Starlink: Battle for Atlas (Switch) exigirá download em sua versão física

O jogo espacial da Ubisoft exigirá download de cerca de 6 GB mesmo para aqueles que optarem pela versão física.

Starlink: Battle for Atlas será lançado para o Nintendo Switch (assim como para PlayStation 4 e Xbox One) no próximo dia 16 de outubro. Para quem optar pela versão digital do jogo, será necessário ter 12,7 GB de espaço livre na memória do console ou em um cartão micro SD. Contudo, para os que preferem guardar a caixinha dos jogos que compra, é bom ter em mente que Starlink exigirá, de qualquer maneira, ao menos 6 GB de espaço livre desde o dia de lançamento.


A Ubisoft, desenvolvedora do título, não se pronunciou sobre os motivos de ser necessário baixar algum conteúdo para desfrutar o jogo. É possível que o download seja de alguma atualização para correção de bugs, porém, considerando o tamanho do pacote, é mais provável que seja referente a algum conteúdo que não coube no cartucho do jogo — o que sugere que a Ubisoft utilizou cartões de 8 GB para a distribuição de sua obra.

Starlink: Battle for Atlas é um jogo que mistura elementos de No Man's Sky com Star Fox. No game, o jogador terá que explorar um sistema estelar com sete planetas, cada um com características de fauna e flora próprias. Há também momentos de batalha, nos quais o jogador deverá usar sua nave de forma estratégica para vencer os desafios.

Outro fator que chama atenção a Starlink é o uso de peças de plástico que, quando acopladas ao controle, modificam o piloto, a nave e as armas utilizadas. O título é bastante aguardado por fãs da Nintendo por contar com a presença do personagem Fox McCloud e sua icônica nave, a Airwing.

Vitor Tibério é amante de jogos eletrônicos desde que bateu os olhos em alguns pixels do NES. Hoje leva a sério as disputas de Mario Kart mas tem um (enorme) espaço no coração reservado à franquia Zelda. Já jogou e rejogou quase todos os games da série e não consegue parar de explorar a Hyrule de Breath of the Wild.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook