The Legend of Zelda: concerto com músicas da série é publicado no YouTube

Curta cerca de 30 minutos de versões orquestradas das principais músicas da franquia The Legend of Zelda.

Arte com o logotipo do The Legend of Zelda Orchestra Concert com a imagem geral de uma orquestra.

Assim como havia prometido, a Nintendo publicou, nesta sexta-feira (09), uma apresentação musical dedicada a The Legend of Zelda em seu canal no YouTube. O The Legend of Zelda Orchestra Concert conta com performances orquestradas dos principais temas musicais da franquia.


Confira a lista de composições apresentadas:
  • Tears of the Kingdom: Main Theme (Reprise) – Composição: Manaka Kataoka/Arranjo: Hideaki Haginomori
  • The Ballad of the Goddess – Composição: Hajime Wakai/Arranjo: Kosuke Yamashita
  • Zelda's Lullaby – Composição: Koji Kondo/Arranjo: Kosuke Yamashita
  • Link's Awakening Medley 2024 – Composição: Minako Hamano e Kozue Ishikawa/Arranjo: Natsume Kameoka
  • Breath of the Wild: Main Theme – Composição: Manaka Kataoka/Arranjo: Tomomichi Takeoka
  • Hyrule Castle – Composição: Koji Kondo/Arranjo: Kosuke Yamashita
  • Breath of the Wild: 2017 Nintendo Switch Presentation Trailer  – Composição: Manaka Kataoka e Koji Kondo/Arranjo: Kosuke Yamashita
  • Ocarina of Time: Kakariko Village – Composição: Koji Kondo/Arranjo: Hideaki Haginomori
  • The Legend of Zelda Main Theme – Composição: Koji Kondo/Arranjo: Kosuke Yamashita
Originalmente, esse show estava previsto para acontecer durante o Nintendo Live 2024 Tokyo em janeiro. No entanto, a Nintendo cancelou o evento após receber ameaças que colocavam em risco a segurança de funcionários e visitantes.

A Big N também publicou um vídeo em que exibe estátuas em tamanho real de Link, Zelda e Ganondorf em The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom, as quais também estavam previstas para serem expostas no evento.

Neste dia 10 de fevereiro, um show com músicas de Splatoon 3 também será publicado no YouTube oficial da Nintendo.

Fonte: Nintendo

Jornalista, analista de mídias, PcD e entusiasta de games desde que jogou Pokémon Azul no Game Boy Color nos anos 90. De lá para cá, tenta aproveitar ao máximo todos os consoles no pouco tempo que a vida adulta permite. Se não está escrevendo para o Blast ou demorando anos para zerar um jogo, está no Twitter (@DanielMorbi) e no Instagram (@danielmorbi_)


Disqus
Facebook
Google