Dicas e Truques

Detonado — Mario + Rabbids Kingdom Battle: Donkey Kong Adventure (Switch) — Parte 3

Na terceira parte da nossa aventura vamos explorar o litoral da ilha de Donkey Kong e enfrentar Finn, o segundo grande vilão do game.


Antes de começarmos, aqueles que chegaram agora, por favor, confiram as etapas anteriores do nosso detonado:

Continuando de onde paramos após derrotar Side-Eye, vamos seguir pela nova ponte construída pelos rabbids, na primeira grande área de puzzles de Banana Lagoon, onde foi necessário acender as quatro piras para abrir o baú. Primeiro entramos no cano de corais e já saímos de frente a uma nova peça de quebra-cabeça, totalizando 6 delas.


Logo à frente encontramos a primeira batalha desta nova área, chamada de Reef. Será necessário derrotar oito inimigos enquanto nos preocupamos em não ficar no caminho das rajadas de água. Seguindo nosso padrão, vamos dar uma boa olhada no mapa e posicionamento de inimigos pelo recurso Tacticam, e depois acessar o Battle HQ. Abaixo as sugestões de aprimoramento a serem adquiridas na opção Skill Tree:

Donkey Kong
  • Movement Range (other): Aumenta a área de movimento de Donkey Kong de 6 para 7 células no primeiro nível. Custo: 1 runa.
  • Pipe Exit Range (other): Aumenta a área de movimento de DK de 3 para 4 células após sair de um cano. Custo: 1 runa.
Motivo: Simplificando a motivação dos upgrades de DK, movimentação é uma de nossas prioridades, e esta é uma luta onde iremos usar bastante os canos para ir de um lado ao outro do campo de batalha.

Rabbid Peach
  • Pipe Exit Range (other): Aumenta a área de movimento de Rabbid Peach de 3 para 4 células após sair de um cano. Custo: 1 runa.
  • Heal Range (technique): Aumenta a área de ação da cura de RP de 6 para 7 células no primeiro nível. Custo: 1 runa.
Motivo: Já aumentamos anteriormente a área de movimento de RP, então vamos melhorá-la em relação ao uso dos canos e aproveitar para também fazer com que consiga curar os aliados um pouco mais longe.

Rabbid Cranky
  • Pipe Exit Range (other): Aumenta a área de movimento de Rabbid Cranky de 3 para 4 células após sair de um cano. Custo: 1 runa.
  • Stinky Eye Damage (technique): Aumenta o dano causado pela técnica Stinky Eye. Custo: 1 runa.
Motivo: Assim como RP, já aumentamos a área de movimento de RC, então vamos seguir nossa estratégia em relação aos canos e aumentar também o dano de sua primeira técnica para derrotar mais rapidamente os inimigos.

Após nossa primeira vitória praiana, vamos encontrar em frente a um barril DK um pequeno puzzle. Faça como no GIF abaixo para solucioná-lo sem maiores problemas. A recompensa é uma artwork chamada Side Eye’s Sanctuary.


Passando por uma enorme guitarra elétrica, chegamos à segunda batalha da área. Desta vez conhecemos um novo tipo de inimigo, que aproveita o design dos Smashers. Os Smugglers são carregadores de Bad Bananas, e para vencer, precisamos derrotá-los antes que cheguem à área azul marcada no cenário. As sugestões de melhoria são:

Donkey Kong
  • Groove Range (technique): Aumenta a área de efeito da técnica Magnet Groove de 6 para 7 células no primeiro nível. Custo: 1 runa.
Motivo: Além de carregar ou causar dano nos inimigos, a técnica Magnet Groove de DK é uma das melhores formas de atrasá-los, impedindo-os de chegar até a área destinada.

Rabbid Peach
  • Team Jump Range (movement): Aumenta a área de movimento de Rabbid Peach após executar um team jump, de 6 para 7 células no primeiro nível. Custo: 1 runa.
Motivo: Rabbid Peach não possui tanto destaque nessa luta e fica mais como suporte e causadora de dano mesmo, portanto, a escolha aqui foi feita priorizando os upgrades que melhoram a movimentação dos personagens. É uma boa hora para o jogador verificar as opções e fazer uma escolha que considere mais necessária a seu estilo de jogo.

Rabbid Cranky
  • Long Story Range (technique): Aumenta a área de efeito da técnica Long Story de Rabbid Cranky, de 6 para 7 células. Custo: 1 runa.
Motivo: Assim como a Magnet Groove de DK, a técnica Long Story de RC serve para atrasar os Smugglers. Lembre-se de usá-la após atacá-los, ou o efeito se perde.

Adiante a chuva deve apertar um pouco. Após encontrar esta área (1) vamos seguir primeiro à direita e depois à direita novamente, entrando no cano escondido entre as rochas (2) e assim, alcançar o baú com a soundtrack Reef Lovin’. Voltando pelo cano da segunda imagem, vamos agora pegar o cano a nossa esquerda e depois à direita (3).


Em frente ao rabbid lambendo uma pérola, vamos primeiro para à esquerda para pegar a sétima peça de quebra-cabeça (4) e depois à direita para resolver o puzzle mostrado no GIF abaixo. Nossa recompensa é uma arte 3D do vilão Side Eye.


Agora vamos passar pelo rabbid na ostra e apertar o botão vermelho em frente. Depois a sequência: Amarelo - Verde - Amarelo - Vermelho - Verde - Azul - Amarelo - Vermelho - Amarelo - Verde - Amarelo. Com a resolução teremos acesso ao baú contendo a soundtrack Beef on the Reef.


Por fim vamos voltar a área da imagem 1 e seguir pelo cano em frente, ao lado da “placa-seta” indicando o caminho. Já será possível visualizar a terceira batalha, mas antes vamos pegar o cano à esquerda, e depois mais um, nos dando acesso à oitava peça de quebra-cabeça.


Chegando à batalha, o objetivo é derrotar os Collectors e pegar as partes da Washing Machine. A novidade fica por conta dos Bucklers, antigos conhecidos de quem jogou a campanha principal. As recomendações de melhorias são:

Donkey Kong
  • Primary Primate (attack): Aumenta a área de alcance da arma primária de DK em uma célula. Custo: 1 runa.
Motivo: Para alcançar mais facilmente os ligeiros Collectors.

Rabbid Peach e Rabbid Cranky
  • High Ground Bonus (attack): Aumenta o dano causado pelos heróis quando se encontram em um local mais alto que o seu alvo. Custo: 1 runa (por personagem).
Motivo: Vamos aproveitar a área mais alta do campo de batalha, causando dano extra nos inimigos.

Após a vitória vamos seguir adiante, com cuidado para não deixar passar despercebido mais uma peça de quebra-cabeça, que se encontra em uma pequena fenda à direita do caminho. Assim chegamos a um dos puzzles mais legais do jogo. É um simples jogo de memória de repetir a ordem do som tocado, baseado nas cores do instrumento. Mas não dá para negar que este altar possui um design muito incomum, e é sempre bom ouvir a música tocada após solucionarmos o problema.


Para facilitar, vamos numerar de 1 a 7, da esquerda para a direita. Segue a resolução abaixo.
  • Primeira rodada: 1 - 1 - 6
  • Segunda rodada: 4 - 5 - 4 - 2
  • Terceira rodada: 2 - 2 - 7 - 5 - 6 - 5 - 3
  • Bônus: 1 - 1 - 3 - 4 - 5 - 6 - 6 -7 - 6 - 4

O bônus se encontra logo à esquerda do altar e nos dará acesso a um importante item que será usado na próxima batalha, o Mid-Boss Hot Sauce, ataque secundário de DK que dará dano extra ao chefe. A dica é apertar rapidamente todos os botões pelo caminho. Coloquei o final no GIF abaixo para não se confundirem sobre o último botão azul.


Entrando pelo portão de ossos recém aberto, antes de chegarmos à próxima batalha, vamos virar à direita para mais um puzzle. O ponto de referência é o rabbid skatista. À esquerda do baú, escondido atrás de algumas rochas, há a décima peça de quebra-cabeça. Este desafio parece mais complicado do que realmente é, recompensando o jogador com a artwork Music Scales. Segue abaixo um GIF com a resolução.


Agora podemos finalmente enfrentar mais um Mid-Boss. A partir da cutscene conhecemos a personalidade de Finn, muito mais agressivo que Side-Eye. Para esta batalha irei quebrar o padrão e sugerir apenas a melhoria Extra Health para RP e RC na árvore de habilidades, pois só temos uma runa e o Donkey Kong não conseguirá comprar nada. O motivo é o chefe mais ofensivo, portanto precisaremos aguentar mais pancadas.

Já na opção Weapon Selection, vamos equipar a arma secundária que pegamos no bônus para o DK, Mid-Boss Hot Sauce, gastando 875 bananas. Aconselho equipar a arma de Rabbid Peach que dá dano extra contra Mid-Bosses também. Mas o ideal é usar a arma secundária apenas contra o chefe, pois contra outros inimigos existe uma perda em torno de 10 de dano.


Derrotando o vilão, conseguimos pegar a segunda chave, necessária para abertura do portão que nos dará acesso ao covil de Rabbid Kong. Na próxima semana vamos nos aventurar por uma selva cheia de desafios e os puzzles que mais darão dor de cabeça para serem solucionados. Até lá!

Revisão: André Carvalho
Lucian Helan é formado em Redes de Computadores, mas gosta mesmo é de pilotar uns Karts por aí, atirar plasma com seu mega buster, correr em loops a toda velocidade e derrotar crocodilos ladrões de bananas. Seus sonhos incluem, pilotar uma X-Wing, andar no recreio com o Peter Parker e conseguir um tempo para se dedicar ao seu Instagram.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook