Smash Bros. Ultimate: Sakurai explica porque Kirby é o único sobrevivente no World of Light

O protecionismo pelo personagem ser uma de suas criações teve influência, mas há outros motivos para o bolota rosa ser o herói do modo.



Após Super Smash Bros. for Wii U e Nintendo 3DS ficarem sem um Adventure Mode, Super Smash Bros. Ultimate terá o retorno do modo tão desejado pelos fãs. Intitulado World of Light, o modo aventura do jogo de luta do Nintendo Switch colocará o jogador para atravessar diferentes mapas e lutar contra inimigos para resgatar os espíritos dos outros personagens.


Conforme visto no trailer exibido no último Nintendo Direct, Kirby é o único sobrevivente do World of Light após o ataque de Galeem. Por meio de sua coluna semanal na publicação japonesa Famitsu, o diretor Masahiro Sakurai explicou porque o bolota rosa foi o escolhido para ser o salvador do mundo em Smash Bros. Ultimate. Segundo ele, as suspeitas dos fãs de Kirby ser o sobrevivente pelo fato do personagem ser uma de suas criações estão corretas, mas afirmou que, apesar do tendencionismo, Kirby restou porque era necessário ter um personagem que sobrevivesse ao ataque e tivesse um método de fuga razoável que pudesse ser mostrado na tela, já que ele possui essa habilidade da Warp Star desde seu primeiro jogo.


O diretor explicou que os personagens que tentassem correr ou se teletransportar ligeiramente para longe não sobreviveriam. Bayonetta não poderia escapar para o Purgatorio pois seus inimigos viraram espíritos e Palutena não conseguiu manifestar nenhuma de suas habilidades devido a Hades e outras divindades já terem sido eliminados por Galeem.

Apesar do nome japonês do tema "Lifelight" quando lido de trás para frente ser "Hoshi no Kaabi", lembrando "Hoshi no Kirby”, nome da série Kirby no Japão, Sakurai afirmou que isso é uma mera coincidência. Ele não quis escrever uma história para Kirby, apenas o escolheu como personagem inicial do modo para que seja fácil o suficiente para qualquer pessoa jogar. E por falar no tema musical do modo World of Light, o diretor disse que Erina Koga, cantora da versão japonesa, foi uma recomendação do compositor Hideki Sakamoto.

Sakurai também adiantou que Super Smash Bros. Ultimate terá uma atualização no dia do lançamento para evitar problemas de dessincronização de replays. Segundo ele, os jogadores poderão salvar os replays permanentemente se forem convertidos para o formato de filme. Por fim, o diretor revelou que, ao iniciar o modo Spirits, o jogador receberá um adesivo da classe Advanced e que será um pouco divertido ver o que será ganho.

Super Smash Bros. Ultimate será lançado para Nintendo Switch em 7 de dezembro de 2018.


Alex Sandro de Mattos é formado em Gestão de TI. Entre se aventurar por Hyrule e se perder em Silent Hill, gosta de publicar fatos interessantes e bobagens no Nintendo Blast. Pode ser encontrado jogando games 2D e também no Facebook.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook