20 anos de Super Smash Bros.: 20 curiosidades sobre o game original

A franquia acaba de completar duas décadas. Confira alguns fatos interessantes sobre o primeiro jogo da série.


A franquia Super Smash Bros. nasceu em 21 de janeiro de 1999 com o seu primeiro título para Nintendo 64. A série completou 20 anos na última segunda-feira e para comemorar nós resolvemos trazer vinte curiosidades do game original: de segredos do desenvolvimento a diferenças entre as versões japonesa e americana, descobrimos muita coisa interessante durante a nossa pesquisa. Vamos conferir!

01 - Dois caras e um copo, digo... jogo

No começo do projeto somente duas pessoas trabalharam nele, os pais de Super Smash Bros.: Masahiro Sakurai (obviamente) e ninguém mais, ninguém menos que Satoru Iwata, criador do Kirby e o presidente mais icônico que a Nintendo já teve.

02 - O game foi originalmente planejado para o Super Nintendo

A ideia original era utilizar o chip Super FX, o mesmo que foi utilizado no primeiro Star Fox, para dar conta do game com um aspecto tridimensional. A ideia, no entanto foi descartada e o game foi movido para o sucessor do SNES, nosso querido Nintendo 64.

03 - A atual senhora Sakurai foi a designer dos menus

Na época eles ainda não eram casados, mas Michiko Takahashi já era parte da equipe e se tornou a designer responsável pelos menus de Super Smash Bros. e dos estágios: Peach’s Castle, Yoshi’s Island e Mushroom Kingdom. Desde então trabalhou nos menus e interfaces de todos os Smash Bros. subsequentes, incluindo o mais recente: Ultimate. Casou-se com Masahiro em 2008, mudando seu nome para Michiko Sakurai.

04 - It’s a-me, “Pepsiman”!

Nos estágios iniciais de desenvolvimento, Masahiro Sakurai e Satoru Iwata tinham somente uma ideia de que queriam um novo jogo de luta, mas coisas como temas e personagens ainda não estavam definidos. O protótipo que criaram utilizava modelos tridimensionais que se pareciam muito com o antigo mascote da Pepsi, que tinha o “criativo” nome de Pepsiman, e o projeto foi chamado assim por um tempo.


05 - Smash sem os ícones Nintendo

Após a fase “Pepsiman” do desenvolvimento, nenhum personagem da Nintendo foi cogitado para o game, a ideia do jogo era ser uma nova IP original chamada Dragon King: The Fighting Game que suportaria até quatro jogadores simultaneamente. Curiosidade: o cenário de fundo era uma foto do Monte Fuji, a mesma vista que Sakurai e Iwata tinham da janela de seu escritório.

06 - Sakurai usou personagens Nintendo sem permissão (bom, pelo menos no início)

Depois de perceber que Dragon King não ia dar certo por si só (jogos de luta não vendiam muito bem na época), Sakurai teve a ideia de utilizar os personagens da Nintendo no game, porém sabia que a ideia nunca seria aprovada. Ele então apresentou à Nintendo um protótipo bem balanceado que incluía Mario, Samus, Donkey Kong e Fox. O projeto foi aprovado pouco tempo depois.

07 - King Dedede, Meowth, Bowser e Mewtwo no paredão

Bowser, King Dedede e Mewtwo quase deram as caras no Smash Bros. original, mas ficaram para os títulos seguintes, o que não foi o caso de Meowth, que infelizmente foi cortado e só apareceu como um Pokémon de suporte nos games.

08 - A tela de seleção te ajuda a lembrar quem veio primeiro

Cada lutador aparece na ordem de sua primeira aparição nos games: da esquerda para a direita começamos por Mario e Donkey Kong (1981), Link e Samus (1986), Yoshi (1990), Kirby (1992), Fox (1993) e Pikachu (1996). Os personagens desbloqueáveis, apesar de não estarem em conformidade com os demais, ainda assim estão em ordem cronológica entre si: Luigi (1983), Captain Falcon (1990), Ness (1994) e Jigglypuff (1996).


09 - Japão e América. Quem soa melhor?

A versão americana de Super Smash Bros. trouxe algumas mudanças notáveis nos efeitos sonoros. No Japão os sons de combate são basicamente efeitos clássicos de filmes de kung fu, enquanto na versão americana os golpes tem uma sonorização com um aspecto metálico. Além disso, a Beam Sword no original nipônico é praticamente o som de um sabre de luz retirado direto de star Wars, o que foi consertado no ocidente.

10 - O que pesa mais? Um quilo de Mario ou um quilo de Kirby?

No estágio desbloqueável, Mushroom Kingdom, há duas plataformas flutuantes bem no meio da arena. Elas podem ser utilizadas como uma balança para comparar os pesos dos lutadores. Será que Luigi pesa o mesmo que Mario por causa de sua altura? Ou será que os desenvolvedores mandaram a lógica pro espaço?

11 - Captain Falcon, um personagem de Dragon King?

Captain Falcon vem de uma série de games de corrida (F-Zero) e até então nunca havia aparecido em combate, na verdade nunca havia sido visto nem mesmo fora do seu carro. Foi a oportunidade perfeita para pegar alguns golpes do protótipo original e mantê-los no game. Da próxima vez que você jogar com Captain Falcon, lembre-se que ele é um eco dos primórdios de Smash Bros.


12 - A Nintendo não acreditava muito no sucesso de Smash

Apesar da série ser famosa mundialmente hoje em dia, na época de lançamento do primeiro Smash Bros. a Nintendo estava cética quanto ao game e não investiu muito no marketing. Além disso, ela chegou a pensar em não lançar o jogo no ocidente, o que logo mudou quando as vendas bateram um milhão de cópias no Japão.

13 - Sem as arenas clássicas?

Os estágios mais básicos de todos os games Smash Bros são: Battlefield, com suas características três plataformas no ar, e Final Destination, composta somente pelo chão da arena sem nenhuma adição. Apesar de ambos estarem presentes no primeiro game da série, nenhum deles é jogável fora dos modos single player.

14 - Apenas heróis no jogo... ou será que não?

À primeira vista o elenco do game parece contar apenas com protagonistas de jogos Nintendo, mas dois personagens já tiveram seu papel de antagonista: Mario e Donkey Kong. Sim, o principal mascote da Big N já foi um vilão em Donkey Kong Jr (Arcade). Já o gorilão foi o chefão dos games Donkey Kong e Donkey Kong 3, ambos também para arcades.


15 - ErRos dE dIgiTaÇão nos créditos do game

Charles Martinet, o carismático dublador do bigodudo desde Super Mario 64, virou “Charles Martinee” nos créditos do Super Smash Bros. original. Um erro que dificilmente se repetiria hoje em dia, visto a importância do dublador na história da Nintendo. Inclusive, Super Smash Bros. Ultimate marca a centésima vez que Charles Martinet é creditado como Mario, lhe garantindo um lugar no livro dos recordes.

16 - Pela primeira vez em 3D!

Super Smash Bros. marca a primeira aparição de Samus, Kirby e Ness em 3D, antes disso os três personagens nunca haviam aparecido fora dos games bidimensionais. Vale também notar que este é o único jogo de Nintendo 64 onde Samus e Ness aparecem.

17 - O nome é Bomb, Motion-Sensor Bomb

Um dos jogos mais populares do Nintendo 64 foi GoldenEye 007 e um item em especial teve suas origens no game do agente secreto britânico: a Motion-Sensor Bomb. Tal qual no jogo de James Bond, este item gruda em qualquer superfície que for lançado e explode quando um inimigo passa por perto.


Como o agente secreto nunca deu as caras na série, nos games seguintes a aparência da bomba foi mudada drasticamente e suas descrições variam de tentativas de dizer que o item é original do Smash ou que veio de um jogo “super secreto”.


18 - Mario e Luigi tem cabeças menores no ocidente

É isso mesmo. Por algum motivo as cabeças dos irmãos encanadores são um pouco menores na versão americana do game. O motivo para isso não apareceu em nossas pesquisas, nos resta especular que os bigodudos tenham reclamado de chapéus muito apertados, e logicamente a forma mais natural de resolver isso é diminuindo suas cabeças. Quem nunca?

19 - Final Smashes no 64?

A tão concorrida Smash Ball, destruidora de amizades, foi concebida ainda no desenvolvimento de Super Smash Bros., assim como os Final Smashes. Porém, somente duas gerações de consoles depois, em Super Smash Bros. Brawl, é que Sakurai conseguiria implementá-los na série.

20 - Nada a dizer, apenas sentir

O trailer americano de Super Smash Bros. é uma obra prima do pastelão. Somente vendo para entender:

Já são vinte anos de muita nostalgia e que venham vinte anos mais com a evolução da franquia Super Smash Bros.

E você? Conhece alguma curiosidade que não está na lista?
Não deixe de participar nos comentários e conferir a nossa análise do último lançamento da série: Super Smash Bros. Ultimate.

Mestre Pokémon de longa data, salvador de Hyrule em todas as encarnações do herói e ocasionalmente um encanador de bigode grosso.

Comentários

Google
Disqus
Facebook