Entrevista

SNK vs Capcom: Card Fighters Clash (Switch): entrevista com Lionel Ackah e Adam Laatz, diretor de projetos e produtor do jogo

Conheça mais sobre os desafios técnicos desse port.


SNK vs Capcom: Card Fighers Clash
é uma incrível colaboração entre a Capcom e SNK em forma de um jogo de cartas, que, apesar de sua impressionante qualidade técnica para um game portátil de 1999, ficou pouco conhecida por pertencer ao Neo Geo Pocket. Felizmente, a SNK trouxe essa e outras pérolas da época para que possamos apreciá-las no Switch e, desse modo, conversamos com Adam Laatz e Lionel Ackah, respectivamente, o produtor e o diretor de projetos do jogo.
Primeiramente, gostaria de agradecer a oportunidade dessa entrevista, bem como por trazerem para plataformas modernas os jogos icônicos do NeoGeo Pocket Color, um console muito bom que ficou praticamente desconhecido pelo público brasileiro. Vamos às perguntas!

NB: Card Fighters Clash não faz parte da coletânea NEOGEO POCKET COLOR SELECTION Vol. 1. Podemos esperar a inclusão desse título em um Vol. 2?

Lionel: Como em qualquer compilação, muitas vezes depende do interesse e apoio dos fãs. Tudo o que podemos dizer por enquanto é que estamos mais do que satisfeitos com o feedback que recebemos.

NB: Há planos para lançamento em outras plataformas, como PlayStation, Xbox ou mobile?
Lionel: Nenhuma porta está fechada. Se virmos um claro interesse dos jogadores, definitivamente vamos considerar.

NB: Um recurso que achamos muito interessante em SNK VS. Capcom: Card Fighters Clash é a possibilidade de simular dois aparelhos simultaneamente em um único Switch, possibilitando multiplayer e a troca de cartas, além de poder fazer trocas com um perfil da SNK e outro da Capcom, já que algumas cartas são exclusivas de cada versão. Essa implementação foi muito trabalhosa?
Lionel: Este foi um desafio extremamente difícil para nossos colaboradores na Code Mystics, envolvendo muita engenharia reversa. E podemos dizer com orgulho que a Code Mystics respondeu ao chamado com o melhor que poderíamos esperar.


NB: Os jogos da série NEOGEO POCKET COLOR contam diferentes níveis de complexidade técnica. Houve algum desafio na hora de montar os jogos? O emulador já prevê eventuais particularidades técnicas ou foi necessário fazer alguma adaptação?
Jeff Vavasour (Code Mystics): Os mecanismos de negociação do Card Fighters Clash e também sua interatividade com o Match of the Millennium trouxeram novas complexidades e desafios. Nossa emulação de conexão não apenas emula uma conexão, mas sincroniza o outro cartucho para torná-la contínua e instantaneamente capaz de prosseguir. Queríamos minimizar a confusão e a dificuldade devido ao fato de os novos usuários não estarem necessariamente familiarizados com a configuração correta de conexões.

Devido à complexidade do jogo, tivemos que fazer engenharia reversa de uma variedade de estados do jogo das ROMs para determinar quando e como criar essa conexão. Isso criou alguns desafios devido às limitações dos jogos originais. Por exemplo, descobrimos que não era possível manter os dados salvos entre as ROMs em inglês e japonês para Card Fighters Clash, pois certos caracteres em cada idioma não eram suportados pelo outro, causando mau funcionamento da ROM se os dados fossem usados de forma intercambiável

NB: Assim como os demais jogos desta coleção, existem recursos extras interessantes, como a possibilidade de ver os manuais e caixas dos jogos. De onde veio a ideia de incluir essas opções?
Lionel: Essa ideia maravilhosa veio da Code Mystics. Com o preço atual do retrogaming, ficou difícil ter acesso à versão física. Esta foi uma excelente maneira de preservar as imagens físicas deles.


NB: Como vocês têm sentido a recepção do público após o lançamento de SNK Vs. Capcom: Card Fighters Clash? Afinal, mesmo recheado de personagens icônicos, a versão original já tem quase 22 anos.

Lionel: A recepção do público e da imprensa foi fantástica. Ficamos felizes em ver que não apenas nossos fãs antigos ficaram encantados em redescobrir sua experiência de infância, mas também ficamos satisfeitos em ver os recém-chegados colocando as mãos nessas joias dos velhos tempos e compartilhando suas experiências nas mídias sociais.
SNK vs Capcom: Card Figher's Clash é uma pérola que pode ser apreciada nos dias de hoje, pelos felizes proprietários de um Nintendo Switch ou PC. Confira nossa análise desse jogo imperdível para fãs de Trading Card Games e dos carismáticos personagens da SNK e da Capcom!
Revisão: Juliana Paiva Zapparoli

é engenheiro eletrônico e tem uma filha fofinha que tenta morder os controles do papai. Curte jogos de luta, corrida e ação.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.