Pokémon Blast

O líder de ginásio mais forte da região de Kanto

Dentre os oito ginásios da região mais icônica do Universo Pokémon, qual deles será o dominante e capaz de vencer seus colegas líderes?


Vocês já pararam para pensar qual dos líderes é, de fato, o mais forte em sua região? Muitos pensam que, pela lógica, o último líder a ser desafiado seja o mais forte, pois o nível de seus Pokémon está muito acima do primeiro líder que foi desafiado lá no começo da jornada. Entretanto, não é bem assim. Basta ver, ao longo do anime e dos próprios jogos que, líderes de ginásio rotulados como fracos podem ser extremamente trabalhosos, por exemplo a Elesa da região de Unova. Considerando seu time de Black/White (DS), temos dois Emolga e uma Zebstrika. Os três iniciais dessa geração sofrem dano super-efetivo oriundo dos esquilos-voadores, e, sem a ajuda de alguns Pokémon encontrados pelas imediações da cidade de Nimbasa, é bem difícil superá-la. O mesmo não se aplica ao Wallace na região de Hoenn, sendo vencido facilmente por um Shiftry ou Ludicolo, pois ambos são encontrados em suas formas basilares bem cedo no jogo, e, quando chegamos para desafiá-lo, a diferença de níveis será pequena devido ao longo tempo de treinamento.

Pensando nisso, faremos uma série de matérias que irá comparar o poder entre os líderes de ginásio de cada região, a fim de apontar qual é o mais forte. Sem mais delongas, fiquem com o primeiro capítulo, começando por Kanto. Boa leitura a todos!

Critérios

Antes de começarmos o feroz embate entre os líderes, seguem os critérios para a montagem do ranking:
  • Consideramos as equipes “rematch” das versões Let’s go Pikachu / Eevee, assim, todos dos competidores terão 5 Pokémon em seu time havendo uma disputa justa entre os líderes;
  • [Alerta de Spoiler]: Como o Giovanni não possui uma batalha de rematch e sua equipe como líder de ginásio conta com apenas 4 Pokémon, consideramos em caráter de exceção seu Persian, dessa forma, sua equipe terá a mesma quantidade de membros dos demais líderes;
  • Abilities serão descartadas, assim como nas versões dos jogos;
  • Mega Evoluções também serão deixadas de lado, pois se considerássemos, nem todos os líderes possuem Pokémon que são capazes de mega evoluir, tornando a disputa desleal;
  • Os stats de cada Pokémon serão calculados com 31 pontos de IV, sem acréscimos de Candies ou Effort Points e com Natures neutras;
  • O moveset de cada Pokémon será o mesmo do jogo, ou seja, não trabalharemos com todo o movepool dos monstrinhos;

Apresentando os desafiantes líderes

A Liga Índigo foi a primeira a ser criada e é uma das mais balanceadas em relação aos tipos que a compõe. Com a superioridade dos Pokémon psíquicos nessa geração, fica um pouco complicado medir forças contra eles, inclusive, um dos líderes faz uso de Pokémon desse tipo, o que torna tudo mais interessante. Mas será que só ter o tipo mais forte da geração, realmente torna-o mais forte de todos? Vale lembrar que nem todos os líderes possuem Pokémon de um tipo só, logo, será que uma equipe  composta de múltiplos tipos, com foco em um específico, sobressai-se sobre os psíquicos? Prontos para a disputa? Quem é o líder de ginásio mais forte da região de Kanto? A resposta pode não ser a que todos esperam...

Brock

Equipe: Onix, Kabutops, Omastar, Aerodactyl e Golem

O primeiro líder de ginásio de Kanto e de muitos treinadores que tiveram ou têm contato com a franquia. Sua especialidade é o tipo ROCK (Rocha) e, naturalmente, seus Pokémon possuem o atributo Defense como destaque. Mesmo tendo esse ponto a seu favor no papel, na prática já não é tão bom assim, pois três outros líderes (Misty, Erika e Giovanni) vencem facilmente por conta da vantagem direta de tipos, sendo os dois primeiros mais focados no Special Attack, que não é o melhor atributo dos Pokémon do adorador de enfermeiras Joy e policiais Jenny. Mesmo perdendo para três, o Brock  pode vencer até quatro líderes (Lt. Surge, Koga, Blaine e a Erika), já que a combinação ROCK/GROUND é absurdamente forte, atingindo todos os Pokémon dos outros líderes para, pelo menos, dano neutro. O fator Aerodactyl é de suma importância para o sucesso da equipe, pois, com sua combinação de tipos, há margem para vencer a Erika, afinal, receber um golpe FLYING (Voador) com STAB e com o dobro do dano...é hora de aparar a grama! Ah, e o mesmo Aerodactyl tem Crunch, que é capaz de causar dano dobrado nos Pokémon de um outro líder de ginásio...

Misty

Equipe: Golduck, Dewgong, Vaporeon, Starmie e Gyarados

Especialista em Pokémon do tipo WATER (Água), a Misty tem seu lugar bem definido entre os demais líderes de ginásio de sua região. Isso porque logo de cara temos que lidar com uma Starmie, um dos Pokémon mais fortes dessa geração. Stats balanceados, excelente movepool, e, de quebra, possui os dois melhores tipos da região...Não precisa de mais nada, não é? Só a Starmie é capaz de vencer seis líderes de ginásio. Sozinha. Alone. Seul. Solo. É absurdo. Simplesmente inacreditável. Para melhorar ainda mais (como se precisasse), ela ainda tem um Gyarados, que com a divisão dos golpes pode utilizar Waterfall  e aproveitar de seu Attack monstruoso. Pode parecer até repetição, mas a serpente marinha também tem Crunch... onde será que vimos isso antes? Nem precisava ter 5 Pokémon em sua equipe, “só” esses dois são suficientes. Todos sabemos que os Pokémon aquáticos são bem balanceados e que sua cobertura de dano neutra é muito boa. Sendo assim, os demais membros de sua equipe estão prontos para qualquer situação, ainda mais se considerarmos a presença de golpes como Ice Beam ou Blizzard.

Lt. Surge

Equipe: Electrode, Jolteon, Electabuzz, Magneton e Raichu

Quando olhamos para uma equipe como essa, rápida e intimidadora, logo imaginamos que seria uma das mais fortes. Porém, não é o caso. Mesmo o tipo ELECTRIC (Elétrico) tendo apenas fraqueza para o tipo GROUND, suas vantagens em relação aos outros líderes são poucas, para não falar apenas uma (opa, escapou!), e ainda que sejam rápidos, muitos deles não possuem a potência necessária para causar estragos. É quase como se estivéssemos no Pokémon Stadium (N64), em que o Pikachu tem Thunderbolt e o Raichu tem Thunder Shock. Entenderam a diferença? Um segundo ponto em relação a equipe do Lt. Surge é a falta de um segundo tipo para mais membros da equipe, já que ter acesso a bons golpes de cobertura, como é o caso do Electabuzz, não o transforma em um Pokémon capaz de carregar o time nas costas, pois além do poder base não ser alto, falta o STAB (Same Type Attack Bonus) e com isso, Pokémon como Venomoth, que possui fraqueza para Fire Punch não será nocauteado de primeira e poderá causar um bom dano na volta com seus golpes de STAB.

Erika

Equipe: Tangela, Parasect, Exeggutor, Victreebel e Vileplume

Se no lugar do Victreebel fosse um Venusaur, a história seria diferente. Como o sapo de grama é o melhor inicial para essa região, naturalmente, a Erika seria uma das candidatas ao posto de líder mais forte. Agora, vocês devem estar se perguntando: os dois não são do mesmo tipo? Sim. Os dois não têm golpes parecidos, justamente pelos tipos? Sim. Os dois possuem stats parecidos? Não...definitivamente, não. O Venusaur é superior em suas defesas, no HP máximo e principalmente: no movepool. Enquanto que o Victreebel se vê forçado a utilizar seus golpes de STAB e um ou outro golpe de cobertura, o Venusaur tem uma ferramenta que o destaca entre os Pokémon com a mesma combinação de tipos, no caso, o golpe Earthquake . Com ele, é possível causar um bom dano no geral, e ainda ajudar contra Pokémon do tipo FIRE (Fogo) STEEL (Aço) que são ou resistentes ou imunes a um de seus STABs. E tudo isso sem falar na Mega Evolução… Mesmo tendo o Exeggutor e o Parasect em sua equipe, com um segundo tipo abençoado, a Speed de ambos não proporcionam muitas alternativas e, com isso, veem-se pressionados por Pokémon como um Dewgong, capaz de causar dano com Ice Shard antes mesmo que possam aplicar seu dano massivo.

Koga

Equipe: Tentacruel, Weezing, Golbat, Venomoth e Muk

Se não fosse pela fraqueza ao tipo mais forte de Kanto, com certeza o Koga estaria cotado para ser o mais forte. Isso porque nessa região há apenas um Pokémon, entre todos os líderes de ginásio, que é imune ao seu tipo, no caso, o Magneton do Lt.Surge. Ainda, seu golpe característico - Toxic - é uma dor de cabeça constante, uma vez que seu dano vai aumentando de acordo com a quantidade de turnos do Pokémon em campo até que não haja mais turnos. No geral, o tipo POISON (Venenoso) é um dos mais fortes em Kanto, seja com golpes do seu próprio tipo ou com golpes de cobertura (que não são poucos), sem falar na chance de causar envenenamento, que lentamente acaba com o HP dos Pokémon. Em outras palavras, se correr o bicho pega e se ficar o bicho come. Com a criação de golpes como Poison Jab e Sludge Bomb, o potencial destrutivo desse tipo aumentou tanto que só não é o melhor porque suas fraquezas são tipos comuns entre os melhores ofensivamente, tendo Earthquake como um dos golpes mais utilizados dessa geração e receber dano dobrado para o melhor tipo da região com certeza não é uma característica, digamos, positiva.

Sabrina

Equipe: Mr.Mime, Jynx, Hypno, Slowbro e Alakazam

Eleita por muitos como uma das líderes de ginásio mais forte de todos os tempos, a telepata da cidade de Saffron é especialista em Pokémon psíquicos, os reis da região de Kanto. Naquela época, os tipos STEEL (Aço) e DARK (Noturno) não existiam e, com isso, só um tipo tinha resistência ao dano massivo causado por seus golpes, no caso, ele mesmo. Ainda, alguns Pokémon desse tipo possuem tipos secundários, completando seu potencial destrutivo, sendo capazes de passar por cima de qualquer equipe. Ou seja, é uma combinação perfeita. Porém, como nem tudo é perfeito, os Pokémon psíquicos são conhecidos por serem frágeis fisicamente, portanto, sua Defense é relativamente baixa e Pokémon como Pinsir e Scyther, que agora podem usufruir de X-Scissor e U-Turn graças à inclusão desses golpes nas novas versões, aparecem como grandes ameaças e pressionam bastante seus adversários. Ainda, com a divisão do stat Special em dois atributos separados, Special Attack e Special Defense, o potencial defensivo dos Pokémon psíquicos foi “nerfado” consideravelmente. Vejam um exemplo:

Cálculo de dano no ambiente de Red, Blue e Yellow entre um Charizard (136 de Special) utilizando o golpe Flamethrower em um Alakazam (186 de Special) ambos no nível 50:

Charizard Flamethrower vs. Alakazam: 40-48 (24.8 - 29.8%) → há 100% de  chance de aplicar 4HKO;

Agora vejam o cálculo de dano entre um Charizard atual (129 de Special Attack) utilizando Flamethrower em um Alakazam atual (115 de Special Defense), com 31 pontos de IV, sem Effort Points e sem o acréscimo de uma Nature positiva:

0 SpA Charizard Flamethrower vs. 0 HP / 0 SpD Alakazam: 58-69 (44.6 - 53%) → há 23.8% de chance de aplicar 2HKO;

Incrível, não é mesmo? Agora pensem no Slowbro, que pode aprender o golpe Amnesia, que na época dobrava o stat Special… Por sorte, tivemos esse balanceamento em Pokémon Gold/Silver e com a criação dos dois tipos supracitados, os Pokémon psíquicos já não são mais os mandachuvas.

Blaine

Equipe: Magmar, Rapidash, Ninetales, Flareon e Arcanine

Quem não se lembra da épica batalha entre Magmar e Charizard? Aquilo sim foi um desafio. Pena que ficou por isso mesmo. De todos os líderes de ginásio, a equipe do Blaine é a única que possui apenas um tipo, FIRE (Fogo). Com isso, mesmo tendo golpes de cobertura em seus Pokémon, não é a mesma coisa. Outro ponto que pesa é a ausência de Extremespeed no Arcanine, um de seus golpes característicos, afinal, foi o primeiro Pokémon a ter acesso à essa ferramenta. E não é porque esse golpe foi criado só na região de Johto que não está presente, pois todo o seu moveset é composto por golpes de outras gerações. Custava colocar Game Freak? No mais, a falta de Sunny Day também é um problema e mesmo com a cobertura sendo relativamente boa, a falta de um segundo tipo prejudica tanto na ofensiva quanto na defensiva.

Giovanni

Equipe: Dugtrio, Nidoqueen, Nidoking, Persian e Rhydon

Chefão de uma organização não tão boa para a sociedade e que ainda arruma um tempo para ser líder de ginásio. O último da lista, Giovanni, tinha tudo para ser o mais forte. Dois de seus Pokémon (Nidoqueen e Nidoking) possuem um movepool acima do normal, capazes de aprender 90% dos golpes mais poderosos. Temos também o Dugtrio, um dos Pokémon mais rápidos dessa geração e para completar temos o Rhydon, o primeiro Pokémon criado e um dos mais fortes em termos de stats. Excepcionalmente, temos o Persian, que também é muito rápido e com acesso à combinação Nasty Plot + Swift, temos um destruidor de times. Porém, o Giovanni sofre do mesmo mal que o Brock: Ainda que vença com tranquilidade alguns líderes, o casal Nido não é nem de longe o que estamos acostumados a ver. Dugtrio é rápido? Certo, mas sem Attack, não dá. O Rhydon é bom, só que é lento. Muito lento. Talvez seja um dos mais lento de todos os Pokémon de todos os líderes. E, por fim, mesmo o Persian tendo uma boa combinação, a falta da habilidade Technician prejudica (e muito) seu dano final. Com isso, todo o potencial apresentado não se converte em eficácia, deixando o Giovanni à mercê de todos os outros líderes.

O veredito

Com base nas informações apresentadas, a disputa ficou entre Sabrina (óbvio) e a Misty. Em um confronto 1vs1 entre as duas, a Misty tem vantagem, pois nenhum Pokémon da Sabrina possui golpes elétricos e, com isso, o Gyarados não precisa se preocupar e pode começar a morder todos os Pokémon adversários para causar toneladas de dano. Por conta do equilíbrio de stats da Starmie e por também ter o tipo PSYCHIC, o principal STAB da telepata, em teoria, não é a melhor opção, haja vista que seu dano será reduzido pela metade. Ainda, os golpes de cobertura dos Pokémon da Sabrina não são muito fortes, e sem STAB não podem ser considerados como um trunfo, diferente da serpente marinha. Embora o Brock, Erika e Koga tenham um potencial tremendo, seus times são cobertos por apenas um Pokémon de cada uma das finalistas, sendo que o inverso não acontece, pois o Slowbro da Sabrina e a Starmie da Misty vencem - por coincidência ou não ambos com a mesma combinação de tipos - com certa facilidade seus adversários.
Portanto, podemos dizer que a líder de ginásio mais forte da região de Kanto é a Misty! E vocês, concordam com o resultado final? Acham que outro líder é o mais forte? Deixem a opinião de vocês nos comentários e vamo que vamo!
Revisão: Jhonatan Rodrigues

Formado em Sistemas de Informação e atualmente trabalhando com Integração entre Sistemas, Victor Carreta é fã de Pokémon desde os oito anos de idade, quando teve o primeiro contato com a franquia em seu Game Boy Color e desde então, são mais de 20 anos de alegria. Fanático por vídeo-games, gostaria de poder jogar mais tempo do que trabalha. Começou a tomar gosto por escrever quando estava caçando notícias sobre jogos da Nintendo e por acaso, acessou um tal de Nintendo Blast. Enquanto não está escrevendo, pode ser encontrado pela região de Sinnoh, torcendo por um remake dessa geração, que é a melhor de todas.

Comentários

Google
Disqus
Facebook