Blast from the Past

Dr. Mario 64 (N64) completa 20 anos

O último título estrelado pelo Mario lançado para Nintendo 64.

Dr. Mario é um dos mais antigos spin-offs do mascote da Nintendo, mas também um que teve poucas iterações ao longo desses anos. A sua versão mais recente, Dr. Mario World (Mobile), ainda não está disponível em todos os países, mesmo quase dois anos após seu lançamento.


Não conhecer essa franquia, portanto, é comum para diversos jogadores. Felizmente, os usuários do Nintendo Switch Online têm a oportunidade de jogar o primeiro Dr. Mario (NES). Infelizmente, o Dr. Mario 64 continua restrito aos donos do saudoso console de 64 bits. Por isso, nada mais justo do que recordar esse título, que está completando 20 anos em 2021.

O jogo que inspirou o jogo

Tetris é um game de origem russa, criado em plena Guerra Fria, em 1984. Com a chamada Cortina de Ferro instaurada, o que se passava no bloco soviético não era conhecido pelo resto do planeta. Por isso, o jogo provavelmente se perderia na história, se a Nintendo não fizesse um acordo com a empresa responsável e lançasse o quebra-cabeças no seu Game Boy em 1989.

Quase 40 anos depois de sua criação, Tetris é o segundo game mais vendido de todos os tempos, com mais de 170 milhões de cópias mundo afora, e a relação entre o game e a Nintendo se manteve sólida ao longo desse período. Inclusive, a mais recente versão produzida pela Nintendo, Tetris 99, foi bastante elogiada pelo criador Alexey Pajitnov.

Mario veste o jaleco

Em 1990, a Big N faz a sua própria adaptação da ideia e dos conceitos apresentados por Tetris. Em Dr. Mario (NES/GB), você deve alinhar as pílulas que caem do topo com os vírus presentes na tela, de acordo com as cores para conseguir eliminá-los. O jogo fez bastante sucesso na época, mas também enfrentou uma polêmica: pais fizeram duras críticas à presença de remédios em um produto voltado para crianças, o que poderia contribuir involuntariamente para acidentes envolvendo automedicação.

Talvez por isso a Nintendo tenha demorado tanto para visitar a franquia novamente. Dr. Mario 64 (N64) foi lançado em 9 de abril de 2001, e desta vez contava com um modo história. O mascote bigodudo tem as vitaminas cobiçadas por dois vilões, o Wario e o Mad Scienstein. Dessa forma, a empresa deixava claro que remédio é coisa séria e não pode ser manipulado por qualquer um.

Uma apresentação caprichada

A fim de desbloquear personagens jogáveis ​​adicionais, você deve embarcar no modo história. Colocando você no papel do bom médico ou do ganancioso Wario, o conto simples se concentra na recuperação das megavitaminas de Mario por meio da derrota do misterioso Mad Scienstein, além de uma ameaça secreta que se revela ao final da trama.

Semelhante às versões simplificadas dos personagens em Paper Mario, as caricaturas dos personagens são desenhadas em recortes de papel. Eles podem ser invertidos, esticados e balançados em uma forma ridiculamente caprichosa de animação de bonecos. Embora as esquetes ocorrendo entre as rodadas não sejam exatamente empolgantes, elas são divertidas o suficiente para merecer ser assistidas pela primeira vez.

Passar pela história e derrotar os oponentes cada vez mais desafiadores sem perder uma rodada é a única maneira de desbloquear todos os 20 personagens. Eles recebem uma classificação de estrelas de um a cinco com base em seus talentos. É uma pena que haja pouco aprofundamento aqui, pois isso teria feito da campanha single-player algo muito melhor.

Vários modos de se combater uma virose

Assim como no original, o jogo ocorre em uma garrafa grande que contém vírus vermelhos, amarelos ou azuis semelhantes a insetos. Para limpar o frasco, o Dr. Mario joga continuamente comprimidos coloridos. Seu trabalho é alinhar três dessas pílulas de forma que correspondam horizontal ou verticalmente ao vírus de uma determinada cor, o que o elimina. Combos que eliminam vários vírus recompensam você com pontos extras. Limpar um estágio permite que você avance para o próximo e assim por diante.

Além do modo clássico, onde destruir vírus é o único objetivo, os jogadores contam com outras opções de competição. Há o tradicional modo contra o computador. O modo Marathon desafia você a sobreviver o maior tempo possível. O Score Attack desafia você a limpar uma garrafa em três minutos ou menos. Já no modo Flash, apenas os vírus que piscam contam para a vitória. Essas duas últimas opções também estão disponíveis para disputas entre dois jogadores.

Uma boa equipe médica

A campanha para um ou dois jogadores fica em segundo plano em Dr. Mario 64. Como já dito anteriormente, é um modo raso e possui uma história mais preocupada em evitar as repercussões com os pais dos jogadores do que propriamente com entreter. O que garante vida longa ao título é ter outras três pessoas para partilhar da diversão. A própria embalagem do game deixa claro que o brilho está no modo multiplayer para quatro jogadores.

Aqui, fazer combos envia diferentes pedaços de lixo multicoloridos para um de seus oponentes. A batalha de equipe dois contra dois permite que você estoque lixo e envie todos sobre os oponentes de uma vez. Os modos para quatro jogadores podem ser muito divertidos e permite que jogadores novatos e experientes desafiem uns aos outros.

As contraindicações e os efeitos colaterais

Há alguns pontos que puxam a experiência de Dr. Mario 64 para baixo. A trilha sonora, por exemplo, tem algumas releituras atualizando as faixas do jogo de 1990. É o caso da música de abertura, logo acima. Também inclui algumas novidades, como a suave Chill e a otimista Que Que.

As trilhas de áudio são um pouco curtas e se tornam repetitivas muito rapidamente, fazendo com que desligá-las seja uma opção bem-vinda. Os outros bits de áudio do jogo são inexpressivos. Nem ofensivos, nem extraordinários. Para um jogo do Mario, é um ponto bem fora da curva.

Outro grande senão diz respeito à dificuldade. Para um quebra-cabeça com uma figura de infância tão cativante, Dr. Mario tem uma curva de aprendizado muito íngreme. Mesmo no modo fácil, o jogo se mostra extremamente desafiador e muitas vezes frustrante, especialmente quando você está tentando desbloquear personagens.

Diagnóstico

Embora não seja tão emocionante ou duradouro quanto poderia, Dr. Mario é um jogo de quebra-cabeça legítimo e satisfatório que é executado muito bem neste pacote para quatro jogadores. Foi um dos últimos jogos para N64 a ser lançado e não custava preço cheio, o que era justo pelo que entregava.

No geral, o Dr. Mario 64 foi bem recebido na época, com muitas críticas positivas. O GameRankings deu ao jogo uma pontuação de 70,03%, enquanto o Metacritic acumulou 71 pontos de 100.

E você, leitor, conhece a franquia Dr. Mario? Já jogou o título do Nintendo 64? Gostaria que a franquia fosse revitalizada no Switch? Continue a conversa aqui nos comentários.

Revisão: Vladimir Machado


Nascido no mesmo dia que Manoel Bandeira (mas com alguns anos de distância), perdido em Angra dos Reis (dos pobres e dos bobos da corte também), sob a influência da MPB, do rock e de coisas esquisitas como a Björk. Professor de história, acostumado a estar à margem de tudo e de todos por ser fora de moda. Gamer velho de guerra, comecei no Atari e até hoje não largo os mascotes - antes rivais - Mario e Sonic.


Disqus
Facebook
Google