Game Music

Splatoon 2 (Switch): por trás da trilha sonora

Splatoon 2 traz uma trilha moderna, moderando entre o eletrônico e o tradicional

Desde o primeiro game, Splatoon esbanja modernidade em sua arte. Possivelmente, isso se deve ao fato de ter sido desenvolvido por uma equipe mais jovem do que a de outros games da empresa, que refletiram no game a sua cultura.


Nesse contexto, uma das coisas mais legais de Splatoon 2 é sua trilha sonora. As músicas são modernas e jovens, indo um pouco além da música eletrônica.

Compostas por Toru Minegishi e Shiho Fujii, além de efeitos computadorizados, a trilha é gravada com instrumentos comuns da música clássica e pop, como violino, violoncelo, baixo, guitarra, bateria e piano. O toque final fica por conta das vozes com um efeito digitalizado das vocalistas, Rina Itou e Alice, intérpretes das personagens Pearl e Marina respectivamente, que fazem a trilha de Splatoon 2 inconfundível.

Para o mundo do game foram criadas diversas bandas fictícias, trazendo uma variedade sonora para o título. O mais legal é que essas bandas possuem seus próprios estilos e singles, com suas devidas capas.


Casualmente, a Nintendo promove shows ao vivo do título, com suas vocalistas Pearl e Marina projetadas por hologramas na frente de uma banda real.

Se a curiosidade bater, algumas apresentações são facilmente encontradas no Youtube. Recentemente, a Nintendo lançou em seu canal um vídeo mostrando parte da gravação de alguns temas de Splatoon 2 e CDs e LPs com a trilha.

"Stay off the hook!"

Revisão: Vinícius Rutes Henning
Bruno Bonatto escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook