Pokémon Blast

De Kanto a Galar: Uma viagem pelas regiões do mundo Pokémon

Descubra informações como lendas sobrenaturais, inspirações no mundo real e aspectos geográficos de cada região.

Com Pokémon Sword and Shield (Switch) chegando em breve, resolvemos fazer uma retrospectiva completa das regiões da série. Das populares cidades de Kanto aos inexplorados cenários de Galar, confira um pouquinho sobre cada região de Pokémon e o que as tornam tão especiais e queridas pelos fãs:

Kanto - Origem, Nostalgia e Cor

Kanto é a primeira - e mais popular - região da franquia. Constantemente criticada por ser bastante explorada na mídia, é a terra de origem dos 151 primeiros monstrinhos da Pokédex. Ela tem como inspiração uma região de mesmo nome no Japão, que fica na ilha de Honshu, além de possuir cidades bastante populares como Lavender Town, dona de uma das trilhas sonoras mais arrepiantes dos games, e Pallet Town, cidade natal dos protagonistas da primeira geração nos jogos e no anime.

Uma curiosidade sobre Kanto é que o conceito utilizado para nomear as cidades é relacionado com as cores. Ou seja, cada cidade possui um nome de uma cor ou tonalidade diferente, menos a cidade de Pallet, cuja tradução seria “paleta”, que ainda assim possui alguma ligação com o assunto. Vale lembrar que os primeiros jogos que se passam nessa região também possuem cores em seus títulos, e são eles: Pokémon Blue, Green, Red e Yellow (GB).


Ela é conhecida também pela qualidade das pesquisas relacionadas a Pokémon, já que foi neste local que o clone sombrio de Mew, Mewtwo, foi criado por meio de experimentos realizados pela Equipe Rocket. Já as lendas e mitos de Kanto deixam a desejar, pois enquanto os lendários de outras regiões possuem histórias de origem emocionantes, o trio de pássaros elementais apenas é inspirado nas estações do ano desta nação: Articuno representa o inverno, Zapdos a primavera e Moltres o verão.



Kanto

Gerações: I, II, III, IV e VII.
Jogos: Pokémon Red/Blue/Green/Yellow, Gold/Silver/Crystal, FireRed/LeafGreen, HeartGold/SoulSilver e Let's Go, Pikachu!/Let's Go, Eevee!.
Cidades: Pallet Town, Viridian City, Pewter City, Cerulean City, Vermilion City, Lavender Town, Celadon City, Fuchsia City e Saffron City.
Insígnias: Rocha, Cascata, Trovão, Arco-Íris, Alma, Lama, Vulcão e Terra.
Professor: Oak (Carvalho).
Equipe antagonista: Equipe Rocket.
Pokémons Iniciais: Bulbasaur/Ivysaur/Venusaur, Charmander/Charmeleon/Charizard e Squirtle/Wartortle/Blastoise.
Pokémons Míticos/Lendários: Articuno, Zapdos, Moltres, Mewtwo e Mew.

Johto - Cultura, Tradição e Inovação

Johto, assim como sua antecessora, é uma região inspirada em terras japonesas, mais precisamente nas regiões de Kansai e Chubu do país. Ela faz fronteira com Kanto e se localiza ao oeste desta região. Um fato é que ambas compartilham o mesmo local de sede da Liga Pokémon: o Planalto Índigo, que está localizado entre as regiões.



A história de Johto é bem rica, mas nem por isso a tecnologia deixa de estar presente na vida de seus habitantes. Isso é bem representado pela diferença entre a cidade de Ecruteak e a cidade de Goldenrod, cujas descrições são, respectivamente: "Uma cidade que até hoje exibe marcas de sua história", e  "Uma cidade desenvolvida onde pessoas e Pokémon vêm e vão como desejarem". (tradução livre). Outra curiosidade: tal como as cores em Kanto, as plantas são os elementos de inspiração para os nomes das cidades de Johto.

Para ilustrar a riqueza cultural da região, pode-se mencionar a história dos três “cães” lendários - o uso das aspas foi devido ao curioso fato de que eles não foram inspirados em cães, mas sim em animais felinos. Segundo a lenda, a Torre Brass e a Torre Bell, situadas na cidade de Ecruteak, representavam a amizade entre humanos e Pokémon e eram habitadas pelos lendários Lugia e Ho-Oh. 



Um dia, um raio atingiu a Brass Tower e a incendiou, fazendo com que estes Pokémon abandonassem o local. Algum tempo depois, uma chuva poderosa apagou o incêndio, no qual as vidas de Raikou, Entei e Suicune haviam sido tiradas. Assim, Ho-Oh utilizou seus poderes e reviveu o trio, que acabou adquirindo poderes relacionados à tragédia: Raikou ganhou o poder do raio que atingiu a torre, Entei ganhou o poder do fogo que queimou a torre durante três dias e Suicune ganhou o poder da chuva que apagou o incêndio. 



Johto

Gerações: II, IV
Jogos: Gold/Silver, Crystal e HeartGold/SoulSilver.
Cidades: New Bark Town, Cherrygrove City, Violet City, Azalea Town, Goldenrod City, Ecruteak City, Olivine City, Cianwood City, Mahogany Town e Blackthorn City.
Insígnias: Zéfiro, Colmeia, Planície, Névoa, Tempestade, Mineral, Geleira e Ascensão. 
Professor: Elm. 
Equipe antagonista: Equipe Rocket.
Pokémons Iniciais: Chikorita/Bayleef/Meganium, Cyndaquil/Quilava/Typhlosion e Totodile/Croconaw/Feraligatr.
Pokémons Míticos/Lendários: Entei, Suicune, Raikou, Ho-oh, Lugia e Celebi. 

Hoenn - Dualidade, Confrontos e Relacionamentos

A origem de Hoenn envolve uma longa batalha entre dois Pokémon lendários em suas formas primárias: Groudon e Kyogre. Enquanto o primeiro foi responsável por erguer as terras da região, o segundo foi quem encheu de água os mares. Mas o encontro de ambos fez de Hoenn o palco de batalhas intensas pela dominância do ambiente. Coube a outro lendário, Rayquaza, apartar a briga e adormecer a dupla em cavernas separadas, até que a Team Aqua ou a Team Magma consiga despertar um deles e restabelecer o caos no local.



As cidades de Hoenn não possuem algum elemento específico como conceito para suas nomeações, mas todas elas compartilham uma mesma estrutura: a união de duas palavras em um só nome. Exemplos disso são a cidade de Littleroot (Little + Root) e de Fortree (Fort + Tree). Além disso, a região também possui como inspiração o Japão, neste caso a ilha de Kyushu.

Um assunto bastante tratado em Hoenn são os relacionamentos entre humanos e Pokémon, mas o que mais manifesta-se na região é a dualidade das relações entre os seres. Isso pode ser notado por diversos fatores, como o fato de que é a única região com duas equipes antagonistas diferentes, ou até mesmo pelo aspecto geográfico do mapa, que dá a impressão de que metade do território é composto por ambientes terrestres e a outra pelo oceano.


Hoenn

Gerações: III, VI
Jogos: Pokémon Ruby/Sapphire, Emerald e Omega Ruby/Alpha Sapphire.
Cidades: Littleroot Town, Oldale Town, Petalburg City, Rustboro City, Dewford Town, Slateport City, Mauville City, Verdanturf Town, Fallarbor Town, Lavaridge Town, Fortree City, Lilycove City, Mossdeep City, Sootopolis City, Pacifidlog Town e Ever Grande City.
Insígnias: Pedra, Articulação, Dínamo, Calor, Equilíbrio, Pena, Mente e Chuva.
Professor: Birch. 
Equipes antagonistas: Equipe Aqua/Magma.
Pokémons Iniciais: Treecko/Grovyle/Sceptile, Torchic/Combusken/Blaziken e Mudkip/Marshtomp/Swampert.
Pokémons Míticos/Lendários: Regirock, Regice, Registeel, Latias, Latios, Groudon, Kyogre, Rayquaza, Jirachi e Deoxys. 

Sinnoh - Nascimento, Divisão e Mistérios

A última das regiões inspiradas em territórios japoneses, Sinnoh possui como principais referências a ilha de Hokkaido, no Japão, e uma parte da ilha Sakhalin, na Rússia. Ao contrário de Hoenn, que exalta abundância em cenários aquáticos, a região original da quarta geração é predominantemente terrestre, com a presença de poucas rotas em mares e uma grande quantidade de montanhas em sua geografia.

O clima de Sinnoh, também em contradição com a região anterior, é mais frio por conta de seu relevo montanhoso. Afinal, não é à toa que é a primeira região a apresentar neve nos games. Seu território é dividido em duas sub-regiões pelo Mt. Coronet, cujo pico é onde está um dos portais para o Distortion World, lar do Pokémon lendário Giratina (o outro acesso para esta dimensão está na Turnback Cave). 



A parte ocidental é mais rural, com terras férteis, costas rochosas e uma usina de energia eólica que distribui energia para as cidades da região. Ironicamente, a cidade com tecnologia mais avançada, Jubilife City, está nesta parte. Já na sub-região oriental estão outros pontos importantes, como uma loja de departamento em Veilstone City e a “safari zone” desta geração, chamada de “Great Marsh” e localizada em Pastoria City, além de concentrar o maior número de ginásios de Sinnoh.

Além disso, a região foi responsável por apresentar o Pokémon Arceus, que é considerado o Deus deste universo. Por isso, especula-se que Sinnoh foi o primeiro local a ser criado no mundo Pokémon. Segundo os próprios criadores da série, o nome “Sinnoh” quer dizer “mistérios”, ou seja, o misticismo da região mostra-se evidente até mesmo nos pequenos detalhes. 


Sinnoh

Geração: IV.
Jogos: Pokémon Diamond/Pearl e Platinum.
Cidades: Twinleaf Town, Sandgem Town, Jubilife City, Oreburgh City, Floaroma Town, Eterna City, Hearthome City, Solaceon Town, Veilstone City, Pastoria City, Celestic Town, Canalave City, Snowpoint City e Sunyshore City.
Insígnias: Carvão, Floresta, Pedregulho, Pântano, Relíquia, Mina, Sincelo e Farol. 
Professor: Rowan. 
Equipe antagonista: Equipe Galactic.
Pokémons Iniciais: Turtwig/Grotle/Torterra, Chinchar/Monferno/Infernape e Piplup/Prinplup/Empoleon.
Pokémons Míticos/Lendários: Uxie, Mesprit, Azelf, Dialga, Palkia, Heatran, Regigigas, Giratina, Cresselia, Phione, Manaphy, Darkrai, Shaymin e Arceus.

Unova - Diversidade, Renascimento e Harmonia

Diferentemente das quatro regiões anteriores, Unova não é inspirada no Japão, mas sim em Nova York. E ainda que a metrópole seja a principal referência para sua criação, existem traços de inspiração de partes de todo o estado além deste centro urbano. O nome “Unova” parte dos termos em latim “Unum” (um) e “Nova” (novo), o que representa o quão revolucionária essa região foi ao romper com alguns padrões recorrentes na série até então.



Em japonês, Isshu, o significado varia um pouco, pois é derivado da palavra “isshurui”, que quer dizer “um tipo”. Isso indica que apesar da ampla diversidade da região, todos os seres se comportam como se fossem o mesmo ser. Geograficamente, Unova é dividida em três grandes porções de terra cortadas por dois rios. Além disso, sua localização é considerada distante das demais regiões apresentadas anteriormente. 

A história de origem da região tem raízes no taoísmo, religião com o princípio do Yin Yang, princípio que serve de referência, inclusive, para as cores do título do jogo. Segundo a lenda, antigamente dois jovens irmãos gêmeos e um dragão tinham o plano de construir uma nação onde todos - humanos e Pokémon - poderiam ser felizes e viver em harmonia, e assim foi fundada Unova.

Porém, os irmãos começaram a brigar já que tinham visões de mundo diferentes. Enquanto o mais velho era mais realista e priorizava a verdade acima de tudo, o gêmeo caçula sempre buscava explorar mais, tinha objetivos mais idealistas. A dúvida do dragão sobre quem apoiar era tão intensa que ele se dividiu em dois seres: Reshiram e Zekrom, Pokémon lendários da quinta geração, que defendiam os ideais do irmão mais velho e mais novo, respectivamente.



O Yin Yang é aplicado justamente nesse embate, pois enquanto os dragões tratavam um ao outro como rivais, Unova era gradativamente destruída. Porém, ao reconhecer que não havia um único lado certo e sim que ambos eram complementares, a trágica batalha havia sido encerrada. Assim, a região poderia ser reconstruída e recuperar os valores que a haviam fundado originalmente: a união e harmonia entre seres humanos e Pokémon, mesmo com a diversidade presente na nação. 


Unova

Geração: V.
Jogos: Pokémon Black/White, Black 2/White 2.
Cidades: Nuvema Town, Accumula Town, Striaton City, Nacrene City, Castelia City, Nimbasa City, Anville Town, Driftveil City, Mistralton City, Icirrus City, Opelucid City, Lacunosa Town, Undella Town, Black City, Aspertia City, Floccesy Town, Virbank City, Lentimas Town e Humilau City.
Insígnias: Trio, Básica, Inseto, Raio, Tremor, Jato, Congelamento e Tóxica, além das opcionais Lenda e Onda. 
Professor: Juniper.
Equipe antagonista: Equipe Plasma.
Pokémons Iniciais: Snivy/Servine/Serperior, Tepig/Pignite/Emboar e Oshawott/Dewott/Samurott.
Pokémons Míticos/Lendários: Victini, Cobalion, Terrakion, Virizion, Tornadus, Thundurus, Reshiram, Zekrom, Landorus, Kyurem, Keldeo, Meloetta e Genesect.

Kalos - Beleza, Luz e Elegância

Assim como Unova é baseada em Nova York, Kalos, a região original da sexta geração de Pokémon, é baseada na França. Tal inspiração fica bem evidente ao observar as semelhanças entre Paris e Lumiose City, “uma deslumbrante metrópole de arte e artifício, localizada bem no coração da região de Kalos” (tradução livre da descrição da cidade em Pokémon X/Y, para 3DS). Nela, estão a Prism Tower, inspirada na Torre Eiffel, e o Lumiose Museum, baseado no Museu do Louvre. 



A geografia de Kalos é bastante interessante, visto que ela possui uma forma de estrela. Apesar de estar localizada bem longe das demais regiões, ela é tratada como um centro cultural que agrega aspectos das outras comunidades, sendo um destino turístico cobiçado pelos viajantes do mundo Pokémon. O curioso é que as letras que nomeiam os jogos e o anime desta geração (X e Y) se encaixam perfeitamente no formato de estrela da região.

O conceito por trás do design dos elementos de Kalos baseia-se em um ideal de beleza, tanto que a inspiração do nome da região parte do termo grego κάλλος, que possui este mesmo significado. Outro ponto que reforça isso é o objetivo da Team Flare, equipe antagonista da região. Ela busca criar um mundo “melhor e mais belo” por meio da coleta de recursos de maneira ilegal. Seu líder, Lysandre, chega a criar uma arma suprema com o plano de recriar uma sociedade com mais beleza a partir de sua própria imagem. 



Outros fatores também transparecem esse ideal, como o fato de que Pokémon X/Y foram os primeiros jogos da série ao trazer a customização do(a) protagonista. Além disso, a pronúncia dos nomes de lugares, NPCs e Pokémon típicos da região assemelham-se fortemente com a língua francesa, o que agrega, segundo os padrões de beleza europeus presentes na sociedade, certa elegância a estes seres. 


Kalos

Geração: VI.
Jogos: Pokémon X/Y.
Cidades: Vaniville Town, Aquacorde Town‎, Santalune City, Lumiose City, Camphrier Town, Cyllage City, Ambrette Town, Geosenge Town, Shalour City, Coumarine City, Laverre City, Dendemille Town Anistar City, Couriway Town, Snowbelle City e Kiloude City‎.
Insígnias: Inseto, Penhasco, Estrondo, Planta, Voltagem, Fada, Psíquico e Iceberg.
Professor: Sycamore. 
Equipe antagonista: Equipe Flare.
Pokémons Iniciais: Chespin/Quilladin/Chesnaught, Fennekin/Braixen/Delphox e Froakie/Frogadier/Greninja.
Pokémons Míticos/Lendários: Xerneas, Yveltal, Zygarde, Diancie e Hoopa.

Alola - Vitalidade, Aloha e Reinvenção

Alola, diferentemente dos locais anteriores, é na verdade um arquipélago formado por cinco ilhas: Melemele Island, Akala Island, Ula'ula Island, Poni Island e Aether Paradise, sendo que esta última foi construída pelos seres humanos. A principal referência - e possivelmente a mais explícita - da região é o estado do Havaí, nos Estados Unidos. Entre as várias semelhanças notáveis, vale destacar a similitude da pronúncia dos termos “Aloha”, expressão popular no arquipélago norte-americano, e “Alola”, palavra que dá nome à região fictícia. 



Uma breve curiosidade: “Alola” é um palíndromo, ou seja, pode ser lida tanto da direita para a esquerda quanto da esquerda para a direita. A região também é responsável pela reinvenção de alguns elementos da série, como a descontinuação do uso de HMs (Hidden Moves/Movimentos Ocultos como Surf e Fly) e a substituição dos tradicionais líderes de ginásios por trials, que são compostos por tarefas como batalhar e procurar itens e possuem a finalidade de testar as habilidades dos treinadores.

Por fim, vale mencionar uma das maiores novidades da sétima geração: as Alolan Forms dos Pokémon. Diversos monstrinhos de Kanto receberam uma versão alternativa em Alola, como Exeggutor, que ganhou alguns (muitos) metros de altura, e Marowak, que tornou-se um Pokémon mais sombrio dos tipos Fantasma e Fogo. Porém, tal conceito não será exclusivo desta região, visto que foi incorporado novamente em Galar com as Galarian Forms, dessa vez com Pokémon de outras gerações além da primeira. 

Alola

Geração: VII.
Jogos: Pokémon Sun/Moon e Ultra Sun/Ultra Moon.
Cidades: Iki Town, Hau'oli City, Heahea City, Paniola Town, Konikoni City, Malie City, Tapu Village e Po Town.
Insígnias: Não estão presentes.
Professor: Kukui. 
Equipe antagonista: Equipe Skull.
Pokémons Iniciais: Rowlet/Dartrix/Decidueye, Litten/Torracat/Incineroar e Popplio/Brionne/Primarina.
Pokémons Míticos/Lendários: Solgaleo, Lunala, Cosmog, Zygarde, Tapu Koko, Tapu Lele, Tapu Bulu, Tapu Fini e Necrozma.

Galar - Classe, Modernidade e Empolgação

Há muito tempo circulam pela internet especulações de que a próxima região de Pokémon seria inspirada na Inglaterra. Com a revelação de alguns detalhes de Galar, estes rumores foram confirmados. Com vastas planícies cheias de grama e algumas civilizações mais modernas, as semelhanças do cenário “galariano” com o britânico são incontestáveis. 



Por exemplo, na cidade localizada ao norte da região é possível identificar duas construções no mínimo peculiares: uma torre de relógio e uma roda-gigante, que fazem uma clara referência ao Big Ben e ao London Eye, respectivamente. Além disso, o novo design por trás dos ginásios Pokémon, que agora são grandes estádios, fazem alusão ao fato de que a Inglaterra é o país onde o futebol foi desenvolvido.

Até mesmo os próprios Pokémon de Galar possuem elementos britânicos como referência. O Sirfetch'd, nova evolução do Farfetch'd, inspira-se nos cavaleiros da Ordem do Império Britânico. Já o Galarian Weezing, versão alternativa do Pokémon apresentado na primeira geração, tem uma chaminé no topo de seu corpo que parece uma cartola, ambos objetos que lembram a Inglaterra por conta das indústrias e dos trajes elegantes típicos do país. 

Galar

Geração: VIII.
Jogos: Pokémon Sword/Shield.
Cidades: Não foram reveladas.
Insígnias: Não foram reveladas.
Professor: Magnolia. 
Equipe antagonista: Equipe Yell.
Pokémons Iniciais: Grookey, Scorbunny e Sobble (suas evoluções não foram reveladas).
Pokémons Míticos/Lendários: Zacian e Zamazenta.


Bônus - Pocket Monsters 

Já que o tema da matéria são as regiões do universo Pokémon, nada mais justo do que terminá-la mencionando a próxima série animada que estreará ainda este ano: Pocket Monsters. Nela, uma nova dupla dividirá o protagonismo com Ash e Pikachu: Gou e seu parceiro Scorbunny. Segundo o teaser, o anime irá explorar um pouco de cada região, visto que diversos Pokémon e cenários de outros lugares já conhecidos estão presentes na arte promocional.



Enfim, com tantas novidades chegando em breve, fica difícil não se empolgar com cada detalhe revelado. Enquanto isso, resta relembrar as gerações anteriores e questionar o futuro da franquia. Qual a região favorita de vocês? Animados(as) para Pokémon Sword and Shield? E para a série animada Pocket Monsters? Deixem suas opiniões nos comentários!

Revisão: Vladimir Machado

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook