Akka Arrh (Switch), novo shooter da Atari, é anunciado

Título é um remake de um protótipo cancelado em 1982.

A Atari anunciou o seu próximo lançamento: o shooter Akka Arrh. O título é fruto da parceria com Jeff Minter, fundador do estúdio Llamasoft e antigo colaborador da empresa, que criou o jogo Tempest 2000 para o Jaguar.


Trata-se de um remake de um protótipo lançado como teste de mercado nos arcades em 1982. Na época, os jogadores consideraram o game muito difícil e o projeto foi cancelado.

Esta é, portanto, a chance de experimentar um dos mais raros jogos da Atari. Seguem algumas informações adicionais:
  • Uma espiral de cores eletrizantes: da mente de Jeff Minter, jogadores vão experimentar um turbilhão de palavras, cores, formas e sons enquanto afastam os inimigos. Uma explosão de gráficos neon deslumbrantes, Akka Arrh é um shooter arcade cheio de ação e visualmente deslumbrante.
  • Preparar, apontar, fogo!: o Akka Arrh do título é o nome do canhão estelar controlado pelos jogadores a partir de uma torre fixa chamada Sentinela. Apresentando uma ação de ritmo acelerado, é necessário impedir que os inimigos penetrem o perímetro da Sentinela, aproximando-se do combate a curta distância.
  • Dominando o jogo: com dois modos de jogo, os pilotos podem partir do início e abrir caminho através de 50 fases únicas, ou continuar de onde pararam para chegar até o fim.
  • Acessibilidade é a chave: nem todo mundo é capaz de aproveitar os efeitos visuais vívidos e impressionantes pelos quais o Llamasoft é conhecido. Por sorte, neste remake os jogadores podem configurar os efeitos visuais para que sejam mais adequados a sua sensibilidade.
Akka Arrh chega ao PC, PS5, PS4, Xbox Series, Switch e Atari VCS no início de 2023. O lançamento mais recente da empresa foi o título comemorativo Atari 50: The Anniversary Celebration, já disponível no console da Nintendo.


Nascido no mesmo dia que Manoel Bandeira (mas com alguns anos de distância), perdido em Angra dos Reis (dos pobres e dos bobos da corte também), sob a influência da MPB, do rock e de coisas esquisitas como a Björk. Professor de história, acostumado a estar à margem de tudo e de todos por ser fora de moda. Gamer velho de guerra, comecei no Atari e até hoje não largo os mascotes - antes rivais - Mario e Sonic.


Disqus
Facebook
Google