Sequência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Switch) pode ter aspectos de seu gameplay revelados em patentes

Documentos detalham mecânicas bastante similares às apresentadas na E3 2021.

Sequência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild

O site europeu Gamereactor publicou, nesta terça-feira (14), uma série de novas patentes registradas pela Nintendo que podem detalhar aspectos do gameplay da sequência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Switch). Apesar de os documentos não fazerem referência explícita ao título, muitas das mecânicas presentes neles são similares às apresentadas no último trailer do jogo.


A primeira patente, submetida pela Big N em 26 de maio de 2021 no World Intellectual Property Organization (WIPO), mostra um sistema que determina as condições em que personagens controlados pelo jogador podem ser transportados para plataformas suspensas acima deles.

As imagens explicam que, caso a parte de baixo das plataformas e a parte de cima estejam a um determinado ângulo em relação ao personagem, ele pode atravessá-las. Isso combina com o trecho em que Link passa por dentro uma ilha flutuante no trailer e pode indicar que será possível realizar essa ação de modo livre no jogo.

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Outra patente, registrada no dia 24 de maio de 2021, representa uma mecânica em que objetos podem retornar ao seu espaço de origem por meio de inputs do jogador. Uma espécie de barra de energia aparece junto ao personagem quando essa habilidade está em funcionamento. O mecanismo descrito nos desenhos lembra o momento no vídeo em que Link retorna uma bola com espinhos em cima de inimigos com um poder emanado de seu braço.

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente


Já o último documento, o qual foi registrado em 26 de maio de 2021, descreve um sistema em que o personagem encontra-se em queda livre. Nesse estado é possível não só abrir um Paraglider, como também mudar a posição desse personagem no meio do ar e atirar com arco e flecha em diferentes direções. Exploração dos céus de Hyrule é grande parte do que foi mostrado do jogo até agora. 
Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente

Sequência Zelda Breath of the Wild Patente
A sequência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild está prevista para ser lançada em 2022.


Jornalista, analista de mídias e entusiasta de games desde que jogou Pokémon Azul no Game Boy Color nos anos 90. De lá para cá, tenta aproveitar ao máximo todos os consoles no pouco tempo que a vida adulta permite. Se não está escrevendo para o Blast ou demorando anos para zerar um jogo, está no Twitter (@DanielMorbi) e no Instagram (@daniel.skm)


Disqus
Facebook
Google