Paper Mario: The Origami King (Switch) - um mergulho no segundo trailer

Venha conosco olhar mais a fundo as novidades apresentadas no segundo trailer do mais novo Paper Mario.




Como já não bastasse o primeiro trailer de The Origami King, que nos pegou de total surpresa, um novo trailer foi lançado, carregado de informações novas sobre o novo título da série Paper Mario.


Assim como fizemos com o primeiro, vamos dar uma olhadinha mais a fundo no que foi mostrado nessa apresentação de cinco minutos. Várias especulações que tivemos no artigo passado foram confirmadas e novos questionamentos criados.

Lembrando que, com exceção do que foi confirmado oficialmente no trailer, todas os comentários ditos aqui são apenas ideias nossas do que poderia acontecer no jogo.

O que já esperávamos

Quando fizemos a análise do primeiro trailer, chegamos a escrever algumas coisas que já imaginávamos que seriam confirmadas mais cedo, ou mais tarde. Primeiro, a história foi confirmada com King Olly sequestrando Peach e causando problemas para cima e para baixo.


Além de tomar o castelo da princesa para si e colocá-lo no topo de uma montanha, ele o envolveu com cinco fitas que precisam ser destruídas em sua origem, cada uma se localiza em um extremo do Reino dos Cogumelos.

Nos baseamos nas imagens oferecidas no trailer para identificar onde cada fita se encontra:
  • Amarelo: A fita amarela aparece diversas vezes em cenários de deserto. Provavelmente ela aparecerá no oásis dos Snifit - os inimigos que espirram bolas. Com base no que foi mostrado, Mario terá de desvendar as ruínas deste deserto e é bem capaz que conheçamos o Professor Toad nessa fase;
  • Verde: Com as imagens mostradas no trailer, a fita verde aparece em um cenário flutuante, provavelmente a região do “céu” do jogo. É possível ver uma arquitetura que lembra as colunas gregas, provavelmente imitando um Olimpo dos Toads. Parece que conheceremos Kamek nesta região;
  • Azul: Podemos ver a fita azul sobrevoando um cenário montanhoso com folhas avermelhadas. O narrador do trailer confirma que está no outono. Também vemos um teleférico na região, talvez seja o mesmo em que conhecemos o Bob-omb companheiro. Não somente pelas imagens, mas pela paleta de cores, parece que a mansão ninja fica nessa região também;
  • Rosa: A fita rosa aparece sobre o mar, e também foi mostrado um trecho da gameplay na qual iremos controlar um barco pela oceano. Não é confirmado, mas pode ser que o cenário da floresta tropical esteja localizado nesta região;
  • Vermelho: Por eliminação, o único cenário apontado no trailer que não possui uma fita nas imagens é o sistema de bueiros. Provavelmente são os bueiros da Toad Town, assim como em Paper Mario (N64).
Além dos cinco cenários apontados acima, vimos também locais de gelo e uma outra floresta, menos densa. E claro, dois cenários que já eram de se esperar: a Toad Town e a montanha na qual o castelo da Peach se encontra.


Em uma das imagens disponíveis na internet, podemos ver um cenário com seis canos, cinco deles com as respectivas cores das cinco fitas e um sexto com uma cor escura. Provavelmente este último nos leva ao Origami King. Mas nada disso é confirmado.

Outra coisa que pudemos confirmar é a presença dos companheiros, não que as imagens negassem a volta deles à franquia, mas agora temos uma confirmação oficial. Foi dito que teremos os companheiros: Bob-omb, Magikoopa e o Professor Toad. Também foi confirmada Olivia, a irmã do King Olly.

Apesar de apresentar esses companheiros, alguns outros personagens aparecem no jogo, como um Koopa Troopa, o Bowser dobrado e Bowser Jr. em seu planador de palhaço. Pode ser que eles sejam apenas companheiros de missões específicas, tanto que o narrador comenta que “alguns deles te ajudarão em batalhas”. E por falar em lutas, outra confirmação foi o novo sistema de batalhas.


Agora Mario ficará no centro de uma arena, onde existe quatro círculos que o circundam. Os inimigos ficam cada um em um respectivo espaço dentro desses círculos e o jogador deve alinhá-los da melhor forma para causar dano neles. Teremos 30 segundos para encontrar a organização mais adequada para conseguirmos vantagem ao atacar. Há também a possibilidade de comprar mais tempo, caso o jogador precise.

O que é novo

A partir daqui vamos comentar sobre o que ainda não tínhamos informação até o momento da revelação do trailer, juntamente de outras dúvidas levantadas.

Ainda na parte de batalhas, pudemos ver mais como elas vão funcionar no jogo final. Além do contador de segundos para realinhar os inimigos, podemos ver que Mario tem uma quantidade limitada de movimentos na organização, além de poder pedir ajuda à Olivia.

Vemos mais dois botões escritos “Cheer” e “Flee”. O primeiro lembra muito o Paper Mario: The Thousand-Year Door (NGC), no qual a participação dos espectadores dava vantagens aos jogadores. Não há como saber o que esse botão faz, por enquanto. Há momentos em que os Toads da plateia falam dicas para Mario organizar os inimigos.


No site britânico do jogo, é dito que ao clicar nesse botão, você receberá dicas dos Toads espectadores, assim como ajudas para recuperar pontos de vida e até uma resolução parcial dos quebra-cabeças. Já o “Flee” é um velho conhecido dos jogadores, basta usá-lo quando quiser sair de uma batalha indesejada.

E Mario não enfrentará somente inimigos de origami, há também os chefões de cada fita, responsáveis por guardá-las, para que Mario não consiga salvar Peach. Foram apresentados três dos supostos cinco presentes no jogo.

O mais interessante é que ao invés de eles imitarem alguns dos habitantes do Reino dos Cogumelos, agora eles são utensílios de papelaria. São eles: uma caixa de lápis colorido, um boneco feito de elásticos de borracha e uma fita adesiva. Nessas batalhas, Mario não ataca diretamente, ele deve usar os quatro círculos da arena para encontrar um caminho até o oponente.


Outras coisas prometidas no jogo foram a quantidade de colecionáveis e surpresas escondidas nos cenários do jogo. Assim como era nos primeiros Paper Mario, os cenários guardam diversos itens e pequenos quebra-cabeças para o jogador desvendar, além da campanha principal.


O jogador poderá jogar confete de papel para cima e tampar buracos no cenário, que completam uma seção perdida, o que pode te dar moedas e, possivelmente, itens específicos, assim como a mecânica de cores em Paper Mario: Color Splash (Wii U). Também existem Toads disfarçados no jogo, eles foram dobrados pelo King Olly para parecerem dobraduras de origami, e cabe a Mario encontrá-los. Ao que parece, salvar vários Toads pode ajudar em vantagens nas batalhas.

O trailer promete que há partes no cenário que escondem itens e é possível participar de minigames e, possivelmente, side-quests para conseguir recompensas no jogo. Mario aparece recebendo um Koopa Troopa feito de papel machê, e isso pode ser um indício que haja diversas figuras para colecionar no jogo.

O que falta falar

Bem, a partir daqui iremos mais no que a nossa imaginação autorizar. Como ainda há muitas informações não comentadas, vamos nos questionar o que elas podem significar dentro do jogo.

Primeiro é dito que há cenários vastos dentro do jogo, isso se prova através dos trailers. É quase impossível encontrar locais com os famosos campos para troca de cenário, como havia nos primeiros jogos da série. Color Splash já nos apresentou cenários mais vastos, apesar das separações por mundos, assim como Super Mario World (SNES). Será que teremos o mesmo nível de vastidão, ou agora será ainda maior no Switch? Só o jogo dirá.

Também vemos alguns inimigos que se destacam no jogo, não feitos de origami, nem os chefões, como os utensílios de papelaria, que são seres do universo Mario, mas feitos de uma estrutura oca e papel machê. Não há nenhuma batalha que mostre a presença deles, mas já vimos Goombas enormes, Chain Chomps, Koopa Troopas, Skipey e até um Gooper Blooper dessa forma. Talvez eles sejam um tipo de inimigo em que se deve batalhar de uma forma diferenciada, ou podem ser destruídos sem nem mesmo entrar na mecânica de lutas por turno.


Bem, essa foi uma passada pelo segundo trailer do mais novo Paper Mario, ainda há muitas coisas para desvendar sobre o jogo.

Paper Mario: The Origami King é um jogo exclusivo para Nintendo Switch que será lançado em 17 de julho de 2020.

Revisão: Felipe Fina Franco

Estudante de Sistemas da Informação que gostaria de aprender todas as línguas existentes, mal sabendo lidar com as duas que já fala. Descobriu seu amor pela Nintendo ao conhecer Super Mario 64 e desde então nunca mais largou os cogumelos, karts e rúpias que encontrou em seu caminho.


Disqus
Facebook
Google