Blast Battle

Crash Team Racing Nitro-Fueled ou Mario Kart 8 Deluxe: quais karts venceriam essa disputa no Switch?

O duelo histórico entre Crash e Mario está de volta, dessa vez nas pistas de corrida.






Como se não bastasse as análises de Crash Team Racing Nitro-Fueled (Switch) e Mario Kart 8 Deluxe (Switch), nós resolvemos colocar os dois games de corrida lado a lado e descobrir qual é melhor companheiro para o Nintendo Switch. Para tanto, levantaremos alguns importantes pontos sobre o gênero e veremos quais karts venceriam essa disputa. Façam suas apostas!

A inovação gráfica que faltava

É inegável que agrada aos olhos ver games graficamente bem estruturados e com fluidez. Esse é o nosso primeiro ponto e há muitas discrepâncias de um jogo para o outro, até mesmo porque Mario Kart 8 Deluxe possui uma versão anterior no Wii U, o próprio Mario Kart 8.

Com o Switch, as melhorias gráficas foram perceptíveis, principalmente no modo dock. Jogar Mario Kart com resolução 1080p e 60 frames per second é incrível e visualmente deslumbrante. Além disso, o nível de detalhamento das pistas e das ambientações é altíssimo, o que explora muito bem o potencial do híbrido da Big N.

Contudo, para efeitos de comparação, Crash Team Racing Nitro-Fueled atinge uma resolução de apenas 720p quando ligado à TV, além de aparecer serrilhado e com uma resolução de 480p no modo portátil, ambos 30 frames per second, o que gera uma discrepância enorme entre os dois games, visualmente, deixando inquestionável a superioridade de Mario Kart nesse quesito.

Vencedor: Mario Kart 8 Deluxe

Exploração do game

Agora, falando de uma das variedades mais importantes dos jogos, o singleplayer, temos uma discussão um pouco mais crítica. Sabemos que por ser a versão Deluxe (“relançamento”) do game de Wii U, Mario Kart 8 Deluxe já vem com todos os corredores desbloqueados, enquanto que o jogador tem o objetivo de desbloquear novos karts, rodas e gliders com as moedas coletadas em cada corrida.

Porém, ao remover esses desbloqueios, principalmente de personagens ao vencer as copas no modo singleplayer, pode ter gerado um certo desincentivo a esse modo no game. Por mais que tenha várias copas, incluindo todas as cilindradas e ainda o Mirror Mode, a sensação de completar tais competições sozinho é, na minha visão, menos satisfatório e empolgante.

Por outro lado, Nitro-Fueled entrega uma proposta singleplayer recheada de atividades, começando com mundos “semi abertos” em que o jogador pode dirigir pelas regiões e disputar corridas com o objetivo de derrotar N. Oxide ao vencer todas as corridas. Como se não bastasse, o jogador desbloqueia personagens, adesivos, peças de carros e skins especiais de cada corredor ao jogar esse modo, sem contar os torneios extras que são desbloqueados com as CNK coins e os time trials com interessantes recompensas. Logo, nesse quesito, o marsupial leva a melhor frente o bigodudo da Big N.

Vencedor: Crash Team Racing Nitro-Fueled

Customizações e coletáveis

Esse é um ponto interessante. Crash Team Racing Nitro-Fueled fez o que um bom remake deve fazer: trazer de volta o que era bom e acrescentar novidades que o faça melhor ainda. O quesito de customizações é indiscutivelmente melhor do que na versão para PlayStation, até mesmo pela grande variedade de skins que remetem a diversos jogos da franquia, incluindo referências que só os fãs entendem. Além disso, os diferentes karts, adesivos e os corredores de Crash Nitro Kart (Multi) são fatores muito chamativos, o que pode levar dezenas de horas para desbloquear todos os apetrechos disponíveis.

Ademais, ao ver Mario Kart 8 Deluxe, temos karts, rodas e gliders variados e muitos deles são desbloqueados quando o jogador coleta um número específico de moedas disponíveis nas pistas. No entanto, para efeitos de comparação, as customizações não são equivalentes às disponíveis em Nitro-Fueled, até mesmo porque além de Yoshi e suas diferentes cores, temos apenas alguns personagens com diferentes texturas ou fantasias, como Mario e Peach, o que leva, assim, Crash a mais uma vitória.

Vencedor: Crash Team Racing Nitro-Fueled


Diversão multiplayer e extras são fatores importantes

Agora deixando de lado as jogatinas sozinho para partirmos para as disputas nas pistas em conjunto, o multiplayer é outro tópico importantíssimo a ser abordado. Ambos os games possuem modo batalha, porém a variedade de Mario Kart 8 Deluxe consegue se sobrepor, ainda mais pela qualidade do serviço nas jogatinas online.

Além disso, ao colocarmos um Joy-Con na mão de cada jogador, como propõe o Switch desde seu anúncio, percebemos que Mario Kart 8 Deluxe é facilmente aprendido pelos jogadores, tanto iniciantes quanto veteranos, enquanto que os controles de Crash Team Racing Nitro-Fueled são bem mais confusos, até mesmo com o sistema de turbo mais complexo, sem a possibilidade de alteração dos controles como o jogador deseja.

Para finalizar a comparação, os servidores online da Nintendo não costumam gerar muitos problemas com Mario Kart, enquanto que Nitro-Fueled foi lançado com diversos problemas para geração de partidas randômicas e ainda trabalha com dificuldades de transmissão, sem contar as longas telas de carregamento entre uma corrida e outra. Com isso, resta declarar Mario Kart vencedor dessa discussão.

Vencedor: Mario Kart 8 Deluxe


Trilha sonora e detalhamento final da produção

Eu poderia facilmente declarar empate sobre a trilha sonora, principalmente quando o mix de nostalgia com novos ritmos empolgantes dos dois games entram em cena. Desde Super Mario Kart (SNES) temos uma soundtrack que vem sendo aperfeiçoada até o Switch, até mesmo se você pegar para comparar a evolução das músicas do Mario Circuit, por exemplo. Com Crash não é muito diferente, visto que há uma clara evolução muito bem estruturada.

No entanto, cabe ao setor audiovisual o desempate, o que inclui não só a trilha sonora, mas também os detalhes finais de produção e a fluidez do game. Para tanto, na minha visão, o capricho da Nintendo se sobrepõe nesse quesito, até mesmo pela beleza visual e pelo título convidativo e fácil de aprender. Enquanto isso, muitos erros ou descuidados com a portabilidade de Nitro-Fueled para o Switch, como citado na análise do game, pode ter criado essa discrepância comparativa.

Assim, o trabalho definitivo de qualidade técnica para a diversidade de públicos é incrível em ambos, mas, no final das contas, me resta declarar o bigodudo da Big N o vencedor desse tópico.

Vencedor: Mario Kart 8 Deluxe

Placar final: Mario Kart 8 Deluxe 3 x 2 Crash Team Racing Nitro-Fueled

Colocar Crash Team Racing Nitro-Fueled e Mario Kart 8 Deluxe frente a frente pode render bons momentos de discussão entre os fãs. Declarar Mario Kart 8 Deluxe vencedor desse Blast Battle representa elementos argumentativos pertinentes discorridos durante o texto que sustentaram o bigodudo da Big N como vencedor da discussão, porém também representa parte da minha opinião sobre as minhas experiências quando joguei ambos no Nintendo Switch.

Além disso, é possível compará-los de outras maneiras. Para tanto, gostaríamos de ler sua opinião sobre qual dos dois é o melhor para você. Não deixe de mostrar seu ponto de vista e quais motivos sustentam, para você, um como superior ao outro.


É estudante e apaixonado por games desde seu primeiro contato com Duck Hunt e Ice Climbers do nintendinho em 2002. Fanático por Pokémon e admirador de diversas franquias, reúne seu tempo livre para escrever e tentar colocar as matérias da faculdade em dia.

Comentários

Google
Disqus
Facebook