Top 10

Super Mario Maker 2 (Switch) e as dez fases mais criativas até agora

Ótimos exemplos de como utilizar os recursos de Super Mario Maker 2.


No filme Alta Fidelidade (Stephen Frears, 2000), acompanhamos os dramas de Rob Fleming (personagem interpretado por John Cusack), que tinha mania de fazer listas sobre tudo, inclusive sobre seus relacionamentos que davam errado. A partir do filme, percebemos que o problema de fazer listas é o fato de ficarmos indecisos entre o que vale a pena ser lembrado e aquilo que precisa ficar de fora. Por outro lado, a beleza desse tipo de escolha é tentar encontrar uma conexão entre todos os elementos relacionados. Não fiquei tão angustiado quanto o personagem do filme, mas admito que foi difícil selecionar as dez fases mais criativas de Super Mario Maker 2.


Para mim, a maneira de amenizar o problema foi estabelecer regras para montar esse Top 10. Assim, elaborei três critérios: 1) independentemente da dificuldade, não escolhi fases que fossem punitivas com os jogadores; 2) busquei um equilíbrio entre as temáticas e recursos utilizados, para não incluir na lista muitos estágios que tivessem a mesma proposta; e 3) tentei trazer experiências representativas da ideia de criatividade, ou seja, do uso inovador e carismático dos elementos presentes no game.

Dito isto, convido você a pegar o seu Switch e testar as fases mais criativas de Super Mario Maker 2 (até agora): 

10. Automatic level (Don’t move)

Código: 83R-LB3-DKF

Fases automáticas são quase um tipo de arte. Desde o primeiro Super Mario Maker (Wii U) vemos criadores se dedicando a realizar proezas para construir estágios que servem mais para se ver e apreciar do que necessariamente jogar. Aqui trago um dos exemplos mais bacanas feitos recentemente.


09. Switch x Switch

Código: DRC-S88-TDF

A mecânica baseada na alteração de plataformas por meio de botões permite a criação de fases bem inovadoras. Esta é uma das mais desafiadoras e bem elaboradas nesse estilo.


08. 20 Seconds: Thwomp Temple Run

Código: 550-JR7-WVF

Um clima de tensão pode ser criado a partir da sensação de urgência. Aqui você precisa correr o mais rápido que puder, e qualquer erro significa um retorno ao início. Se você gosta desse tipo de pressão, vá em frente (e não olhe para trás).


07. Galactic Gravity Gauntlet

Código: 8XC-6B2-KGF

Uma inserção nova em Super Mario Maker 2 foi a possibilidade de trabalhar com a gravidade alterada em determinadas circunstâncias. Esse estágio abusa dessa mecânica e leva o jogador ao limite de sua coordenação motora.


06. 1-1.exe has encountered an error

Código: P1D-3Q0-TQG

Existem muitas recriações da fase 1-1 de Super Mario Bros, mas poucas valem realmente a pena. Nesse estágio reimaginado, você encontra um clima bem diferente do original, e é justamente o cuidado com os detalhes que o torna um daqueles que você deve jogar.


05. Brother, Can You Spare A Coin?

Código: FWR-3W8-FVG

Essa é uma fase cheia de moedas e você tem que pegar uma, apenas uma delas. Não é difícil, mas é divertido ver as estratégias utilizadas para impedir você de conseguir o objetivo antes da hora.


04. SpeedRun

Código: S32-D54-BQF

É bem o que diz o título: o bom e velho speedrun. Criar uma fase assim exige habilidade para que tudo seja desafiador e agradável na medida certa. Esse estágio consegue isso.


03. Mario ON/OFF steroids

Código: JHB-VNL-PJG

Mais uma exploração da mecânica do ON/OFF Switch, mas, dessa vez, com mecanismos automáticos que exigem habilidade e velocidade do jogador.


02. Goomba Invaders

Código: PL3-817-3XF

Aqui, voltamos ao uso da gravidade invertida dos ambientes subterrâneos. Contudo, o elemento inovador é a utilização do mecanismo de Space Invaders. Uma experiência muito divertida que vai te deixar com um sorriso no rosto.


01. Yoshi’s Choice

Código: XKT-JCS-5LG

Essa fase coloca o jogador diante de um dilema moral: matar Yoshi e terminar rapidamente ou escolher um caminho mais longo e difícil. E, então, qual é a sua escolha?



Como disse no início, fazer listas é algo que envolve certa angústia. Deixei muitas fases boas de fora e incluí algumas que, talvez, você não ache tão criativas assim. De qualquer forma, espero que elas te ajudem a aproveitar ainda mais esse jogo fantástico. 

Revisão: Jhonatan Rodrigues

Pesquisador nas áreas de estética e cibercultura com Mestrado em Cultura e Sociedade (UFMA) e Doutorado em Comunicação (UnB). Além de escrever sobre jogos, produz o Podcast Ficções e tem um blog sobre literatura, filosofia e cotidiano.

Comentários

Google
Disqus
Facebook