Sakurai descarta a possibilidade de um port de Kid Icarus: Uprising (3DS)

Diretor também revelou que o jogo de Pit no Nintendo 3DS foi um dos projetos mais difíceis de sua carreira.



Masahiro Sakurai é reconhecido por ter criado Kirby, mas se destaca atualmente por sua dedicação no desenvolvimento dos jogos da série Super Smash Bros. Poucos se lembram, mas no início da vida do Nintendo 3DS, Sakurai atuou como diretor de Kid Icarus: Uprising.


O jogo, que marcou o retorno de Pit após de 21 anos espera, mesclava elementos de shooter em trilhos nos trechos aéreos e beat'em up nas seções em terra. Kid Icarus: Uprising foi muito aclamado por sua vasta quantidade de conteúdo, mas criticado por sua jogabilidade desconfortável. Segurar o portátil com uma mão e usar a stylus na tela de toque para controlar a mira causava dores em jogatinas longas, tanto que o jogo acompanhava um stand para o jogador não precisar segurar o portátil.

Em recente entrevista à revista EDGE, Masahiro Sakurai relembrou o desenvolvimento de Kid Icarus: Uprising. Ele revelou que o jogo foi um dos projetos mais difíceis de sua carreira devido as divergências culturais na equipe e pelo fato de ter sido desenvolvido enquanto o hardware do Nintendo 3DS ainda estava em criação.

"Eu poderia dizer que esse quase se tornou o projeto mais difícil de toda a minha carreira, tanto em termos de equipe quanto de hardware. A equipe que eu tinha reunido diferia muito em cultura e maneiras de pensar, então sempre havia confrontação. Além disso, quando estávamos desenvolvendo o jogo, ainda não conseguimos aproveitar o poder do Nintendo 3DS. Algumas melhorias em aspectos como o middleware foram feitas mais tarde, mas como o jogo estava sendo criado nos estágios iniciais do desenvolvimento do Nintendo 3DS, tivemos muita dificuldade em fazer o que queríamos", relembrou Sakurai. "Por exemplo, só descobri que o Circle Pad Pro sairia quando foi anunciado ao público pela Nintendo. Eu queria fazer o jogo suportar isso corretamente, se eu pudesse, mas era impossível devido a razões relacionadas ao desempenho", revelou.

Sakurai reconheceu que Kid Icarus: Uprising possuía vasto conteúdo para os jogadores e que há pedidos para que um port moderno seja feito, entretanto, descartou essa possibilidade. "Como um jogo no geral, [Kid Icarus: Uprising] é rico em conteúdo e agradável, e as pessoas até pediram um port moderno. No entanto, não acho que isso seja possível", completou Sakurai.

Já que Sakurai descartou a possibilidade de um port, será que um novo título da série Kid Icarus se sairia bem no Nintendo Switch? Considerando que o diretor está envolvido com os futuros conteúdos adicionais e atualizações de Super Smash Bros. Ultimate, um novo Kid Icarus pode estar distante.


Alex Sandro de Mattos é formado em Gestão de TI. Entre se aventurar por Hyrule e se perder em Silent Hill, gosta de publicar fatos interessantes e bobagens no Nintendo Blast. Pode ser encontrado jogando games 2D e também no Facebook.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook