Pokémon Blast

Estaria a Game Freak planejando a volta das Mega Evoluções e Z-Moves?

Com base na Pokédex de Galar e nas adições feitas no primeiro pacote de DLC da franquia, podemos ter a volta dessas características muito em breve

A cada nova geração, uma nova mecânica em relação às batalhas entre os Pokémon é lançada e meio que define o rumo do cenário competitivo, e parte da história da campanha principal. Em Pokémon Sword/Shield, tivemos a adição do fenômeno Dynamax e há quem diga que este é o último suspiro da Game Freak em termos de “inovação”, já que esta particularidade da região de Galar se aproxima muito de duas outras funcionalidades passadas: as mega evoluções e os movimentos Z.


Durante a divulgação dos novos jogos da franquia, foi dito pela Game Freak que as mega evoluções não fariam parte desta nova fase, bem como os cristais de Alola. Agora, será que realmente não veremos mais uma vez as mega evoluções em Galar? A resposta para essa pergunta parece ter sido dividida em três partes, sendo que duas delas já estão presentes e ninguém se deu conta. Não entendeu? Vem com a gente!

Mega Herança

Em sua geração de estréia, as Mega Evoluções introduziram uma mecânica que foi reaproveitada nas gerações seguintes, tendo como premissa uma pulseira para a ativação deste efeito. Na região de Galar temos algo bem similar com o Dynamax Band e, embora apareça no pulso do personagem, não faz sentido ter duas pulseiras para ativação de duas transformações certo? É aí que a Game Freak pode nos surpreender, assim como fez na série Let’s Go.

Se você ainda não teve a oportunidade de jogar essas duas versões, saiba que para um Pokémon passar pelo processo de Mega Evolução é necessário que o jogador tenha dois itens: a pulseira e a pedra correspondente ao Pokémon que deseja mega evoluir. Contudo, nos jogos da série Let’s Go não foi implementada a mecânica de “Hold Itens”, ou seja, não temos que equipar a mega pedra no monstrinho e com isso, temos a opção de mega evoluir nosso Mewtwo tanto para sua forma X como para sua forma Y, dependendo apenas de nossa escolha.



Isso pode indicar uma possível atualização na mecânica de Mega Evoluções, permitindo que os Pokémon aptos a passarem por essa transformação possam ter outros itens equipados, como o Life Orb, aumentando mais seu potencial destrutivo na batalha. Como ainda não temos uma posição oficial da Game Freak sobre o assunto, tudo isso não passa de mera especulação e há de concordar que seria bem legal a volta das Mega Evoluções, não é verdade? Quem sabe, não ganhamos novas formas? Vale lembrar que em Pokémon Sword/Shield temos a presença de alguns Pokémon que possuem mega evolução e alguns outros foram adicionados na Isle of Armor.

Movimentos de A a Z

Com base no que vimos até agora, o retorno dos movimentos Z também não seria algo de outro mundo. Isso porque, 90% dos Pokémon que possuem um Z-Move exclusivo estão presentes nas versões Sword/Shield. Ainda, com o lançamentos dos pacotes de conteúdo extra, é possível imaginar que os quatro guardiões de Alola voltem ao cenário e, com isso, teremos todos os Pokémon com movimentos Z exclusivos presentes no jogo.

Para o enredo geral do jogo, não faria tanta diferença, já que a história principal não depende desse elemento para avançar. A questão toda fica no âmbito competitivo. Já imaginou termos a opção de ativarmos Mega-Evoluções, Z-Moves e Dynamax, tudo isso em uma mesma batalha?
Splitered StoneShard, o Z-Move exclusivo de Lycanroc
As estratégias para confecção das equipes seriam elevadas, sem contar nos jogos mentais proporcionados por tantas variáveis em jogo. Se as batalhas em dupla garantem embates complexos, com a adição de duas ferramentas como essas, o poder de raciocínio dos jogadores com certeza será aprimorado, bem como um grande leque de opções, habilitando o jogador a montar equipes que aproveitam ao máximo as condições impostas pela estrutura do jogo.

O que o futuro reserva

Recentemente, com a adição do conteúdo extra da Isle of Armor, começaram os rumores em relação aos Pokémon que voltariam no segundo pacote de DLC da franquia, chamado de Crown Tundra. Após diversos “data mining” nos arquivos presentes nessa atualização, foram identificados possíveis registros que indicam quais são os monstrinhos que darão as caras nessa segunda parte.



Com base na imagem acima, podemos observar a volta de diversos Pokémon que possuem Mega Evolução, como Aerodactyl, os iniciais da região de Hoenn e Audino. Note que, apenas esse trio de iniciais está retornando e não os outros. Entenderam o X da questão? Por que não trazer o Empoleon de volta sendo que no trailer é possível ver diversos Eiscue na água? Ainda, o tema de Tundra remete ao frio, algo bem recorrente na região de Sinnoh.

Na verdade, o retorno dos iniciais de Hoenn pode indicar justamente a volta das Mega Evoluções, pois em conjunto dos iniciais de Kanto - que inclusive já estão presentes no jogo - são capazes de passar por essa transformação. De fato, Pokémon como Pidgeot, Ampharos e Banette não estão nessa lista e também podem mega evoluir. Porém, como essa lista não é oficial, ainda não sabemos se realmente esses são os Pokémon que voltarão no pacote da Crown Tundra.
E você, o que acha disso tudo? As mega evoluções e os movimentos Z teriam espaço no competitivo da oitava geração? Está torcendo para a volta dessas mecânicas e assim poder aproveitar mais da franquia? Deixe sua opinião nos comentários e vamos discutir sobre o tema.
 Revisão: Felipe Fina Franco

Fã de carteirinha dos monstrinhos de bolso desde os oito anos de idade, teve seu primeiro contato com a franquia no Game Boy Color e desde então, são mais de 20 anos de alegria. Fanático por vídeo-games, gostaria de poder jogar mais tempo do que trabalha.


Disqus
Facebook
Google