Vem aí

Prévia: WarioWare Gold (3DS) promete abundância a rodo

Wario resolve criar seu próprio campeonato de games para conseguir uns trocados e resulta na maior coletânea de microgames de sua franquia.



WarioWare não deu as caras em sete anos de vida do Nintendo 3DS, isso que a franquia possui pelo menos um título para cada um dos consoles da Big N desde a sua estreia no Game Boy Advanced e no GameCube, lá em 2003. Mas essa espera resultou em um game ambicioso.

A série é focada em Wario, o ganancioso anti-herói da Nintendo — tão ganancioso que chegou a se meter em várias enrascadas. O bigodudo resolve abrir uma empresa de jogos para fazer dinheiro, para isso ele chama seus amigos para ajudá-lo na empreitada. E não pense que estamos falando de Mario e Waluigi, há todo um elenco especial que reside em Diamond City, a cidade onde o amante de cebolas vive. Esses personagens irão se tornar os empregados de Wario na empresa WarioWare.

A alma do negócio são os microgames, que se chamam assim por serem games curtinhos, de poucos segundos. Diferenciam-se pelos empregados de Wario, pois cada um passa os traços de personalidade para os desafios. Por exemplo, o jovem nintendista 9-Volt, que sempre faz alusão aos games e consoles da Nintendo. 

Os microgames sempre têm uma pegada cômica, muitas vezes tirando sarro do dia a dia, como o desafio em que se deve correr para entrar em uma cabine de banheiro vazia ou enfiar os dedos no nariz. A comicidade e dinamismo são características fortes e constantes da franquia.

Uma história de ouro

Após roubar um pote dourado de um templo, Wario percebe que se encontra falido e, ao lembrar que o mercado de videogames é bastante rentável, decide lucrar com games. Agora o seu plano é enriquecer com um grande campeonato em Diamond City, no qual os jogadores devem pagar para participar. Para garantir que seu plano tenha sucesso, Wario novamente envolve todos os seus amigos no esquema.

O Wario Bowl — como foi intitulado o campeonato — será dividido em três ligas em que os microgames se dividem por suas formas de jogar, assim o game poderá reaproveitar muitos dos desafios presentes nos títulos anteriores, pois em Gold não haverá foco em uma determinada mecânica de jogo. Como era no Nintendo DS, por exemplo, em que praticamente todos os microgames eram voltados para a tela de toque. Graças às várias funções do 3DS, a diversão foi elevada a um outro nível.

Acompanharemos o desenrolar desta história com Charles Martinet (sim, a voz do Mario) dando vida ao anti-herói, junto de um vasto e talentoso elenco de dubladores que guiarão o jogador em um divertido e engraçado plano para tornar Wario rico. O game também realizará o sonho daqueles que sempre quiseram suas vozes em um jogo, pois o próprio título possibilitará que o jogador duble um personagem — os áudios ficarão salvos e o jogador poderá apreciar sua performance enquanto joga.

Conteúdo para dar e vender

Como o 3DS é um portátil poderoso, muitos microgames puderam ser retrabalhados para Gold. Muitos deles foram idealizados para utilizar as funções inovadoras presentes nos consoles em que apareceram, como o uso da tela de toque ou do microfone, ou também o giroscópio, sendo agora possível reunir todos dos títulos anteriores. Porém não terá compatibilidade com a função 3D tão característica da linha, infelizmente.

Mesmo assim, não se pouparam esforços para entregar um título recheado de conteúdo, buscando superar seus antecessores em quantidade e qualidade. Como já foi dito, teremos um modo história inteiramente dublado, com direito a vozes feitas por fãs. O título reúne nada mais, nada menos do que 300 microgames diferentes, cada um com seu desafio próprio.

Após terminar o modo história o jogador poderá se aventurar nos desafios que o game propõe. Serão nove ao todo e, como já é de costume da série, eles levarão seus reflexos e memória ao extremo, muitas vezes aumentando de velocidade a cada rodada ou limitando o jogador a uma única tentativa. Teremos até mesmo modo multiplayer. Diversão e opção é o que não falta. Inclusive compatibilidade com os amiibo, um minigame especial será desbloqueado, no qual os jogadores poderão ver os dotes artísticos de Wario em ação.

Fique de olho na Demo

O jogo já conta com sua demo disponível na eShop do Nintendo 3DS. Nela o jogador poderá ter uma breve noção de como a série e este game funcionam. Primeiro terá a possibilidade de dar boas risadas com o prólogo do modo história e saber das artimanhas de Wario.



A demo tem apenas 24 minigames — menos de 10% do que o jogo completo oferecerá. São seis microgames para cada categoria: Mash [botões], Touch [tela de toque] e Twist [giroscópio]. 

O jogador poderá ver como WarioWare aos poucos muda de meros joguinhos engraçados para um game veloz e desafiador, pois a cada rodada o tempo acelera e sua atenção deve acompanhá-la.

WarioWare é uma série que conquista com a sua simplicidade e comicidade, combinando divertimento e dinamismo de seus minigames com a irreverente turma do Wario. O título promete ser ouro puro tanto no título quanto na diversão.

WarioWare Gold — Nintendo 3DS
Desenvolvimento — Nintendo e Intelligent Systems
Gênero — Minigames
Lançamento — 3 de agosto
Expectativa — 4/5

Revisão: Vitor Tibério

Victor Carozzi escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook