Pokémon Sword/Shield (Switch) terão 18 ginásios diferentes

Os ginásios ficarão espalhados em duas divisões: 'Major' e 'Minor'.

Durante seis gerações seguidas, a franquia Pokémon aderiu o mesmo formato de oito ginásios e uma batalha com a elite dos quatro no final da aventura. O sistema de progresso continuou sem nenhuma mudança até a geração passada, em que os jogos Pokémon Sun and Moon decidiram acabar totalmente com o sistema de ginásios. A alteração bastante drástica não deixou de causar certa polêmica, no entanto, pelo que foi revelado recentemente na revista Game Informer, novas mudanças estão a caminho em Pokémon Sword/Shield.


Nos novos jogos da oitava geração da série, ao contrário dos tradicionais oito desafios, dezoito ginásios estarão presentes na região de Galar. Seguindo a linha baseada em jogos de futebol da competição Pokémon na nova região, os ginásios estarão espalhados em duas ligas distintas: a 'Major e a 'Minor'. Algo como a liga principal e a "menor", ou melhor ainda, a primeira e a segunda divisão do campeonato. Adicionalmente, ginásios diferentes irão participar de cada divisão e também poderão mudar de acordo com a versão que você estiver jogando, Sword ou Shield.

Por exemplo, como já foi revelado anteriormente, o ginásio tipo lutador da líder Bea será exclusivo de Pokémon Sword, e o ginásio tipo fantasma de Allister só poderá ser desafiado em Pokémon Shield — e, ao que parece, ambos fazem parte da liga principal de cada versão.

Além disso, tudo indica que a ordem e a colocação dos ginásios são alteradas a cada ano na região de Galar, assim como em uma competição esportiva. Ainda não se sabe como isso afetará o jogo em si, ou nem mesmo se será possível desafiar todos os dezoito ginásios em um mesmo jogo, mas com a data de lançamento tão próxima novas informações deverão aparecer em breve.

Pokémon Sword/Shield serão lançados para o Nintendo Switch no dia 15 de novembro de 2019.


Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook