Masahiro Sakurai diz que cada Super Smash Bros. criado é um milagre

Segundo o diretor, o desenvolvimento do jogo só começa quando a Big N obtém os direitos de todos os personagens envolvidos.



Quando um jogo de luta para quatro jogadores foi projetado por Masahiro Sakurai no final da década de 1990, na época em que era funcionário da HAL Laboratory, ele não imaginava o quanto essa ideia renderia frutos, dores e muito trabalho no futuro. Cada novo jogo da série Super Smash Bros. é maior que o antecessor e Ultimate está chegando ao Nintendo Switch para provar isso.


Em uma recente entrevista ao Game Informer, Sakurai comentou sobre os desafios de criar um jogo como Super Smash Bros. Segundo o diretor, é um milagre cada vez que um game da série é criado e que o desenvolvimento só tem início quando a Nintendo obtém a aprovação das companhias responsáveis por todos os personagens envolvidos.

"Vocês podem não perceber isso, mas a verdade é que é um milagre toda vez que podemos criar um Smash Bros. É um pouco diferente de qualquer outra série de jogos que lança regularmente com novas iterações. A menos que obtenhamos aprovação de todos os responsáveis pelas IPs que estão envolvidas nesse jogo, não podemos fazê-lo. E toda vez, estamos andando em uma linha fina", revelou Sakurai.

Ele também lembrou do apoio que recebeu do então Satoru Iwata após deixar a HAL Laboratory, que criou uma equipe centrada no diretor, mesmo ele atuando como freelancer. "Especialmente após eu deixar a HAL Laboratory, normalmente, os jogos continuaram a ser desenvolvidos pela companhia. Mas, ao invés disso, o Sr. Iwata criou uma equipe de desenvolvimento centrada no diretor que se tornou freelancer. Esse foi o seu chamado", lembrou. "Sem essa decisão, posso facilmente imaginar que não poderíamos lançar esse Super Smash Bros. Ultimate na melhor forma possível nesse momento", completou Sakurai.

Super Smash Bros. Ultimate será lançado para Nintendo Switch em 7 de dezembro de 2018.


Fã da Nintendo, aprendeu a jogar com Yoshi's Island e Donkey Kong Country 2, mas descobriu o amor por The Legend of Zelda com Ocarina of Time. Gosta de escrever notícias, análises e bobagens aqui enquanto não está jogando games de puzzle, plataforma e de survival horror.

Comentários

Google
Disqus
Facebook