Top 10

Outros jogos que merecem um modo Battle Royale

Quais as ideias mais absurdas para um Battle Royale? Confira essa piração com a gente.



O Battle Royale é inspirado no romance homônimo japonês publicado em 1999, criado por Koushun Takami. Na trama original, estudantes são colocados em um campo de batalha por um governo autoritário e resta aos envolvidos lutarem até a morte.


O princípio básico do gênero é, portanto, a ideia de que somente um deve ficar de pé (last man standing). Outra característica importante é que cada personagem deve buscar recursos no ambiente para enfrentar e derrotar os demais.

No ocidente, pode-se dizer que o Battle Royale enquanto gênero foi popularizado pela cultura de massa. Afinal, uma das grandes obras que chamaram a atenção para este estilo foi a franquia de Jogos Vorazes, escrita por Suzanne Collins (se voltarmos um pouco no passado vamos encontrar algumas obras de sci-fi e terror como Alien e Predador ou Alien vs Predador que trazem um pouco dessa ideia).

Nos games, o Battle Royale se tornou um fenômeno e os números expressivos de Playerunknown's Battlegrounds  (Multi) no quesito venda confirmam a tese. Outros navegaram na onda e obtiveram resultados ainda melhores como é o caso de Fortnite (Multi) e o recente Apex Legends (Multi).

Assim, franquias tradicionais como Call of Duty ou mesmo GTA fizeram atualizações com modos de jogo com a recente “mina de ouro” dos games. Não bastasse isso, alguns jogos que nada tinham a ver com a proposta, pelo menos a princípio, resolveram apostar no formato, como é o caso de FIFA 19 (Multi) e (pasmem) Tetris 99 (Switch).

E foi justamente o tradicional game de blocos que nos motivou a criar essa lista de possibilidades do modo Battle Royale no Switch. Afinal, se Tetris pode, por que não sonhar alto?

10) Mario Kart 8 Deluxe

O último jogo de corrida da franquia Mario já tem o seu modo batalha. E é justamente por isso que um modo Battle Royale seria perfeito. Afinal, com apenas alguns ajustes você torna o formato super divertido e inovador (já que esse modo está presente há séculos nos jogos de corrida do Mario, com poucas mudanças significativas).





O primeiro passo é disponibilizar mapas maiores para que mais players possam jogar. Dê a cada um deles uma vida e torne os blocos de itens mais difíceis de se adquirir (e não tão visíveis assim no mapa). Pronto! Agora é só correr atrás de artilharia e derrubar um a um até se tornar o grande vencedor.

9) Splatoon 2

Dos jogos para Switch, Splatoon 2 sem dúvida é a escolha mais óbvia para um modo Battle Royale. Isso se dá pelo simples fato de o game se tratar de um FPS (First Person Shooter, ao estilo Nintendo, mas ainda assim) com diversos outros modos criativos. Por que não, acrescentar o novo formato?





Entretanto, para não ficar no mais do mesmo, pensamos em algumas ideias interessantes para dar uma melhorada no modo em Splatoon 2. Por que não dividir os jogadores em pequenos times de dois ou três no máximo para que eles tenham de: eliminar os times rivais e pintar o mapa com suas cores.

A combinação das duas atividades torna o jogo mais dinâmico e, claro, diferente dos concorrentes. Além disso, ao invés de cada player escolher seus equipamentos iniciais, que tal eles serem adquiridos no mapa? Battle Royale + tinta = sucesso de vendas. Eu garanto!

8) Overcooked 2

E se fosse acrescentado um pouco mais de “pimenta” no tempero de Overcooked 2? O nosso Battle Royale seria o condimento perfeito para o novo jogo da franquia que, vale ressaltar, já é sensacional.





Imagine um modo online com 20 ou mais jogadores, subdivididos em pequenos grupos, tendo que alimentar uma horda de soldados e sendo atrapalhados o tempo todo por um exército de pães reanimados. Seu objetivo: fazer o maior número de entregas dentro do tempo estabelecido. Não conseguiu cumprir? Eliminado. E assim segue o jogo até que sobre apenas um.

É bem verdade que muitas amizades serão desfeitas no meio do caminho, mas é Overcooked. Certo, pessoal?

7) Arms

Uma arena, vários inimigos. Junto disso, socos sendo distribuídos para todos os lados. Arms teria, sem dúvida, um dos mais interessantes modos Battle Royale dos videogames. Até porque, é válido lembrar, o game usa o sensor de movimento dos Joy-Con, um diferencial e tanto, certo?




6) Mario + Rabbids Kingdom Battle

Um dos jogos mais insanos,e fruto da parceria mais bizarra dos games se tornou um verdadeiro sucesso. Por que não fazê-lo melhor ainda? Juntar a turma do Mario, os Rabbids, o estilo estratégia por turnos e o grande campeão de vendas da atualidade.





Antes que você se pergunte o quão estranho isso ficaria, lembre-se de Tetris 99. Se eles podem, por que não Mario + Rabbids?

5) Bayonetta 2

Bayonetta 2 é um excelente jogo. Ele é frenético e tem uma base de fãs bem consolidada. Um modo Battle Royale não seria de todo impossível e, com um pouquinho de capricho, teríamos um dos modos mais loucos já vistos.





O relançamento do jogo no ano passado atiçou os fãs e tem preparado o terreno para um vindouro Bayonetta 3. Um novo modo daria um fôlego e prepararia o público para um possível futuro lançamento ao fim do ano.

Uma das formas de tornar a coisa interessante seria disponibilizar personagens do jogo,  como heróis ou vilões, com habilidades específicas em um combate de sobrevivência. O estilo hack and slash daria um tempero a mais ao game. E aí, cai dentro?

4) Diablo 3

Um Battle Royale de Diablo 3 seria improvável, mas é justamente assim que gostamos. Diferentemente dos outros jogos, bastaria um sistema de nivelamento/balanceamento colocando junto adversários de nível de força/habilidade/itens no mesmo mapa e deixá-los se degladiarem.





Para tornar as coisas mais interessantes, os mapas deveriam ser temáticos com a presença dos chefes de ato e seus lacaios perturbando a vida dos jogadores. As ameaças seriam, portanto, tanto players quanto NPCs, até porque não seríamos loucos de tirar o mais interessante da franquia Diablo, que são justamente os inimigos que nos atormentam em cada ato.

3) Rocket League

Rocket League é um insano jogo de carros misturado com esportes, como futebol, basquete e outros. Não seria nem um pouco incomum acrescentar um modo de guerra entre veículos em que apenas um sobrevive.





O game já é tão louco que se você quiser ir mais além pode misturar todos os esportes que mencionamos acima e junto deles o novo modo. E Rocket League já provou que qualquer coisa com carros faz sucesso. Sendo assim, por que seria diferente com um modo de sobrevivência? Acorda, pessoal!

2) Super Mario Maker 2

O game ainda não foi lançado, mas já queremos um Battle Royale. Você deve estar se perguntando: “mas como diabos seria isso?”. A gente explica.

Você cria a sua fase de acordo com todos os recursos oferecidos pela plataforma. Use sua criatividade como você está sempre habituado: fase nos moldes clássicos ou com sprites e modelagens mais recentes. O céu é o limite.






Ao terminar o seu mapa, jogadores são convidados a jogá-lo simultaneamente. Você com certeza deve se lembrar daquelas fases do Mario que a tela vai andando e você não pode esperar. É justamente assim que vai ocorrer com o Battle Royale de Super Mario Maker 2.

Cada um por si,amigo. Faça o possível para chegar em primeiro com um monte de player na tela lhe atrapalhando e tentando sobreviver. Some isso às dificuldades impostas pelo criador da fase e uma tela se movendo. Quem ficar pelo caminho já era e apenas um pode vencer (ou nenhum).

1) Pokémon Let’s Go Eevee/Pikachu!

A franquia Pokémon, além do tradicional RPG, já teve versões das mais diversas possíveis. Já tivemos games voltados para batalhas de estádios, fotografia, puzzle, luta, aventura/arcade, etc. Com certeza, em algum lugar dessa sua cabecinha maluca, passou a ideia de um “Battle Royale de Pokémon”, certo?

Essa ideia por si só poderia ser um jogo à parte ou integrar algum modo dentro de algum RPG tradicional da série. Não importa. O essencial é termos essa belezura presente nos jogos da série de alguma forma.

Pokémon Let’s Go Eevee/Pikachu! foram, além de remakes, um local para uma série de experimentações dos desenvolvedores. Aqui seria o momento ideal para arriscar um modo sobrevivência em um safari, por exemplo.





Você escolheria um número limitado de Pokémon (três, por exemplo) e não teria nenhum item a mais além deles. Todo o restante seria obtido no mapa. Seu objetivo é vencer vários treinadores e adquirir um “passe” de cada um para sair do Safari como campeão.

Outra ideia poderia ser com relação à captura. Quem capturar mais em um determinado tempo continua jogando e os que não conseguirem atingir a meta são eliminados. Ao final, somente um sobrará e será concedido alguns itens como prêmio ou mesmo Pokémon Shiny ou de alguma outra natureza (rara).

Qual jogo você gostaria de ver com um Battle Royale?

Sem dúvida as opções são muitas e o que vale é a criatividade. Algum jogo, na sua opinião, encaixaria de forma perfeita na nova tendência do mercado? Ou seria bizarro e insano demais? Não importa. Conta pra gente nos comentários.o O que importa é a diversão e a criatividade.

Revisão: André Carvalho

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook