BallisticNG tem versão para Switch cancelada

Tributo a jogos do sub gênero de corrida futurista não chegará mais ao Swtich.

A versão de Switch de BallisticNG, anteriormente anunciada em fevereiro de 2021, acaba de de ser cancelada pela desenvolvedora, Neognosis. O excitante tributo ao sub gênero de corridas futuristas não tinha data de lançamento desde o anúncio do port.


Neognosis apontou a recente polêmica com a nova política de desenvolvimento da Unity como a culpada para o cancelamento. Elas deram a seguinte declaração no blog da Steam, em tradução livre:
"Em relação às recentes preocupações com as mudanças no Unity acabarem com jogos novos e existentes, declaramos: BallisticNG não vai para lugar nenhum.

Porém, a Nintendo tem um acordo contínuo com a Unity para lançamentos de jogos e já se passaram dois anos do limite. Há duas semanas, isso não teria sido um problema. Sem dúvida, teriam alguns problemas para atualizar o BallisticNG para uma nova versão do Unity novamente, mas isso iria nos beneficiar a longo prazo.

No prazo que teríamos uma versão Switch do BallisticNG pronta, excederíamos o limite de versões que a nova política da Unitu concediria, e atualmente não temos confiança de que eles não tentarão fazer outra mudança ou voltar aos seus planos originais sob/além desses novos Termos de Serviço.

O port para Switch está cancelado

Apesar dos esforços da Unity para se recuperar após o desastre na relação pública, simplesmente não existe mais confiança e segurança para continuarmos avançando com as versões mais recentes de suas ferramentas em um futuro próximo.

É com muita frustração e decepção que anunciamos o cancelamento da versão para Switch. Vários anos de desenvolvimento foram dedicados à preparação técnica do BallisticNG para o port, enquanto mantemos a produção normal de atualizações para a versão para PC, portanto, isso é um grande golpe para nós e para todos que estavam empolgados com essa versão do jogo. Lamentamos que isso tenha acontecido dessa forma, e vamos pensar em trabalhar com o console (ou com o suposto Switch 2) em um projeto futuro que não esteja vinculado ao Unity.

Ainda vamos avançar com a versão 1.3.3, 1.4, com o suporte contínuo de conteúdo, e esperamos trazer membros da comunidade para o desenvolvimento de conteúdo novamente no futuro.

O que houve em relação à Unity?

Um breve resumo para os não iniciados:
  • Em 12 de setembro, a Unity anunciou um novo modelo de negócios em que estava removendo a licença Plus, introduzindo DRM sempre on-line para o editor Unity, começando a cobrar dos desenvolvedores uma taxa por instalação (a taxa de tempo de execução) com base em suas próprias estimativas de caixa preta após determinados limites serem atingidos, em alguns casos raros potencialmente levando as empresas à falência, e retirou seu repositório público do Github para seus TOS, o que permitiu que as pessoas rastreassem cada mudança minuciosa, forçando todos a um novo acordo que se aplicava retroativamente.
  • A Unity fez controle de danos algumas vezes devido a resposta extremamente negativa de desenvolvedores.
  • Em 22 de setembro, a Unity voltou atrás um pouco. A taxa de tempo de execução não se aplicaria mais às licenças pessoais, agora teria um limite de receita de 2,5% e seria relatada automaticamente, os Termos de Serviço foram restaurados no Github e os novos termos não são mais aplicados retroativamente. A licença Plus ainda não existe (ela está sendo mesclada com a Personal, mas você precisará usar as novas versões ainda não lançadas), e eles ainda estão introduzindo DRM sempre on-line no editor.

O que isso significa para nós

Muitos desenvolvedores fizeram declarações sobre as mudanças e, provavelmente, farão outras. Como um dos desenvolvedores muito menores, esperamos que a tempestade se acalmasse antes de fazer um anúncio.

O importante para nós é que possamos continuar a oferecer suporte ao BallisticNG, mesmo que em um ano tenhamos que arcar com um custo quatro vezes maior em taxas de licenciamento da engine com a licença Pro.

Atualmente, estamos usando uma licença Plus e não confiamos na Unity para atualizar para uma nova versão da engine em que estaremos operando sob seus novos TOS. Gostaríamos de manter a tela inicial da Unity fora do jogo por causa de sua reputação (agora ainda mais) negativa. Como o plano Plus está desaparecendo e as alterações na licença Personal não se aplicam às versões anteriores, nossa única opção para isso é o custo de 4 vezes nas taxas mencionadas acima.

Por enquanto, estamos mantendo o Unity 2020 para continuar fornecendo suporte ao BallisticNG, mas estamos avaliando outras engines para projetos futuros."

Em resumo, Neognosis não se sentiu satisfeita com as alterações feitas pela Unity, tampouco quando esta reverteu levemente sua nova visão de desenvolvimento.

Fontes: GoNintendo, Nintendo Everything, Steam


Formado em Publicidade e Propaganda na USC e especializado em Marketing Digital, sou Editor de Vídeos também, meu TCC foi sobre a Guerra dos Consoles e evolução da publicidade nos games. Jogo um pouco de tudo e também escrevo. Me descrevo como um artista.


Disqus
Facebook
Google