Item Box

Super Mario Bros. Wonder (Switch) e os novos potenciadores disponíveis no Reino Flor

Super Mario Bros. Wonder apresenta novas transformações para Mario e sua turma.

Quando um certo encanador bigodudo socou a primeira caixa com um ponto de interrogação e dela saiu um cogumelo que lhe fez crescer, em Super Mario Bros. (NES), os power ups se tornaram parte integrante da franquia. Assim como aquele primeiro jogo apresentou três potenciadores — o já citado Cogumelo, a Flor de Fogo e a Estrela de invencibilidade — o novíssimo Super Mario Bros. Wonder também traz três itens inéditos que modificam a jogabilidade. Vamos conhecê-los.


Tirando o elefante da sala

Desde os primeiros materiais de divulgação, a campanha de marketing de Super Mario Bros. Wonder tem dado destaque à nova transformação de Luigi e companhia. Com uma longa tradição de inspiração no reino animal, chegou a vez dos paquidermes tomarem os holofotes.

Do guaxinim ao gato, os potenciadores de animais até então funcionavam como roupas com habilidades especiais em que o rosto do Mario ficava bem visível. A Maçã Elefante altera essa dinâmica com uma transformação corporal total do personagem, modificando inclusive a física do controle por conta do peso extra.


Por outro lado, a nova forma concede maior força aos heróis, que assim são capazes de empurrar objetos pesados. A pança avantajada também pode ser usada estrategicamente para refletir frutas e outros projéteis lançados pelos adversários.

Outro trunfo desta transformação é a tromba. O membro característico dos elefantes pode ser utilizado para golpear inimigos ou coletar água em alguma fonte e regar sementes, revelando moedas e outros segredos.

O patinho feio

Enquanto a Maçã Elefante foi a estrela dos materiais de divulgação, por sua vez a Flor de Bolha apareceu bem pouco. O que não significa que seja um item a se ignorar.


O novo potenciador dá a Mario e sua turma a habilidade indicada pelo seu nome: lançar bolhas. Dessa forma, é possível tirar do caminho inimigos como os tradicionais Goombas, que viram moedas dentro das esferas.

Além disso, os heróis podem utilizar as bolhas como trampolins para alcançar pisos mais altos ou para evitar perigos no solo. Dessa forma, a flor permite explorar de outras maneiras os cenários e as situações que se apresentam.

Cavando seu próprio caminho

Por falar em exploração dos cenários, um item perfeito para essa finalidade é o novo Cogumelo Broca. O potenciador dá ao usuário um chapéu com uma ponta de broca, ideal para perfuração.


O efeito de escavação é ativado através do movimento de “bundada”, que faz com que o personagem coloque o chapéu para baixo e a broca seja ativada. Encontrando os pontos de acesso adequados, é possível perfurar o solo — ou o teto — e alcançar áreas até então inacessíveis.

Outro efeito interessante é que o alcance dos saltos é estendido graças ao giro que o chapéu executa ao se pressionar o botão de pulo. Além, é claro, de funcionar como defesa contra inimigos que atacam do alto.

Déjà vu — mais ou menos

Apesar de o Cogumelo Broca e da Flor de Bolha serem potenciadores inéditos, seus efeitos já apareceram anteriormente nos jogos do Mario. Itens com funções parecidas podem ser encontrados em títulos de Wii e Wii U.


Em Super Mario Galaxy 2 (Wii), o encanador pode segurar um Spin Drill e atravessar os planetoides do game, surpreendendo os inimigos com um ataque por baixo. Já New Super Mario Bros. U (Wii U) conta com o pequeno Bubble Baby Yoshi, um dinossaurinho que, ao comando do jogador, solta bolhas capazes de transformar adversários em moedas e que podem ser utilizadas como trampolim.

Os novos potenciadores, portanto, aproveitam essas ideias, dando-lhes uma repaginada. Mario e companhia não precisam mais ficar segurando um item para executar as habilidades, pois as recebem pelos power ups.

Preparando-se para o fenomenal

Super Mario Bros. Wonder é o primeiro título 2D da franquia exclusivo do Switch. Assim, era de se esperar que a Nintendo trouxesse algumas novidades para o seu console híbrido, ainda que apoiadas no passado.


A volta das habilidades de produzir bolhas e de escavar acontece por meio de uma repaginada, dando novos significados à sua utilização. Por sua vez, a inédita Maçã Elefante virou um sucesso instantâneo desde sua revelação.

Um novo jogo de plataforma 2D do Mario, com as flores fenomenais e o uso de insígnias, é a história sendo escrita — mais uma vez. E nada melhor do que encarar essa aventura com os novos potenciadores.

Revisão: Vitor Tibério

Nascido no mesmo dia que Manoel Bandeira (mas com alguns anos de distância), perdido em Angra dos Reis (dos pobres e dos bobos da corte também), sob a influência da MPB, do rock e de coisas esquisitas como a Björk. Professor de história, acostumado a estar à margem de tudo e de todos por ser fora de moda. Gamer velho de guerra, comecei no Atari e até hoje não largo os mascotes - antes rivais - Mario e Sonic.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google