relatando a descoberta.

Colisão entre os universos de Skylanders e Crash Bandicoot

Skylanders é uma série de videogames que foi originalmente lançada em 2011 e trouxe a volta do personagem Spyro. O primeiro jogo foi focado no dragão do PlayStation, mas os seguintes tiveram adições de personagens novos e até de alguns famosos da Nintendo, como Mario e Donkey Kong.

A série de jogos tem um diferencial: a possibilidade de se usar bonecos para adicionar personagens virtuais ao jogo — lembrando o uso de amiibo nos consoles da Big N. Em Skylanders: Imaginators, de 2016, houve uma surpresa para os fãs do marsupial lunático; Crash Bandicoot, junto de seu nêmesis: Dr. Neo Cortex, foram adicionados ao jogo com um mapa exclusivo.
Como podem ver, até a trilha sonora da fase – essa que se passa nas Ilhas Wumpas — foi inspirada nos clássicos de Crash. Ah, vale ressaltar que Skylanders também possui uma série animada chamada: Skylanders Academy, em que há uma aparição do marsupial no episódio 11, e para a emoção de todos, ele sabe falar!

Confira o trecho abaixo:

Existe um mangá de Crash Bandicoot

Conhecido como Crash Bandicoot: Dance! De Jump! Na Daibouken!, o título, que é escrito por Kawashima Ari, começou a ser publicado em 1998 e conta com 14 capítulos. Apesar de nunca ter chegado oficialmente no ocidente, existem versões em inglês que foram traduzidas pelos fãs.

O quadrinho japonês retrata a história do segundo jogo da franquia: Crash Bandicoot 2 Cortex Strikes Back e é focado na comédia. Se você possui um inglês razoável ou se tem um dicionário a prontidão, é só entrar no site para ler a obra completa.
Eu adoraria ver Crash no novo Smash Bros. Mas e você, leitor? Onde mais o nosso marsupial favorito poderia dar as caras? Diga para nós nos comentários!
Revisão: Ana Krishna Peixoto
Gustavo Miranda escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook