Top 10

Super Mario Party (Switch) e as maneiras mais criativas de aproveitar os Joy-Con

Controles destacáveis demonstram seu potencial durante a animada festa no Reino do Cogumelo.



Estava tudo pronto para a partida de estreia em Super Mario Party. Jogando contra três personagens controlados pela CPU, os dados determinaram que minha Rosalina seria a quarta competidora a entrar no tabuleiro. Depois de observar os rivais partirem em busca das moedas e estrelas, chegou a hora de testar a sorte e ver qual número eu tiraria. Neste momento, algo estranho aconteceu: a mensagem na tela que indicava minha vez pareceu ter sido acompanhada de barulhos vindos diretamente do Joy-Con.


Pensei que estava ouvindo coisas, afinal, os controles destacáveis do Switch não têm caixas de som, logo, seria improvável a emissão de qualquer ruído. Com a dúvida na cabeça, participei do minigame e aguardei o turno seguinte para tirar a prova definitiva. A confirmação veio quando surgiu uma segunda vez na televisão o “Rosalina, start!”. Realmente, o pequeno objeto em minhas mãos estava reproduzindo sinais sonoros. A “mágica” é explicada pelo HD Rumble, ou seja, são as vibrações que criam esse efeito.

Apesar de me impressionar, essa não foi a primeira vez que a Big N utilizou o artifício. Após encerrar a última fase extra de Kirby Star Allies, a Extra Planet δ, os Joy-Con começam a tocar o tema de Green Greens, primeiro estágio de Kirby's Dream Land. Além dos controles musicais, Super Mario Party usa as funcionalidades dos Joy-Con de outras maneiras bastante inovadoras. Confira na lista abaixo os minigames que esbanjaram criatividade no aproveitamento desses recursos.


10. Barreling Along

Se equilibrar sobre o barril ao mesmo tempo em que é necessário desviar de obstáculos pelo caminho, esse é o desafio de Barreling Along. Para apimentar ainda mais a competição, todo o controle é feito pelo sensor de movimentos do Joy-Con. Incliná-lo levemente para a direita ou esquerda fará o personagem mudar de direção, porém, gestos bruscos deixam desgovernado o veículo improvisado.

A chave para vitória é conhecer os atalhos da pista e conseguir administrar a intensidade no momento de mexer as mãos, além de tentar prever o deslocamento dos rivais. Afinal, o choque entre barris, geralmente, faz com que ambos tenham a velocidade reduzida. Apesar de o sensor de movimentos do Joy-Con não ser extremamente preciso, o minigame mostra que o controle consegue perceber bem a força e velocidade com que os gestos são realizados.


09. Fuzzy Flight School

A melhor maneira de aprender a pilotar pequenos aviões é na escola dos Fuzzy. Com cada aluno começando a aula com três vidas, ganha aquele que chegar ao final do percurso tendo se chocado o menor número de vezes contra os clássicos inimigos do encanador bigodudo. Assim como em Barreling Along, o desafio se resume a saber usar bem o controle por movimentos.

É possível se sentir segurando o manche da aeronave em Fuzzy Flight School, com os veículos replicando adequadamente os gestos realizados com o Joy-Con. Apresentando quantidade cada vez mais alta de obstáculos na tela e velocidade um tanto quanto elevada, seria complicado se divertir durante o minigame sem um tempo de resposta rápido do controle.


08. Candy Shakedown

Quem não gosta de comer docinhos para açucarar o dia? Em Candy Shakedown é preciso retirar essas delícias do pote e saboreá-las à vontade. Para isso, o primeiro passo é apertar o botão A para puxar a tampa e depois chacoalhar o Joy-Con até que todas as balinhas passem para o lado de fora.

Novamente utilizando o sensor de movimentos, o grande diferencial do minigame é a vibração que deixa tudo mais real. Enquanto o jogador balança as mãos para liberar os doces, consegue senti-los batendo, como se estivessem mesmo dentro do controle. A sensação é de estar segurando um pote de verdade, repleto de guloseimas.


07. Sizzling Stakes

Continuando no campo da culinária, em Sizzling Stakes o Joy-Con se transforma no cabo de uma frigideira. Assumindo o papel de cozinheiro, o objetivo é deixar um pedaço de carne totalmente bem passado. Para isso, o mestre cuca precisa jogá-la para cima até que todos os lados estejam no ponto certo, mas cuidado para não deixar o alimento cair fora da panela.

O minigame é capaz de identificar qual movimento foi realizado e a velocidade aplicada, assim a carne sobe mais ou menos, dependendo do gesto executado. Quem já preparou panquecas e cumpriu o ritual de jogá-las para cima e recapturá-las na volta deve se dar muito bem em Sizzling Stakes.


06. Rumble Fishing

O minigame mescla a maneira tradicional de controlar os personagens com o HD Rumble e o sensor de movimentos. Pegando emprestada a nuvem de Lakitu, os competidores sobrevoam a água e têm que fisgar a maior cobra marinha. Usando o direcional analógico, o jogador viaja pelo cenário e deve perceber a intensidade das vibrações no controle — quanto mais intensas, melhor será a pescaria.

Quando sentir que é o momento de puxar o anzol, basta mexer o Joy-Con para cima e ver a criatura que saíra das profundezas. Rumble Fishing é um dos desafios de Super Mario Party que consegue mesclar da melhor maneira três modos diferentes de jogar.


05. Soak or Croak

Outro minigame que mistura duas funcionalidades do Joy-Con é Soak or Croak. Nessa guerra de água, o objetivo é jogar os rivais para fora da arena. Os botões tradicionais movimentam os personagens e disparam os jatos que empurram os demais competidores, porém, depois de alguns tiros, é preciso recarregar balançando o controle.

Saber o momento certo de atirar e quando encher o tanque é fundamental, pois, enquanto está coletando mais munição, o jogador se torna alvo fácil. Até mesmo o movimento necessário para a recarga ajuda a se sentir dentro do minigame, já que é o mesmo que precisa ser feito na vida real para bombear água.


04. Tall Order

Neste minigame em duplas, a missão é criar a maior escultura de neve. No topo de uma nuvem, gire a alavanca do moedor e veja os flocos se acumulando logo abaixo. Conte com a habilidade de seu parceiro para, juntos, criarem uma torre totalmente gelada e imponente. Coordenação e entrosamento da equipe são o caminho para a vitória.

Para operar o triturador, o Joy-Con vira a manivela. Rode o controle rápido para fazer sua estrutura crescer de maneira bastante ágil, ou então, faça movimentos suaves quando o objetivo é economizar na neve e criar os detalhes finais da obra prima.


03. Look Sharp

Elementar que um minigame baseado em lentes de aumento estaria nessa lista. A tarefa em Look Sharp é empunhar o objeto típico dos detetives e enxergar qual personagem se esconde por trás dos borrões coloridos. Para isso, é necessário aproximar ou afastar a lente da tela, focando os misteriosos habitantes do Reino do Cogumelo.

Para incorporar o Sherlock Holmes, o jogador usa o sensor de movimento do Joy-Con. Manejando o controle como se, de fato, fosse o cabo da lente de aumento, é preciso trazê-lo para frente ou trás com cuidado até que a imagem fique completamente nítida.


02. Nut Cases

Outro minigame em duplas, só que desta vez é preciso coletar a maior quantidade possível de nozes. Os alimentos ficam dentro de potes espalhados pelo cenário e apesar de os recipientes serem todos iguais, cada um deles têm certa quantidade de petiscos em seu interior. Para escolher qual levar para casa, é preciso balançá-los e tentar sentir se estão cheios ou não por meio da intensidade da vibração do Joy-Con.

O HD Rumble funciona de maneira impressionante em Nut Cases e, assim como no Candy Shakedown, é possível perceber as nozes se mexendo dentro do controle. Ter sensibilidade apurada nas mãos vira uma vantagem neste caso.


01. Rattle and Hmmm

Rattle and Hmmm é o minigame que demonstra a capacidade máxima do HD Rumble. Totalmente baseado na vibração do Joy-Con, nele são apresentados três inimigos da franquia Super Mario e a movimentação de cada um gera diferentes tipos de reações no controle. Na sequência, Toad repete uma das tremidinhas e temos que responder quem é a criatura responsável por aquele padrão.

E, por incrível que pareça, é tranquilo de distinguir as vibrações devido ao elevado nível de precisão do HD Rumble. No movimento da Wiggle, por exemplo, é possível sentir com exatidão as patinhas da centopeia passando de um lado ao outro do Joy-Con.



Super Mario Party está disponível na Loja Nintendo

É jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Diretor de Redação do Nintendo Blast.

Comentários

Google
Disqus
Facebook